Tópicos do dia – 01/06/2012

08:25:59
PSOL representa contra Gilmar Mendes
O PSOL entrou com uma representação na Procuradoria-Geral da República contra o ministro do STF (Supremo Tribunal Federal), Gilmar Mendes, que acusa o ex-presidente Lula de tentar manipular a corte. Em documento, a sigla considera que a “conduta” de Mendes “gera uma nuvem que deve ser dissipada, para manter e preservar a imagem do Supremo”. No último sábado (26), a reportagem da revista Veja informou que Lula havia sugerido a Mendes que adiasse o julgamento do mensalão que, segundo a corte, será realizado durante o segundo semestre deste ano. O magistrado também declarou que Lula insinuou que sabia de suas supostas relações com uma máfia do jogo ilegal que está sendo investigada pelo Congresso e que ganharia projeção na CPMI de Carlinhos Cachoeira, com políticos e empresários. Por sua vez, Lula reagiu com “indignação” e rejeitou a acusação, mas confirmou a reunião com Mendes e assegurou que no encontro também esteve presente o ex-ministro da Defesa, Nelson Jobim, que também desmentiu o magistrado.
coluna Claudio Humberto 

09:11:06
Marconi Perillo e Cachoeira: o fundo do poço vai ficando mais fundo. E sujo!
Assessor diz que recebeu de Cachoeira por serviço eleitoral a Perillo
Responsável pela propaganda eleitoral de Marconi Perillo (PSDB) no rádio em 2010, o jornalista Luiz Carlos Bordoni afirma que uma empresa do esquema do contraventor Carlinhos Cachoeira foi usada para pagar os serviços de publicidade que ele prestou para a campanha do governador goiano.
Mais aqui
Fernando Gallo/Estadão.com

16:04:52
Cheques pagos a Perillo seriam de conta irrigada pela Delta
Imóvel vendido por governador foi pago por confecção da cunha de Cachoeira, diz jornal
Os cheques que pagaram a venda da casa do governador de Goiás, Marconi Perillo, são oriundos de uma confecção da cunhada de Carilnhos Cachoeira, Rosani Puglisi, segundo informou nesta sexta-feira o jornal “Folha de S. Paulo”.

De acordo com a reportagem, a Excitant Confecção, que remunerou o Perillo, recebeu dinheiro, por sua vez, da Alberto e Pantoja Construções, empresa criada pelo grupo do contraventor para receber repasses da empreiteira Delta. O governador recebeu três cheques da Excitant Confecções ao vender a casa. Dois eram de R$ 500 mil e um era de R$ 400 mil. Os cheques são de uma conta da Caixa Econômica Federal em Anápolis, Goiás.

Perillo diz que não observou a origem dos cheques na transação. Ele afirma que vendeu a casa ao empresário Walter Paulo, sob intermediação do ex-vereador Wladimir Garcez. Garcez foi preso e apontado como um dos auxiliares do esquema de Cachoeira.

O ex-vereador disse à CPI que queria comprar a casa e pediu um empréstimo ao então diretor da Delta no Centro-Oeste, Cláudio Abreu. Segundo esta versão, ele teria fornecido os cheques.
Garcez falou à comissão que, como não conseguiu pagar o empréstimo, acabou revendendo a casa para Walter Paulo.
O Globo


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]