Conheça o plano do Google para acabar com as senhas

De acordo com a Alphabet, o Abacus trabalha com uma pontuação cumulativa de confiança.

O celular monitora continuamente o usuário e se torna capaz de reconhecer alguns padrões de localização, fala, tipo de caminhada e até o rosto do dono.

De acordo com o ex-googler, Chris Messina, a nova maneira de verificação é até 10 vezes mais segura do que a verificação em duas etapas.

Algumas pessoas não parecem tão animadas com a novidade: “Muito legal até eu quebrar minha perna ou mão e não conseguir autenticar quaisquer serviços para obter informações de saúde”, rebateu o engenheiro da Cisco, Shawn Cooley.

Privacidade

Muita gente aponta ainda que para funcionar perfeitamente, o recurso teria que recolher uma série de dados do usuário.

No entanto, a maior parte dessas informações já é recolhida por aplicativos como o Facebook e o WhatsApp.
Via Engadget