Tópicos do dia – 26/12/2011

08:34:21
“É só para intimidar!”
Essa é a opinião do Senador Demóstenes Torres sobre a “investigação da conduta” da Ministra Eliana Calmon.

09:16:43
Estatísticas, bolo Luis Filipe e riqueza.
Saiu na mídia.
Os seis países mais ricos do mundo hoje: 1º EUA, 2º China, 3º Japão, 4º Alemanha, 5º França e 6º Brasil.
Pergunto: quem fez “o apurado” dessas riquezas Tupiniquins já esteve na favela Pantanal em Fortaleza?
Estatística é assim. Há um bolo, “Luiz Filipe”, por exemplo. Eu lhe dou uma fatia. Então a estatística comprova que cada um de nós tem 50% do bolo.

11:52:28
Fila de supermercado e delicadeza.
Chego agora de supermercado. Como sempre quem está atrás, na fila, ou quer nos atropelar, ou é mal educado mesmo.
Ou ambos. Lembro Nelson Rodrigues:
“Está se deteriorando a bondade brasileira. De quinze em quinze minutos, aumenta o desgaste da nossa delicadeza”.

14:30:47
Sony e Tiririca condenados por racismo.
Por 5 a 0, a decisão do TJ RJ, com cinco desembargadores, que remete para 1.200 (hum mihao e duzentosmil) a indenização a ser paga por SONY MUSIC à entidades de mulheres negras lideradas por CRIOLA, e outras, por conta da musica “Essa negra fede”, de autoria do palhaço e deputado federal Tiririca.
A Sony já depositou 600 mil. Faltam os outros 600.
Como advogado das entidades de mulheres negras só posso me congratular com o TJ RJ por estabelecer “a maior indenização por racismo da história do Brasil, pequena ainda se comparada com outros segmentos de dano moral, por exemplo”.
Parabenizo o Dr. Fernando Cabral, jovem e brilhante advogado que me representou no julgamento.

fonte: Geledés Instituto da Mulher Negra/Humberto Adami
Existem petições/ofício a serem juntados ao processo
Data : 07/12/2011   Protocolo : 2011.400349


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e designer gráfico e digital.

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me