Público aplaude Dilma e vaia Alckmin em entrega de casas no interior de SP

Um dia após ter sido vaiada por parte dos parlamentares na reabertura dos trabalhos no Congresso Nacional, terça-feira (2), a presidente Dilma Rousseff foi aplaudida durante a cerimônia de entrega de moradias do programa Minha Casa, Minha Vida, em Indaiatuba, no interior de São Paulo, nesta quarta-feira (3). Já o governador Geraldo Alckmin, que participou do evento, recebeu vaias da plateia.Geraldo Alckmin e Dilma participam de entrega de moradias no interior de São PauloGeraldo Alckmin e Dilma participam de entrega de moradias no interior de São Paulo.

Quando foi chamado para entregar chaves aos beneficiários, o tucano pôde ouvir gritos de “merenda” vindos do público de cerca de seis mil pessoas.

Durante sua fala, Alckmin ignorou o episódio e não comentou a reação do público.

Investigações no âmbito da Operação Alba Branca apontam que integrantes do governo do Estado de São Paulo faziam parte de uma quadrilha que desviava verba da merenda escolar.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Evento

Também participaram da solenidade oito ministros, entre eles Miguel Rosseto (Trabalho e Emprego) e Tereza Campello (Desenvolvimento Social).

A entrega de um total de 7.840 moradias aconteceu simultaneamente em nove municípios de cinco estados.

Mais de 31 mil pessoas foram beneficiadas em Itu (SP), Indaiatuba (SP), Jundiaí (SP), Salvador (BA), Camaçari (BA), Luís Eduardo Magalhães (BA), Caucaia (CE), Timon (MA) e Campo Mourão (PR).

Congresso

Na terça-feira (2), a presidente Dilma participou da reabertura dos trabalhos no Congresso Nacional.

Durante seu discurso, ao falar da importância da aprovação da CPMF, Dilma recebeu vaias de parte dos parlamentares presentes, contrários ao imposto.
JB

Dilma, popularidade e balcão de negociatas

Balcão de negociatas Blog do MesquitaA presidente Dilma Rousseff se queixa que é difícil governar em função dos entraves surgidos no congresso.

Mas todo presidente nesse presidencialismo de faz de conta brasileiro, já sabe que será assim. Tudo é  na base do é dando que se recebe.

Com a popularidade que já chegou a ostentar, poderia ter se livrado de Gilberto Carvalho, o nefasto Richelieu herdado do Lula, Ideli ‘Salve-se quem puder’ Salvatti, Vacarezas e outros ruminantes, cuequeiros e demais escudeiros do quadrilheiro Dirceu – quadrilheiro sim, pois condenando por formação de quadrilha – Mercadantes, Mantegas, Serginhos Cabrais, além de umas duas dúzias de ávidos Lobões nas dezenas de ministérios inúteis.

Há que escorraçar os Renans, Sayneys, Collors e outras porcarias que infernizam as vidas dos Tapuias.

Para quem enfrentou a tortura da ditadura militar, e sobreviveu a torturas criminosas, falta, pois ainda há tempo, “peito” para escorraçar essa malta de inúteis sanguessugas; essa corja estacionada no balcão de negociatas que é o Congresso Nacional.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]