• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Tópicos do dia – 24/04/2012

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

08:29:07
Ex-Serra, Maitê agora vê Dilma ‘com bons olhos’
Dona de uma alma tucana, a atriz Maitê Proença votou e fez campanha para José Serra na campanha presidencial de 2010.
Pois bem. Decorridos 18 meses da eleição, Maitê como que se incorpora aos 60% de simpatizantes do PSDB que, segundo o Datafolha, consideram a gestão Dilma ótima ou boa. Ela não foi entrevistada pelo instituto, mas revelou sua opinião em duas notas penduradas em seu microblog na noite passada.

Numa, Maitê anotou: “A conduta é um espelho em que cada um mostra a sua imagem (Goethe). A presidente Dilma sabe mais que fritar ovos.” Noutra, aditou: “Depois do imbroglio com o Serra, que nem mais fala comigo, vejo a pesquisa que aponta o crescimento da presidente Dilma com bons olhos.”

13:17:41
Procurando Tonico
Sebastião Nery/Tribuna da Imprensa

1 – Cidadão romano (viveu de 340 a 397) dos começos do cristianismo, nascido na Alemanha de hoje, filho do prefeito da Galia (França), formado em Direito em Roma, Ambrosio nem batizado era. Morreu o bispo de Milão, houve muita confusão para escolher o sucessor, Ambrosio foi à igreja acalmar a briga, o povo gritou: – Ambrosio bispo!

Ambrosio topou. Muito rico, distribuiu os bens aos pobres, estudou Teologia e se tornou um dos maiores doutores da Igreja, converteu Santo Agostinho e fizeram juntos a letra do “Te Deum”, o mais sacro dos hinos.
Sete de setembro é feriado em Milão e não é por causa do Brasil. É o dia de Santo Ambrosio, que deu ao povo tudo que tinha.

2 – Coronel Rodrigues era chefe político de Penedo, cidade histórica aqui de Alagoas, nas barrancas do São Francisco, perto de onde o rio mergulha no mar. Coronel dos de antigamente: bom sujeito, boa prosa, bom garfo. E tinha o filho Tonico, menino levado que passava o dia jogando sinuca no bar da praça, mas era seu orgulho.

Um dia, Tonico virou a cabeça e sumiu atrás de uma trapezista do Circo Garcia. Seu Rodrigues quase morre de desgosto. Não saía, não jogava mais biriba com os amigos, triste e amuado em casa, como um boi velho.
Três anos depois, seu Rodrigues recebeu a notícia: Tonico tinha morrido em um desastre em Goiás. Entrou no quarto, passou um dia e uma noite chorando de saudade e mágoa e deixou pra lá.
O tempo passou, todo mundo esqueceu, Tonico não era mais assunto em Penedo. O velho coronel de quando em vez ia buscar atrás da cômoda o retrato do menino ingrato, que ganhara o vão do mundo com a trapezista loura de pernas grossas e recebera seu castigo na curva da estrada.

De repente chega do Rio um amigo:
– Coronel Rodrigues, eu vi o Tonico lá. Era ele mesmo. Conversei com ele, não volta porque tem vergonha. Nem o endereço quis dar, mas mora perto da rodoviária.
O coronel dormiu duas noites de olho aberto, vendo a cara envergonhada de seu menino fujão. Arrumou a mala, pegou o ônibus.
Passou dias e noites na estrada para o Rio. Desceu na rodoviária, aquele mundão de gente. Estava tonto e perdido. Viu um guarda:
– Seu guarda, o senhor sabe onde mora Tonico Rodrigues, de Penedo?
– Sei, sim. Na Rua Senador Pompeu, na mesma pensão em que moro.
– Leve-me lá que Tonico deve estar sem dinheiro para pagar a pensão. Já faz uns dias que ele sumiu de Penedo.

3 – As cidades este ano estão procurando prefeitos, como o coronel Rodrigues procurou seu Tonico.
Já sem esperança de encontrar um decente, como Santo Ambrósio, que ajudava o povo, ao invés de explorá-lo.

PS. Em Fortaleza, procuram até mesmo por um poste!

15:35:48
Aécio Neves Cachoeira e o “eu não sabia”!
As águas continuam a rolar! Ou, quem? Eu? Não sabia!
O senhor Aécio Neves, quando governador de Minas Gerais, nomeu uma prima do senhor Cachoeira, Mônica Beatriz Silva Vieira, atendendo a pedido do senador Demóstenes Torres. O atual senador Aécio Neves, indagado sobre tais conexões afirmou que “desconhecia o parentesco e a origem do pedido”.
Já ouvimos muito essa desculpa desde a época de Waldomiro Diniz. Ou não?

19:18:39
Brasil: da série só doi quando eu rio”!
Sintonizo TV Internacional e penso estar no ar novo programa humorístico, quando um repórter, inglês, informa de Brasília, estar sendo cogitada a CPI das empreiteiras.
Quá,quá,quá,quá,quá,quá…
Novamente:
Quá,quá,quá,quá,quá,quá…
E de novo:
Quá,quá,quá,quá,quá,quá…


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me