1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Kalil Gibran – Frase do dia – 26/03/2017

“Como a poesia, a música retrata os estados da alma e as ondulações do coração, e concretiza os pensamentos invisíveis, e descreve o que há de mais belo nos desejos e sensações do corpo.” Kalil Gibran Tweet

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 3,00 de 5)
Loading...

Versos na tarde – Manuel Bandeira -24/03/2017

A doce tarde morre Manuel Bandeira¹ A doce tarde morre E tão mansa Ela esmorece, Tão lentamente no céu de prece, Que assim parece, toda repouso, Como um suspiro de extinto gozo De uma profunda, longa esperança Que, enfim cumprida, morre, descansa… E enquanto a mansa tarde agoniza, Por entre a névoa fria do mar […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Gabriel Garcia Marques – Frase do dia – 24/03/2017

“A vida não é a que a gente viveu e sim a que a gente recorda, e como recorda para contá-la.”Gabriel Garcia Marques  Tweet

, , ,

A Conta do Tempo Frei Antônio das Chagas “Deus pede estrita conta do meu tempo e eu vou do meu tempo dar-lhe conta. Cuidai, enquanto é tempo, de vossa conta, pois aqueles que sem conta gastam o tempo, quando o tempo chegar de prestar contas, chorarão como eu o não ter tempo”. António da Fonseca […]

, , ,

Quem namora Artur da Távola¹ Quem namora agrada a Deus. Namorar é uma forma bonita de viver um amor. Namorados que se prezem gostam de beijos, suspiros, morderem o mesmo pastel, dividir a empada, beber no mesmo copo. Namora quem sonha, quem teima, quem vive morrendo de amor e quem morre vivendo de amar. ¹Paulo […]

, , , ,

Poema em linha reta Fernando Pessoa¹ Nunca conheci quem tivesse levado porrada. Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo. E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil, Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita, Indesculpavelmente sujo. Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho, Eu, que tantas vezes tenho […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Versos na tarde – Camões – 14/03/2017

Amor é um fogo que arde sem se ver Camões¹ Amor é um fogo que arde sem se ver, É ferida que dói, e não se sente; É um contentamento descontente, É dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer; É um andar solitário entre a gente; É nunca contentar-se […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Sá de Miranda – Versos na tarde – 10/03/2017

Comigo me desavim Sá Miranda¹ Comigo me desavim, Sou posto em todo perigo; Não posso viver comigo Nem posso fugir de mim. Com dor da gente fugia, Antes que esta assi crecesse: Agora já fugiria De mim , se de mim pudesse. Que meo espero ou que fim Do vão trabalho que sigo, Pois que […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Robert G. Ingersoll – Frase do dia – 10/03/2017

“Na natureza não existem recompensas nem castigos. Existem conseqüências.” Robert G. Ingersoll Tweet

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Tolstoi – Frase do dia – 09/03/2017

“Os ricos farão de tudo pelos pobres, menos descer de suas costas.” Tolstoi  Tweet

, , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (2 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Demócrito Rocha – Versos na tarde – 08/03/2017

O Rio Jaguaribe Demócrito Rocha¹ O Rio Jaguaribe é uma artéria aberta por onde escorre e se perde o sangue do Ceará. O mar não se tinge de vermelho porque o sangue do Ceará é azul … Todo plasma toda essa hemoglobina na sístole dos invernos vai perder-se no mar. Há milênios… desde que se […]

, , , , , ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (12 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Daniel Webster – Cartas na tarde – 05/03/2017

[…]”temo que ontem à noite tenhas ficado encharcada, pois choveu assim que saíste por nossa porta. Aproveito a oportunidade criada pela devolução do teu toucado para expressar o desejo que estejas em boa saúde e que não tenhas resfriado.”[…] […]” pedia uma audiência a teu toucado: perguntei-lhe quantos olhares ternos em tua direção ele surpreendeu; que sussurros […]

, , , , , , ,