• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Tópicos do dia – 02/01/2012

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

10:57:18
Copa do mundo, hospitais, escolas e o silêncio dos amorais.
Leio que uma fortuna será gasta para construir/reformar estádios de futebol para a possível Copa do Mundo de Futebol de 2014, na infelicitada taba dos Tupiniquins.
Isso é uma indecência. Escolas, hospitais, saneamento básico, tudo um lixo.
Impressiona é o silêncio da maioria, eu disse maioria, dos iracundos opositores do governo, que por gostarem, ou ganharem, com o futebol, silenciam quanto a esses imorais gastos.
O mesmo se deu com a reforma amoralmente dispendiosa da reforma do estádio Presidente Vargas, em Fortaleza. Os torcedores e aficcionados do mercantil jogo, opositores contumazes da senhora prefeita, calaram o silêncio vergonhoso do ‘aqui eu estou levando vantagem’.
Como firmou o jornalista Hélio Fernandes: ‘nem oposição nem governo têm nenhum projeto de Estado. Sao exploradores da esperança’.

11:08:59
Congresso custou R$ 6,1 bi em 2011.
A ONG Contas Abertas divulgou um estudo, feito a pedido do R7, onde demonstra que o Congresso Nacional custou cerca de seis bilhões ao erário em 2011. Segundo o documento, só o Senado gastou R$ 2,8 bilhões de janeiro a 30 de novembro do ano passado. Já a Câmara dos Deputados, gastou R$ 3,3 bilhões no mesmo período. A verba foi usada na compra de materiais e pagamentos de salários, indenizações e aposentadoria para servidores. Em 2010, o gasto foi de R$ 5,4 bilhões nos onze primeiros meses. Desta forma, houve um aumento de quase R$ 800 milhões nos gastos de 2011. Neste ano, o Congresso deve gastar mais ainda porque está prevista e autorizada uma nova edição do concurso do Senado com 246 vagas abertas para cargos de nível superior. Os selecionados receberão salários que chegam a R$ 23,8 mil.

11:43:48
Brasil: da série ‘o tamanho do buraco’
Ficarão em silêncio os opositores do governo, mas que gostam de futebol?
DF: governo dá mais verba ao Mané Garrincha do que para Saúde
O orçamento do governo do Distrito Federal para 2012 já está oficializado e deve ser publicado no Diário Oficial do DF da primeira semana do ano. De acordo com Lei Orçamentária Anual (LOA), em 2012, o GDF poderá investir cerca de R$ 28,5 bilhões. São R$ 16,85 bilhões do orçamento próprio, mais R$ 10 bilhões do Fundo Constitucional do DF (FCDF), verba repassada para a União, além de R$ 1,6 bilhão de recursos das empresas estatais. O recurso teve acréscimo de 7% em relação ao orçamento em 2011. As obras voltadas à realização da Copa do Mundo aparecem como prioridade dos gastos públicos. muito além das prioridades sociais. Pela LOA aprovada para 2012, o Estádio Nacional de Brasília deve ser o campeão de sorver dinheiro público. Estão previstos cerca de R$ 500 milhões do orçamento, enquanto que a previsão de gastos com a Saúde é de R$ 443 milhões e com a Educação de R$ 359 milhões.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharel em Direito. Pós-graduado em Direito Constitucional. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

Gostou? Deixe um comentário

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me