Trânsito: Índia usa faixa de pedestre 3D para evitar acidentes

 (Crédito: Divulgação)

A pintura funcionaria como uma ilusão de óptica que substitui as lombadas ou quebra-molas, fazendo com que o motorista reduza automaticamente.

De acordo com a OMS, pelo menos 200 mil pessoas morreram na Índia ano passado em decorrência de acidentes nas estradas.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

É um número altíssimo, e o maior índice do mundo. E são precisas medidas sérias – e criativas – para acabar com isso.

“Resolvemos apelar para a técnica da pintura 3D para fazer com que os motoristas diminuam a velocidade dos veículos, evitando assim a instalação de outros equipamentos desnecessários.”, disse Nitin Gadkari, Ministro dos Transportes do país.

Não é a primeira vez que a ilusão de óptica é utilizada para estes fins. Em 2008, a cidade norte-americana de Filadélfia utilizou as faixas 3D como parte de uma campanha para alertar os motoristas mais apressadinhos.

No entanto, o projeto foi duramente criticado pela população, que acreditou não se tratar de uma solução a longo prazo, visto que uma vez que o motorista já passou pelo local e percebeu se tratar de uma pintura 3D, não reduziria a velocidade novamente.

Fonte: Hypeness

Samsung quer reduzir acidentes em estradas com o conceito de “caminhão transparente”

O departamento de marketing da Samsung acaba de lançar uma iniciativa em nome da segurança em estradas da Argentina.

Samsung Safety

Chamada de Safety Truck, trata-se da ideia de colocar uma câmera na frente de caminhões e transmitir a imagem para um painel de LCD na traseira, servindo como uma forma segura de quem vem atrás fazer a ultrapassagem. Isso é ainda mais útil em um país repleto de vias de mão dupla, como é o caso argentino.

O conceito de “caminhão transparente”, no entanto, não é novo, como lembra o site americano The Verge.

Em 2009, designers russos já haviam introduzido a ideia. A diferença é que agora o projeto saiu do papel e, realmente, ganhou as estradas.

Dá para conferir no vídeo abaixo como ficou o caminhão:

Rafael Kato/INFO Online

Ciclofaixas e a imobilidade do trânsito nas grandes cidades do Brasil

Ciclofaixas,Trânsito,Mobilidade Urbana,Blog do MesquitaNo momento em que o Detran de Fortaleza certifica que já há mais veículos que vias na Taba dos Alencares, congestionar vielas – sim aqui são poucas as que se chamam de ruas. Assim se nominam por puro “inxirimento” – com faixa restritiva à circulação de carros, é insanidade. Nas grandes avenidas e que tenham sido projetadas para tal, faz sentido a existência de ciclovias.

Pouco faço uso do meu carro. Aliás estou a procura de um “professor Pardal” que instale um mictório, um frigobar e um micro-ondas no meu urbano Ford K, pois tenho certeza que a continuar esse trânsito – outra ironia; chamar essa imobilidade automotiva de trânsito – teremos todos, os irracionais dependentes de quatro rodas, que morarmos nos monumentais engarrafamentos.

Aliás, quando saio de carro por estrita necessidade – somente para o que não posso resolver online – praticamente trabalho no dentro do carro no imóvel trânsito a partir do meu smartphone.

Ps. 1 – E não haverá viaduto, túnel ou qualquer outra engenhoca de engenharia que consiga resolver o impasse. O problema cresce de forma exponencial, e as soluções “tartarugam” em proporção aritmética. Nunca a conta fechará. É o cachorro correndo atrás do rabo.

Ps. 2 – Debates sobre ciclofaixas são realmente essenciais! Principalmente quando as escolas públicas humilham chiqueiros e os hospitais públicos transformam as calçadas em leito de morte. Se é para comparar com cidades de outros países, que a comparação se faça em todos os parâmetros. Caso contrário, por não ser sectário, me ausento do debate.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Automóveis imóveis: o caos anunciado e um “um dia de fúria”

Caos Urbano Engarrafamentos Viadutos Blog do MesquitaMarchamos para o caos absoluto, à inanição automobilística, e à gloriosa imobilidade generalizada.

Estou pedindo para um engenheiro amigo meu, projetar um sanitário químico, uma pia e um forno de micro-ondas para adaptar no interior do meu carro, pois pelo (não) andar da carruagem, brevemente passaremos a habitar nos nossos imóveis de quatro rodas.

Ocasionalmente conseguiremos chegar ao trabalho ou a residência.

Caos urbano vira rotina diária, e fica óbvio que a valorização do transporte individual impediu, e impede, a implantação de uma política de mobilidade urbana racional.
Ps. Esse é um bom momento para rever o filme “Um dia de fúria”.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Legislação: Confira novas regras que podem mudar a sua vida em 2013

Só não há quem queira legislar sobre um novo código penal.

Essa lei precisa ser mais rígida com, principalmente, os crimes hediondos. É hora de se estabelecer a pena de prisão perpétua para os crimes hediondos, e a castração química para pedófilo.
José Mesquita – Editor


Lei de cotas, vale-cultura e regra a pacientes com câncer entram em vigor.
Em julho, multas de trânsito leves serão transformadas em advertência.

Novas leis e resoluções que entram em vigor neste ano de 2013 vão mexer com a vida dos brasileiros. São novas regras na área de educação, saúde, trabalho e renda, direito do consumidor, entre outras.

Entre as mudanças estão a lei que estipula que as universidades federais reservem 50% das vagas para alunos que fizeram todo o ensino médio em escola pública e a criação de um vale-cultura no valor de R$ 50 reais para trabalhadores que recebem até cinco salários mínimos (R$ 3,3 mil). Confira abaixo as principais mudanças por área.

CONFIRA NOVAS REGRAS QUE ENTRAM EM VIGOR EM 2013
EDUCAÇÃO
Alunos da USP realizam ato a favor do sistema de cotas em frente à reitoria da universidade, em setembro de 2012 (Foto: Marcelo Camargo/ABr)

 

Lei de cotas

A lei, sancionada em agosto de 2012 e que deve ter impacto a partir deste ano, determina que, até 2016, 50% das vagas de universidades, institutos e centros de ensino federais sejam destinadas a alunos que fizeram todo o ensino médio em escola pública. Além disso, metade deste índice será para alunos com renda familiar até 1,5 salário mínimo. Há ainda um percentual para estudantes autodeclarados pretos, pardos e indígenas de acordo com a proporção desta população no estado da instituição, segundo o IBGE.

Leia a reportagem

SAÚDE
Inauguração de novos leitos de UTI do Hospital de Base de Brasília, em agosto de 2012 (Foto: Antonio Cruz/ABr)

 

Pacientes com câncer no SUS

Entra em vigor em maio a lei que estabelece um prazo de até 60 dias para que pacientes diagnosticados com câncer recebam o primeiro tratamento no Sistema Único de Saúde (SUS). Se o caso for grave, o prazo pode ser menor, destaca o texto. Esse intervalo de dois meses é contado a partir da confirmação do diagnóstico, e o tratamento pode ser cirurgia, quimioterapia ou radioterapia.

Leia a reportagem

Obesidade cirurgia redução estomâgo (Foto: Wilson Dias/Abr)

 

Redução de estômago

Pode entrar em vigor a portaria que diminui a idade mínima recomendada para cirurgia de redução de estômago pelo Sistema Único de Saúde (SUS) de 18 para 16 anos. OMinistério da Saúde informou ao G1 no dia 2 de janeiro que há precisão de a portaria ser publicada “em breve”. A operação bariátrica é indicada para pacientes com obesidade grave ou moderada que tenham doenças associadas ao problema – como diabetes, hipertensão, colesterol alto e alterações nos ossos ou nas articulações.

Leia a reportagem

TRÂNSITO
Guarda de trânsito multa motorista (Foto: Reprodução/TV Globo)

 

Conversão de infração leve em advertência

A partir de 1º de julho de 2013, infrações leves ou médias para quem não cometeu a mesma infração nos últimos 12 meses serão transformadas em advertências por escrito. Nesse caso, não será cobrada multa e nem contabilizada pontuação na carteira. A medida valeria a partir de 1º de janeiro, mas o início da vigência foi prorrogado.

Leia a reportagem

Motorista faz o teste do bafômetro durante fiscalização em Araçatuba (Foto: Reprodução/TV Globo)

 

Lei Seca

Em vigor desde o fim de 2012, a nova lei tornou mais rígida a punição para quem for flagrado bêbado no trânsito. A punição, atualmente de R$ 957,70, passou para R$ 1.915,40 – e esse valor é dobrado novamente caso o motorista tenha cometido a mesma infração nos 12 meses anteriores.

Leia a reportagem

PM inicia blitz com os mototaxistas e motofretistas em Uberlândia (Foto: Reprodução/TV Integração)

 

Capacitação de motoboys

A partir de fevereiro, os motoboys e mototaxistas terão que fazer curso de capacitação, estipula resolução do Conselho Nacional de Trânsito (Contran). A fiscalização começaria em agosto do ano passado, mas foi prorrogada. O curso poderá ser feito em instituições de ensino e centros de formação de condutores presencialmente ou à distância. Quem não se adequar será multado.

Leia a reportagem

SEGURANÇA
Kit antifurto (Foto: Reprodução / Globo News)

 

Kit antifurto

A partir do dia 31 de janeiro de 2013, 20% dos automóveis terão que sair da fábrica com sistema de bloqueio e rastreamento, para cumprir as regras do chamado Sistema Integrado de Monitoramento e Registro Automático de Veículos (SImrav). Depois, o consumidor poderá ou não desbloquear o aparelho, que poderá reduzir o custo do seguro ou funcionar como sistema de segurança. Até agosto de 2013, estabeleceu o Contran, todos os veículos deverão sair da fábrica com o kit.

Veja a resolução

TRABALHO E RENDA
Dinheiro (Foto: Caio Silveira/G1)

 

Salário mínimo

O governo publicou logo após o Natal o decreto que aumenta o salário mínimo de R$ 622 para R$ 678, o que representa um reajuste de 9%. O aumento começa a valer em 1º de janeiro, para pagamento a partir de fevereiro.

Leia a reportagem

Vale-cultura (Foto: Divulgação)

 

Vale-cultura de R$ 50

Começa a valer em julho a nova lei do vale-cultura, que concede R$ 50 por mês a trabalhadores contratados em regime CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) que recebem até cinco salários mínimos (R$ 3,39 mil, considerando salário a partir de 2013). O dinheiro poderá ser gasto na compra de ingressos para shows e espetáculos e também na aquisição de produtos como livros e DVDs.  Somente receberão o benefício os empregados das empresas que aderirem ao projeto, e o trabalhador terá um desconto de até 10% (R$ 5) do valor do vale. O funcionário pode optar por não receber o valor.

Leia a reportagem

Carteira de trabalho (Foto: Reprodução/Globo News)

 

Participação nos lucros e resultados (PLR)

Na véspera do Natal, o governo anunciou que os valores de até R$ 6 mil recebidos pelos trabalhadores a título de participação nos lucros e resultados (PLR) das empresas terão isenção total do Imposto de Renda, a partir de 1º de janeiro. Para valores superiores a R$ 6 mil, a tributação será progressiva, entre 7,5% e 27,5%. Atualmente, a tributação é de 27,5% para todas as faixas.

Leia a reportagem

ECONOMIA
Carros (Foto: Rerodução/EPTV)
IPI dos veículos

A alíquota do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros, reduzida desde maio, começa a subir a partir de 1º de janeiro. Para carros populares (até 1.0), por exemplo, a alíquota zero até o final de 2012. Em janeiro, passa para 2% e, de abril a junho, será de 3,5%. Daí em diante, retoma a alíquota normal, de 7%.

Leia a reportagem

Linha branca (Foto: Reprodução/Globo News)
IPI da linha branca, móveis e outros

Também começam a subir, mas a partir de fevereiro, as alíquotas do IPI dos eletrodomésticos, móveis e itens como laminados e luminárias. A alta também será gradual e as alíquotas normais só retormam em julho.

Leia a reportagem

Conta de luz (Foto: Reprodução/TV Globo)
Conta de luz

Em setembro, a presidente DIlma Rousseff afirmou que a conta de luz dos brasileiros iria ficar, em média, 20,2% mais barata a partir de 2013, como resultado do corte de encargos e de um plano do governo para renovação de concessões do setor elétrico. Apesar da não adesão de empresas de três estados ao plano, o secretário do Tesouro Nacional afirmou, nesta sexta-feira (28), que mais encargos serão cortados para se atingir a meta de redução na conta, e o governo publicou uma MP para garantir recursos para essa queda de preços.

Leia a reportagem

DIREITO DO CONSUMIDOR
Nota fiscal (Foto: Editoria de Arte/G1)
Impostos descritos na conta

A partir de junho, os brasileiros vão saber o quanto estão pagando em impostos ao fazer uma compra ou utilizar um serviço. Pelo projeto, a nota deverá conter a informação do valor aproximado correspondente à totalidade dos tributos federais, estaduais e municipais. Deverão estar discriminados os valores dos seguintes impostos: ICMS, ISS, IPI, IOF, PIS, Pasep, Cofins e Cide. O objetivo é dar transparência para o consumidor sobre a carga tributária incidente sobre as mercadorias.

Leia a reportagem

Cadastro positivo (Foto: Editoria de Arte/G1)
Cadastro positivo

No segundo semestre, começa a funcionar o chamado cadastro positivo de bons pagadores, que teve a lei regulamentada pelo governo em outubro. O objetivo é permitir que as pessoas que mantêm as contas em dia possam obter taxas de juros menores ao solicitar crédito.

Leia a reportagem

G1

Resistir é preciso: Casal de idosos mostra casa cercada por rodovia na China

Um casal de idosos chineses foi surpreendido por uma pista construída em torno de sua casa, nos arredores da cidade de Wenling, na província de Zhejiang.

 
Zuo Baogen recusou a indenização oferecida pelo governo chinês

Zuo Baogen se recusou a vender o imóvel para a construção da rodovia que vai ligar a cidade a uma nova estação de trem.

O chinês de 67 anos diz que a casa vale R$ 190 mil, mas o governo queria pagar apenas R$ 82 mil.

A imagem da casa em meio a uma rodovia se transformou em um símbolo da resistência de moradores chineses removidos. Eles reclamam que a indenização recebida do governo é muito baixa.

A pista ainda não foi aberta para o t tráfego de automóveis.
BBC Brasil 


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Feriadão, álcool e acidentes no trânsito

A cada feriado nos preparamos para as manchetes, que leremos no dia seguinte com crescentes e catastróficos números de mortos e feridos, em acidentes nas estradas e nas cidades.

A igreja, com seus inúmeros dias santificados – institucionalizados pelo estado, este constitucionalmente laico – e o próprio estado, cúmplices do álcool assassino, continuam permitindo a combinação mortal de feriados com finais de semanas, criando os já genocidas “feriadões”.

Nós, os aparentemente béocios, não conseguimos entender porque todos os feriados não são transferidos para os dias de domingo.

Afinal feriados, os santificados e os institucionais, são aqueles para reflexões e orações e esses, para repouso e maior convivência com a família.

Não entendemos que feriados existam exclusivamente para a louvação de Baco no templo dos insensatos.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]