Tópicos do dia – 07/11/2011

08:32:12
SUS. Quem não tem cão, quer dizer, mordomia, tá lascado.
O tratamento de Lula no Hospital Sírio e Libanês é pago pelo seu (dele) plano de saúde.
Já a Câmara Federal usa o seu, o meu, o nosso sofrido caraminguá para pagar R$ 1,1 milhão para usar serviços do hospital.
O Senado para não ficar atrás paga R$ 2 milhões.
Claro que tudo sem licitação!

08:42:58
Marketing antipático nas redes sociais.
OK. O FaceBook é democrático. Cada qual posta o que bem entender. Inclusive não somente o FaceBook, mas as redes sociais em geral, são excelentes ferramentas de negócios. Agora uma “fiera” seguida do mesmo post comercial, 10,15, vendendo a mesma coisa, já é abuso. É o anti-marketing. Depois o cidadão quando é cortado, faz “beicinho”.

15:59:29
Brasil: da série “O tamanho do buraco”!
Sabe quantos dias você trabalha para pagar o aparato de segurança pública e privada?
45 dias/ano!!!
A Segurança Pública, custa, a cada brasileiro em impostos R$324,00 per capita/ano.
A Segurança Privada, custa R$379,00 per capita/ano.
Aqui entram; o porteiro do seu prédio; o guarda no banco; o flanelinha; os seguranças nos shoppings; as câmeras de vigilância, etc., ninguém escapa!
No total, os brasileiros, pagamos por segurança R$703,00 per capita/ano.
O Governo Federal gasta mais com Segurança Pública que com Saúde e Educação.

20:59:17
Indicada nova ministra do STF
Rosa Maria Weber Candiota, egressa do Superior Tribunal do Trabalho, foi indicada para a vaga no STF que surgiu com a aposentadoria da Ministra Ellen Gracie.
A indicação da Presidente Dilma Rousseff precisa ainda ser aprovado pelo Senado Federal, conforme determina a Constituição federal.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Chiquinho Scarpa deu entrada no Hospital Sírio Libanês

foto-empresario-chiquinho-scarpa-hospital-sirio-libanes-internado
Empresário está no Hospital Sírio Libanês, na região central.
Família não divulgou o motivo da internação.

O empresário Chiquinho Scarpa está internado em São Paulo, no Hospital Sírio Libanês, na região central. A família não autorizou o hospital a dar informações sobre o paciente e nem o motivo da internação.

Por telefone, a mãe dele, Patsy Scarpa, informou no início da tarde desta quarta-feira (29) que Scarpa “não está em coma”, mas não quis dizer por que ele foi levado ao Sírio Libanês. “Ele está melhorando. Está sedado para não sentir dor. Não tem coma nenhum”.

do G1