Vergílio Ferreira – Um Mundo de Vidas

A zona incomensurável dos possíveis


Um Mundo de VidasFragmentos,Vida,Fotografia,Blog do Mesquita

Nós vivemos da nossa vida um fragmento tão breve. Não é da vida geral – é da nossa. É em primeiro lugar a restrita porção do que em cada elemento haveria para viver. Porque em cada um desses elementos há a intensidade com o que poderíamos viver, a profundeza, as ramificações. Nós vivemos à superfície de tudo na parte deslizante, a que é facilidade e fuga. O resto prende-se irremediavelmente ao escuro do esquecimento e distração.

Mas há sobretudo a zona incomensurável dos possíveis que não poderemos viver. Porque em cada instante, a cada opção que fazemos, a cada opção que faz o destino por nós, correspondem as inumeráveis opções que nada para nós poderá fazer. Um golpe de sorte ou de azar, o acaso de um encontro, de um lance, de uma falência ou benefício fazem-nos eliminar toda uma rede de caminhos para se percorrer um só. Em cada momento há inúmeros possíveis, favoráveis ou desfavoráveis, diante de nós. Mas é um só o que se escolheu ou nos calhou.

Assim durante a vida vão-nos ficando para trás mil soluções que se abandonaram e não poderão jamais fazer parte da nossa vida. Regresso à minha infância e entonteço com as milhentas possibilidades que se me puseram de parte. Regresso à juventude, à idade adulta, ao simples dia de ontem e a infinidade de soluções que não adotei dava para um mundo de vidas. Foi uma só. Nela realizei, num único percurso, aquilo que constituiu o todo de uma vida humana. E todavia, nessa estreiteza de ser está o infinito de mim. Deus é a simplicidade absoluta e tem o máximo de ser. Nós conhecemos em nós esse máximo e é por isso que ao Deus o soubemos inventar.
Vergílio Ferreira


Você leu?: Alice Ruiz – Se por acaso a gente se cruzasse


Postado na categoria: Literatura -

Leia também:

Maquiavel - Frase do dia
Maquiavel - Frase do dia

Uma mudança...

August 8, 2019, 12:53 pm
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade

Toda a arte se baseia na sensibilidade

August 4, 2019, 4:16 pm
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer

Mentimos para Proteger o nosso Prazer A mentira é essencial à humanidade. Nela desempenha porventura um papel tão importante como a procura do prazer, e de resto é comandada por...

August 16, 2019, 11:00 am
Bernard Baruch - Frase do dia
Bernard Baruch - Frase do dia

Todos têm direito de se enganar nas suas opiniões...

July 25, 2019, 1:22 pm
Immanuel Kant - A Preguiça como obstáculo à liberdade
Immanuel Kant - A Preguiça como obstáculo à liberdade

É tão cômodo ser menor.

August 11, 2019, 7:02 pm
Carl Sandburg - Poesia
Carl Sandburg - Poesia

Poema Carl Sandburg Quero-te como as raízes secas desejam a chuva no verão como o vento deseja as folhas do chão e perdoa dizer tudo isto tão depressa.

August 3, 2019, 3:39 pm