Vladimir Maiakóvski – Poesia

Então o que quereis Vladimir Maiakóvski   Fiz ranger as folhas de jornal abrindo-lhes as pálpebras piscantes. E logo de cada fronteira distante subiu um cheiro de pólvora perseguindo-me até em casa. Nestes últimos vinte anos nada de novo há no rugir das tempestades.   Não estamos alegres, é certo, mas também por que razão … Continued

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Vladimir Maiakóvski – Versos na tarde – Poesia – 28/11/2017

Dedução Vladimir Maiakóvski¹ Não acabarão nunca com o amor, nem as rusgas, nem a distância. Está provado, pensado, verificado. Aqui levanto solene minha estrofe de mil dedos e faço o juramento: Amo firme, fiel e verdadeiramente.   ¹Vladimir Vladimirovitch Maiakovskii *Baghdati, Geórgia – 19 de julho de 1893 +Moscou, Rússia – 14 de abril de … Continued

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , ,

Vladimir Maiakovski – Versos na tarde – 24/08/2017

¡Oíd! Vladimir Maiakovski ¹ Si se encienden las estrellas ¿alguien las necesita? ¿alguien quiere que existan? ¿Alguien llama a esos escupitajos perlas? Arrostrando la borrasca del mediodía, la polvareda penetra hasta Dios, temiendo llegar tarde, llora, besa su nudosa mano, implora -¡necesita una estrella!- jura no poder soportar este suplicio sin estrellas. Luego anda inquieto … Continued

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , ,

Vladimir Maiakóvski – Versos na tarde – 29/06/2017

Dedução Vladimir Maiakóvski¹ Não acabarão nunca com o amor, nem as rusgas, nem a distância. Está provado, pensado, verificado. Aqui levanto solene minha estrofe de mil dedos e faço o juramento: Amo firme, fiel e verdadeiramente. Tradução: Augusto de Campos ¹ Vladimirovitch Maiakovsk * Georgia, Rússia – 19 de Julho de 1893 + Moscou, Rússia … Continued

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , ,

“Amar não é aceitar tudo. Aliás: onde tudo é aceito, desconfio que há falta de amor.” Vladimir Maiakovski

Postado na categoria: Padrão - Palavras chave: ,