Tóffoli cria o “julgamento sem fim” em homenagem a Gilmar Mendes


O presidente do Tribunal Superior Eleitoral, José Antonio Dias Tóffoli, acaba de criar mais uma figura originalíssima para o Direito brasileiro: o “julgamento sem fim”, que vai se somar à condenação sem provas, a prisão para confissão e o “domínio do fato” tupiniquim.

semfim

Pois Sua Excelência, relata a jornalista Cláudia Wallin, de Estocolmo, disse na capital sueca, onde foi fazer uma palestra para “diplomatas, juízes e acadêmicos” do Instituto  International para a Democracia e a Assistência Eleitoral, que o ministro Gilmar Mendes “tem todo o tempo para pensar e refletir” sobre o voto que dará à proibição de dinheiro empresarial nas campanhas eleitorais.

Há ainda a vergonha do argumento de que se deve abrir uma barganha com o Congresso. É de doer: o financiamento privado não é inaceitável por não constar na Constituição, mas porque contraria o espírito da Constituição que consagra a decisão sobre o voto ao indivíduo, não ao capital.

Mas fiquemos apenas no “prazo eterno” concedido por Tóffoli a Gilmar.

Mendes, só para lembrar, vai completar 11 meses de “dono do processo”, que já recebeu o voto da maioria do TSE, e contrário ao financiamento de candidatos por empresa, graças a um pedido de vistas.[ad name=”Retangulos – Direita”]


Você pode se interessar também sobre: Tópicos do dia – 21/11/2011


Mas e o prazo regimental de 30 dias para as tais “vistas”?

É, diz ele, “apenas um objetivo. Não há uma obrigação de cumprir este prazo”.

Ou seja, é uma brincadeirinha, uma “pegadinha” para quem acha que o regimento tem força de lei interna do Tribunal.

Se o tempo para Gilmar Mendes “pensar e refletir” for a eternidade, estará criado o “julgamento sem fim”, onde a maioria dos ministros vota e um, apenas um, pede vistas e transforma em lixo o voto de todos os demais, porque nunca será aplicada a decisão da maioria.

Imagine, por exemplo, se um ministro faz isso no julgamento do chamado “mensalão”?

Tóffoli não rasga, em homenagem a Gilmar Mendes,  apenas o regimento do TSE, mas a Constituição:

” a todos, no âmbito judicial e administrativo, são assegurados a razoável duração do processo e os meios que garantam a celeridade de sua tramitação. “

A todos, inclusive ao impetrante da ação que está sendo julgada, nada menos que o Conselho Federal da OAB, que tem prerrogativa de propor ações aos tribunais superiores.

O judiciário brasileiro, assim, vai se tornando o cartório dos donos da lei, que deve ser célere e dura para com alguns e flácida e protelatória com outros.

Que beleza!
Por:Fernando Brito/Tijolaço

Postado na categoria: Brasil - Palavras chave: , , , , ,

Leia também:

Brasil - O desandar da carruagem democrática
Brasil - O desandar da carruagem democrática

Greve dos caminhoneiros mostrou que a democracia brasileira tem força para transformar o país, mas sociedade precisa decidir se é parte da solução ou do problema.     Caminhoneiros em diferentes pontos...

June 2, 2018, 12:52 pm
PSDB faz acordo no Pará para eleger, pasmem, Jader Barbalho
PSDB faz acordo no Pará para eleger, pasmem, Jader Barbalho

Brasi: da série "o tamanho do buraco"! Pasmem e se horrorizem Tupiniquins. A canalha está atenta. O maior conglomerado político de vestais e impolutos políticos, o PSDB, após o acordão...

August 27, 2009, 11:29 am
Economia: Europa oferece maior risco que o Brasil
Economia: Europa oferece maior risco que o Brasil

'Risco Europa' já é maior que o do Brasil O crescente temor sobre a situação fiscal de vários países europeus - que voltou a castigar os mercados globais ontem -,...

February 7, 2010, 10:20 am
Saiu na mídia - Células embrionárias
Saiu na mídia - Células embrionárias

Apesar do inesperado pedido de vistas do Ministro Carlos Alberto Direito, mas, graças ao brilhante e antológico voto do Ministro Carlos Ayres Brito, a discussão sobre o uso de céluas...

March 10, 2008, 11:26 am
Os homens que estão acima da Justiça
Os homens que estão acima da Justiça

“É uma temeridade quebrar os sigilos bancários de pessoas que têm reputação ilibada. Não existe nada que desabone a sua conduta. Eles são grandes empresários nacionais”. Foi com esse entendimento...

August 13, 2015, 10:10 am
Petrobrás: proteção militar às plataformas preocupa
Petrobrás: proteção militar às plataformas preocupa

Com o mar de petróleo anunciado como existente na camada pré-sal, numa monumental extensão que vai do Espírito Santo à Santa Catarina, aumentam as preocupações quanto a proteção militar à...

August 31, 2008, 12:21 pm