1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Nietzsche – Poesia

Estas Almas Incertas Nietzsche Quero um mal de morte  A estas almas incertas.  Tortura-as a honra que vos fazem,  Pesam-lhes, dão-lhe vergonha os seus louvores.  Porque não vivo  Preso à sua trela,  Saúdam-me com um olhar agridoce.  Onde passa uma inveja sem esperança.  Ah! Porque não me amaldiçoam!  Porque não me viram francamente as costas!  […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Cesare Pavese

A Desventura Máxima é a Solidão A desventura máxima é a solidão. É tão verdade que o reconforto supremo – a religião – consiste em encontrar uma companhia que nunca falhe – Deus. A oração é um desabafo, como com um amigo. A obra equivale à oração, porque nos põe em contacto com os que […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

William Gibson e a idiotice do patriotismo

Em 1984, o escritor norte-americano William Gibson publicou Neuromancer, obra que viria a compor a sua aclamada “trilogia do ciberespaço” (contando também com Count Zero e MonaLisa Overdrive). No livro, Gibson mostra uma realidade cyberpunk, um futuro em que as pessoas buscariam de forma insaciável a conexão a um mundo virtual, através do qual fugiriam da realidade e teriam […]

, ,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

David Mourão-Ferreira – Versos na tarde

Litania da sombra. David Mourão-Ferreira Não perguntem nada: nós estamos dentro do aro de frio, no frio do muro, tão longe, tão longe da feira do Tempo! Não perguntem nada. Nós estamos mudos. Puseram açaimes nas ventas do vento, ergueram açudes nas águas do Mar… Não perguntem nada: nós estamos dentro, ou fora de tudo. Não […]

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Literatura – Carta ao pai

Se fosse possível marcar um livro todo, como uma grande frase, cujo efeito sobre mim eu quisesse perpetuar, este livro seria Cadernos de memórias coloniais, de Isabela Figueiredo. Para começar a falar dessa pequena maravilha, preciso confessar algo. Roubei a leitura e o post que deveriam ser da Renata. Afinal, foi ela quem me chamou atenção […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 5,00 de 5)
Loading...

Versos na tarde

Poema CLXXX Eu te vejo Mesmo se você não estiver lá. E eu te escuto Mesmo sem ouvir. Dentro do espanto de um olhar, Enquanto procura a cor certa, na caixa de desejos E tingir com emoção suave O nascer do novo dia. Um passo longe de você. E a vida fica bonita. Tweet

1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Literatura – A Guerra Civil na Rússia

‘Viagem sentimental’ leva o leitor ao olho do furacão da Guerra Civil Russa  Chklóvski. O sangue em Chklóvski abunda como em um filme de Tarantino. Cabeças são cortadas, homens são executados, crianças são mortas, mulheres se besuntam em excremento para tentar evitar estupros dos soldados – sem sucesso. Reflexo de tempos sombrios, obra ganha tradução […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Tempo Gastão Cruz Qualquer tempo é um tempo duvidoso assim o meu cercado de cidades plataformas instáveis praticáveis cobertos de infinita gente náufraga que se inclina nas águas como um palco Paro na convergência dos estrados chove já sobre a raça ameaçada Incertas multidões em volta passam contemporâneas falam interpretam a duvidosa língua das imagens […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Marta Pais de Oliveira – Versos na tarde

Erguer Marta Pais de Oliveira Como erguer terremotos e inundações. Pó, guindastes, ferro  e alguém que diz: mais devagar, por favor.  Como erguer da barafunda atenção para abrir de noite a janela  sabendo que epopeias e libélulas têm a mesma grandeza.  Quando nascemos começamos logo a morrer,  depois há o abismo da imaginação.  Como aprender […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Ana Hatherly – Versos na tarde

Esta Gente / Essa Gente. Ana Hatherly O que é preciso é gente gente com dente gente que tenha dente que mostre o dente   Gente que não seja decente nem docente nem docemente nem delicodocementeGente com mente com sã mente que sinta que não mente que sinta o dente são e a mente Gente que […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Marta Pais de Oliveira

Necessidades Marta Pais de Oliveira É necessário algum caos como  gavetas abertas, um garfo entre as colheres  despentear o mundo com toda a certeza  também beijar os olhos logo ao nascer  falo de todos aqueles que for possível, sim  esquecer o que esperar se tudo são  lírios e delírios  e o que há mais?  É […]

,
1 Estrelas2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas ( Seja o primeiro a votar !!! )
Loading...

Literatura – O livro da ruptura

E foi em um encontro de trabalho, na bela Florianópolis, que o colega de mundo da comunicação corporativa Rogério Kiefer falou de seu livro, A redenção, que havia sido publicado semanas antes da reunião. E prometeu me enviar um exemplar, que recebi com gosto e curiosidade. A fila era grande e a leitura só aconteceu em […]