Suíça diz que não investigou caso de Romário sobre falsificação de extrato

Senador havia ressaltado que “autoridades brasileiras e suíças” esclareceram caso.Romário,Lava Jato,Eduardo Cunha,Corrupção,Blog do Mesquita

Em julho, revista noticiou que ex-jogador era dono de uma conta na Suíça com um saldo de R$ 7,5 milhões

O Ministério Público de Genebra arquivou o caso sobre a suposta falsificação de extrato bancário em nome do senador Romário Faria (PSB-RJ) publicado em revista.

De acordo com informações do jornal O Estado de S. Paulo, não houve nem haverá investigação, pois se o extrato publicado na imprensa foi falsificado, o fato ocorreu no Brasil, e uma apuração disto seria de responsabilidade das autoridades brasileiras.

Na semana passada, em publicação em rede social, o senador destacou que “autoridades brasileiras e suíças” haviam esclarecido o caso.

Em julho, a revista Veja noticiou que Romário era dono de uma conta no banco BSI da Suíça, e chegou a divulgar um extrato da conta com um saldo equivalente a R$ 7,5 milhões, que não constava na declaração de bens à Justiça Eleitoral.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

O senador contestou a reportagem, viajou a Genebra e afirmou não ter encontrado a conta. O banco BSI confirmou que o senador não era correntista naquela data. Foi aberto um processo no MP local, em razão do extrato supostamente falso.

A revista chegou a admitir o erro e pediu desculpas ao senador. Na semana passada, contudo, o assunto ganhou um novo capítulo. A gravação que levou à prisão o banqueiro André Esteves e o senador Delcídio Amaral (PT-MS), líder do governo Dilma Rousseff, e o advogado Edson Ribeiro, sugere que Romário fez um acordo com o prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes (PMDB), que mantém boa relação com o banqueiro.

Na gravação, o Edson Ribeiro diz ao senador Delcídio que Romário teria dinheiro depositado na Suíça, mas foi orientado a tirar para não “ser preso”.

Após a divulgação do áudio, Romário destacou em publicação em rede social: “O advogado levanta suspeita sobre um assunto que já foi esclarecido por mim e pelas autoridades brasileiras e suíças. Aqueles que novamente fazem acusações inverídicas claro que responderão à Justiça. Qual a credibilidade do advogado de um bandido, corrupto e responsável por roubar uma das principais empresas do país?”

Romário protocolou no final da semana passada um pedido para que a Procuradoria-Geral da República provocasse o Ministério Público suíço para investigar o caso.

O Ministério Público Suíço informou ao jornal paulista que a investigação não chegou a ser aberta, pois a Justiça se recusou a aceitar a queixa.

No início de agosto, Romário divulgou nota do banco suíço BSI, atestando que o extrato da suposta conta bancária com o saldo de R$ 7,5 milhões atribuída a ele pela revista Veja é falso.

No comunicado do banco suíço, a instituição informava que apresentou queixa para o Ministério Público de Genebra, pedindo que o crime fosse apurado.

“Nós estabelecemos como certo que este extrato bancário é falso e que o Sr. Romário de Souza Faria não é o titular desta conta em nosso banco na Suíça.”
Fonte:JB

Repórteres da Veja saem do Facebook após serem desmascarados por Romário

Repórteres da Veja que assinaram matéria caluniosa contra Romário recebem avalanche de críticas, ironias e questionamentos após terem suas páginas do Facebook divulgadas pelo senador. Desmascarados, os jornalistas excluíram suas contas da rede social.

Veja Romário Facebook Lauro Jardim

O senador Romário tocou de lado para que seus eleitores chutassem.

Publicou no Facebook a pergunta “inocente”:

Alguém aí tem notícias dos repórteres da revista Veja Thiago Prado e Leslie Leitão, que assinaram a matéria afirmando que tenho R$ 7,5 milhões não declarados na Suíça? E do diretor de redação Eurípedes Alcântara? Dos redatores-chefes Lauro Jardim, Fábio Altman, Policarpo Junior e Thaís Oyama? Gostaria que eles explicassem como conseguiram este documento falso.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

E tascou os links para as páginas de Facebook dos indigitados, sem sugerir nada, porque era desnecessário.

Foi uma avalanche de críticas e ironias nas páginas cujos endereços eletrônicos foram fornecidos pelo “baixinho”.

As de Thiago Prado e Leslie Leitão saíram do ar. A página de Lauro Jardim, que ainda funcionava hoje de manhã, tinha centenas de comentários que o ridicularizavam.

Certo que alguns exageradamente agressivos, mas a maioria indignados e irônicos:

E sobre o Romário Faria não vai falar nada ou vai desativar o Facebook também?
Amigo, explica como arranjaram o documento falso do Romário por gentileza? Abraço!
Quem foi o estelionatário que falsificou o documento da sua matéria contra o Romário ? Algum parceiro seu? Peixe!
É sobre o documento do Romário Faria? Sendo falso pode citar a fonte, ou será que é falsa a noticia?

E um dos mais engraçados:

Tem um vizinho meu aqui que tá me incomodando muito, já tivemos até algumas rusgas. Gostaria de saber quanto a Veja cobra para publicar uma matéria dizendo que ele tá enriquecendo urânio na casa dele?

 

 

Se não descambar para a agressão, o método “cobrança direta” estimulado por Romário talvez seja uma boa lição.

Somos responsáveis pelo que escrevemos e, se erramos, temos de reconhecer que erramos e porque o fizemos.

Disse ontem aqui que não há “sigilo de fonte” quando se trata de uma falsificação para atingir a honra alheia.

E mais: se temos o direito e o dever de em nome da apuração jornalística publicar o que temos segurança de que é verdadeiro, também temos o dever de suportar as consequências disso.

Romário tem o direito de reagir e um argumento irrespondível para os que vierem com “punhos de renda” politicamente corretos contra sua iniciativa de publicar os endereços onde seus detratores tem de ler o que se leu acima.
Por Fernando Brito/Tijolaço

Futebol, Romário, FIFA e o Brasil caminha para o nada. Eis que nada, absolutamente nada, acontecerá para mudar o rumo dos acontecimentos

A Copa do Mundo 2014 no Brasil rendeu US$ 4,8 bilhões (R$ 15 bilhões) em quatro anos – o evento gerou um lucro de mais de US$ 2 bilhões para a Fifa, para uma organização sem fins lucrativos – que, no entanto, mantém uma grande reserva de dinheiro, que contabilizada mais de US$ 1,5 bilhão em 2014 – baseada na Suíça, onde é isenta de impostos. 

O lucro total da organização entre 2011 e 2014, de US$ 5,7 bilhões, não é tão grande em comparação com o de megacorporações – a Coca-Cola, por exemplo, que patrocina a Fifa, lucrou US$ 46 bilhões só em 2014.
No eixo deste mega negócio surge agora personagens acusados de terem praticado crime lesivo aos seus cofres.
São: Ricardo Teixeira (indiciado pela Polícia Federal), Joseph Blatter (presidente renunciado da Fifa), Jérôme Valcke (investigado pela Justiça dos Estados Unidos), José Hawilla (réu confesso) e José Maria Marin (preso na Suíça).
A organização anticorrupção Transparência Internacional (TI) concorda e afirma, em um relatório de 2011 sobre a Fifa, que a corrupção não só prejudica na imagem do esporte como também pode comprometer seu papel de “espalhar os valores do espírito esportivo”.
Em meio às manchetes em todo mundo, a sujeira protagonizada por dirigentes relapsos e ardilosos, contrasta com a humildade de milhares de clubes de futebol que minguam o mínimo possível, para poder gerar craques e renovar a nova geração de futebol.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]
São micros agremiações que disputa campeonatos miseráveis de terceira e quarta série, onde sequer dispõem de verba para o transporte dos atletas para o deslocamento entre estádios em meio a campeonatos longos e sem público, e sem renda.
Abandonado a própria sorte a base do futebol mundial, raramente tem o patrocínio de clubes maiores que mantém escolinhas de base ou utilizam esses pequenos clubes como fábrica de atletas. Não pouco, centenas de milhares de agenciadores, exploram essa mão de obra desportiva de forma melancólica e criminosa, deixando querelas para os jogadores, que são na verdade o “artista do espetáculo”.
Para se ter uma ideia, avalie quanto recebe de salário um jogador que disputa uma terceira divisão estadual ou nacional? Vejam as dívidas acumuladas por esses clubes?
Há pouco o C.R. do Flamengo contratou o atacante estrangeiro Paolo Guerrero pela milionária quantia de R$ 1 milhão e 100 mil/mês. Mas deve milhões (?) Uma distorção, que se vê ate mesmo no próprio time, onde atletas que estão lado a lado desse atacante, ganham dois por cento ou menos do que ele.
O futebol tem razões que a própria consciência desconhece, Felipão, despejado do futebol português, voltou ao Brasil e protagonizou o pior espetáculo de uma seleção em Copa da Mundo no 7 a 1 da Alemanha. Em seguida assinou contratou milionário com o combalido Grêmio, saiu, e agora está na China, enganando os mandarins do dólar/metal.
Agora Romário – o senador, posa de bom menino, na carona do “caos do futebol”, coloca o dedo na “ferida” do escândalo da FIFA, faz seu marketing para se eleger prefeito da cidade do Rio de Janeiro. Mas que passado tem este craque de bola, se na vida “social”, não foi tão craque!
Raimundo, Vampeta, e tantos outros protagonizaram situações pontuais deprimentes, mas posam de “bom menino” ai nas emissoras de rádio e TV, comentando futebol, como se fossem os “mestres” dos mestres. O salário, bem este nunca foi pequeno, o português sim, “pequeníssimo”, uma agressão ao Aurélio.
É o futebol na desonra, e no momento para se rediscutir de verdade, sua nobre finalidade.
Por Roberto Monteiro Pinho/Tribuna da Imprensa

Tópicos do dia – 20/03/2012

09:17:39
Deputado Vieira Lima diz que redes sociais são eficientes até para pedir votos.
Na semana passada, o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) determinou a suspensão de campanhas eleitorais pelo Twitter. A decisão revoltou alguns parlamentares, como o deputado Lúcio Vieira Lima (PMDB-BA) que usa diariamente a rede social “para se aproximar dos eleitores”. Em entrevista à Coluna Claudio Humberto nesta segunda (19), Lima afirmou que o uso das redes sociais ‘são eficientes até mesmo para pedir votos, pois são redes interativas’. Confira a entrevista:

Qual a sua opinião sobre a proibição do uso do Twitter nas campanhas?
Eu sou contra. Quanto maior a liberdade de expressão melhor para a sociedade e para o país. O Twitter é uma ótima ferramenta para aproximar o político da sociedade.

O PPS já entrou com Ação Direta de Inconstitucionalidade (ADIN). O PMDB pretende adotar a mesma medida?
É uma decião do presidente do partido. Porém, se eu for consultado com certeza vou fazer tudo o que for necessário para que isso caia.

O senhor já fez campanha pelo Twitter pedindo votos?
As redes sociais são eficientes até mesmo para pedir votos, pois são redes interativas. O próprio leitor se manifesta, questiona sobre o porquê que não irá votar em tal candidato. Esta é a vantagem das redes, ter uma proximidade com o eleitorado para que o se possa conhecer melhor o candidato e suas propostas. Dali [Twitter] surge até um debate e a interação do eleitorado.

09:34:30
Quinto dos infernos
No Brasil Império, o país pagava a Portugal um imposto chamado “Quinto”. Era assim: a coroa portuguesa levava 20% (1/5) sobre tudo que era produzido aqui. A taxação era considerada escorchante pelos brasileiros. Daí surgiu o apelido de… “Quinto dos infernos” para o imposto. Pois, segundo o Instituto Brasileiro de Planejamento Tributário, a carga tributária do brasileiro está em 38% – ou seja, quase dois quintos dos infernos.

14:23:05
Romário e a Copa do Mundo no Brasil. Artilharia do baixinho nas redes sociais:
1. “É uma pena ouvir nas rádios, ver na TV, abrir os jornais e ler que o governo federal se uniu à Fifa para que a Copa do Mundo seja a maior de todos os tempos. Uma mentira descabida! Não será a melhor e nós vamos passar vergonha”. “Se continuar acontecendo coisas erradas e estranhas como esse encontro do Blatter com pessoas que não são ligadas a Lei Geral da Copa, ela será uma merda”. “O governo federal está enganado o povo. E a presidente Dilma está sendo enganada ou se deixando enganar”. “Brasileiros, continuem cobrando e se manifestando, porque essa palhaçada vai piorar quando tiver a um ano e meio da Copa.”

2. “O pior ainda está por vir, porque o governo deixará que aconteçam as obras emergenciais, as que não precisam de licitações. Aí vai acontecer o maior roubo da história do Brasil”. “Eu quero ver se as pessoas que apareceram sorrindo na foto durante a reunião de ontem [de Dilma com Blatter] vão querer aparecer. Esse Brasil é um circo e os palhaços vocês sabem bem quem são.”

3. “O presidente da Fifa vem ao Brasil e se encontra com a presidente Dilma. Até ai perfeito!” “Nesse encontro estão presentes Aldo Rebello, ministro dos Esportes, ok; Pelé, embaixador honorário do Brasil para a Copa do Mundo de 2014, ok; Ronaldo, conselheiro do Comitê Organizador Local (COL), ok. Só uma pergunta: qual dessas pessoas têm a ver com a Lei Geral da Copa? Nenhuma”. “Muitos outros que têm muito a ver com a Lei Geral da Copa não estavam presentes”. “Na minha concepção de político, a política vai de mal a pior.”


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 12/01/2012

08:17:35
Grampos Telefônicos: o verdadeiro Big Brother, denuncia OAB, RJ.
O Supremo Tribunal Federal precisa, com urgência, restabelecer a normalidade constitucional e impor limites a esse verdadeiro Big Brother institucional implantado no país.
A afirmação foi feita hoje pelo presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, ao criticar, com veemência, dados revelados pelo Conselho Nacional de Justiça de que pelos menos 18.050 linhas telefônicas foram monitoradas por decisão da justiça apenas em outubro do ano passado.

Esse número, segundo o CNJ, representa mais de dez vezes o número de telefones grampeados legalmente Estados Unidos por ano, onde as interceptações não passam de 1.700.
“Há algum tempo” – disse Wadih – “nosso país tem sido apelidado de “república dos grampos”. Só no ano de 2007 foram 409 mil interceptações telefônicas efetuadas pelas empresas de telefonia, por determinação judicial.

“Trata-se, sem sombra de dúvida, de abuso na utilização desse meio de investigação criminal e por isso temos, hoje, uma banalização das escutas, com frequentes vazamentos de conversas sigilosas”.
O presidente da OAB-RJ lembrou que a interceptação telefônica é um instrumento excepcional da investigação policial e não a regra.
“A sua trivialização fere de morte o inc. XII, do art. 5º da Constituição da República, que assegura o sigilo das comunicações telefônicas, salvo ordem judicial em contrário”, afirmou.

08:20:35
Brasil: da série “o tamanho do buraco”!
Governo aumenta verba para ONGs
Após escândalos envolvendo entidades privadas sem fins lucrativos que levaram à queda de ministros em 2011, foram autorizados quase R$ 1 bilhão extra no Orçamento de 2012 para estas ONG,s. Inicialmente, assim que a proposta chegou ao Congresso, era previsto o repasse de R$ 2,4 bilhões. Mas, emendas parlamentares aumentaram o volume de recursos, que pode atingir a marca de R$ 3,4 bilhões. A presidenta Dilma sancionará a lei orçamentária nos próximos dias. Ao comparar os dois últimos orçamentos, o mais surpreendente é o aumento do repasse. No Orçamento de 2011, o aumento de verbas aprovado pelo Congresso para as ONGs foi de R$ 25 milhões. No de 2012, o volume é 38 vezes maior: R$ 967,3 milhões. Informações do Estado de SP.

08:23:23
Romário: Placa ilegal
O deputado Romário (PSB-RJ) anda feliz com a placa do seu carro, de iniciais IVY, nome de sua filha mais querida.
O problema é que a placa é de Porto Alegre, onde o ex-craque não tem domicílio.
E isso é ilegal.

08:34:32
Direito ao Trabalho e discriminação por obesidade
Empresa nega emprego a candidata obesa e terá de pagar indenização
O Tribunal Superior do Trabalho condenou a empresa Dagranja Agroindustrial Ltda., do Paraná, a pagar indenização de R$ 5 mil por danos morais a uma candidata a emprego rejeitada por ser obesa.
Segundo a candidata, a empresa havia dito que sua condição física era incompatível com as atividades do setor de produção, onde os empregados trabalham em pé.
O tribunal considerou o fato “discriminatório e depreciativo” e, ainda segundo o TRT, a candidata não chegou a questionar a certeza da contratação, mas a justificativa que lhe apresentaram.
Desta forma, excluí-la do procedimento pré-admissional pela condição física de obesa representa “ato discriminatório que o Direito repudia”.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 09/12/2011

09:04:18
Ministro na “fritura” e a esfarrapada desculpa da mesmice.
“A partir da denúncia formulada pelo Globo, no fim de semana, a imprensa inteira começou a investigar e a divulgar supostos malfeitos praticados pelo ministro Fernando Pimentel. Além das notas explicativas que pouco explicam, o ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior saiu-se com os dois clássicos chavões a que apelaram seis ex-ministros acusados de corrupção: trata-se de um complô da mídia contra o governo Dilma, além de fogo-amigo, ou seja, denúncias inventadas por companheiros empenhados em conflitos políticos.”
Carlos Chagas/Tribuna da Imprensa

11:44:10
Contra a censura. Sempre!
Ah!, nada como os sofismáticos políticos brasileiros.
Tratam a nós, os Tupiniquins, como uma tribo de beócios. A “tchurma” servil ao notório Zé Dirceu dia e noite perora por uma tal “regulação da mídia”. O que desejam mesmo é a censura. Simples, e terrível, assim!

11:50:19
Romário e a CBF.
O “baixinho” continua, no parlamento, um artilheiro implacável.
Está pedindo intervenção na CBF, colocando o notório Ricardo Teixeira na marca do penalti.

13:16:38
Ex-governador condenado por corrupção a 14 anos de prisão. Calma! Foi nos USA.
Um juiz federal sentenciou o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich a 14 anos de prisão cerca de três anos depois de ele ser preso e acusado de um amplo caso de corrupção, incluindo uma tentativa de leiloar o assento deixado vago no Senado por Barack Obama. Blagojevich, que chegou a ser uma estrela em ascensão no Partido Democrata, foi condenado em 18 acusações de corrupção. Embora a defesa tenha argumentado que os deslizes de Blagojevich não custaram um centavo ao Estado, o juiz James Zagel afirmou que o verdadeiro custo era “a erosão da confiança no governo”. Mais cedo, o ex-governador se dirigiu ao juiz de forma bastante contida, em contraste com sua presença geralmente animada. “Eu sou culpado”, afirmou. “E eu me desculpo sinceramente. Eu não tenho a quem culpar a não ser a mim mesmo, minha estupidez.”
As informações são da Dow Jones

15:13:58
Copa do Mundo 2014. Bebida alcoólica liberada. Tupiniquins “poderão encher a cara”!
A Comissão Especial sobre o Consumo de Bebidas Alcoólicas da Câmara dos Deputados lançou uma nota de repúdio à liberação da venda de bebidas alcoólicas em estádios durante a Copa de 2014. A aprovação foi feita ao final de uma audiência pública onde deputados ouviram o ministro Alexandre Padilha (Saúde) sobre as ações do governo no combate as drogas. O ministro Aldo Rebelo se posicionou contra a decisão na audiência. “Já há uma dificuldade de legislar sobre costumes. Quando você legisla sobre direitos e deveres é mais claro. Quando você disciplina hábitos, fica mais complexo”, afirmou.
Coluna Claudio Humberto


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Romário honra os votos que recebeu

O baixinho continua o artilheiro de sempre, e com a pontaria impecável. Assim como nos campos, onde reinou e deixou o nome na história com um dos grandes do futebol mundial, no parlamento, a rapidez de raciocínio e a famosa “língua solta”, vem fazendo jus aos que nele depositaram seus votos marcando gols em todas as posições.

Assim como não perdoava a bola sobrando na área, o baixinho chuta inapelavelmente para o gol, e diz com todas as letras que “”não vai ser a maior Copa de todos os tempos. Classes C, D e E, que realmente torcem e acompanham futebol dos seus times, não vão ter oportunidade de assistir aos jogos. Ingresso com preços absurdos. Essa Copa vai ser no Brasil, mas não vai ser do Brasil”
O Editor


Romário dá show de bola e mostra que já se tornou um político de verdade. Leia esta entrevista e veja se você não concorda com ele.
O comentarista Mário Assis nos manda esta preciosidade. Uma entrevista sensacional do deputado Romário (PSB-RJ) ao repórter Cosme Rimoli, da TV Record. Mostra que os eleitores que preferiram Romário não desperdiçaram seus votos.

Você foi recebido com preconceito em Brasília?

Olha, vou ser claro, para quem ler entender como as coisas são. Há o burro, aquele que não entende o que acontece ao redor. E há o ignorante, que não teve tempo de aprender. Não houve preconceito comigo, porque não sou nem uma coisa nem outra. Mesmo tendo a rotina de um grande jogador que fui, nunca deixei de me informar, estudar. Vim de uma família muito humilde. Nasci na favela.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Meu pai, que está no céu, e minha mãe ralaram para me dar além de comida, educação. Consciência das coisas… Não só joguei futebol. Frequentei dois anos de faculdade de Educação Física. E dois anos de moda. Sim, moda. Sempre gostei de roupa, de me vestir bem. Queria entender como as roupas eram feitas. Mas isso é o de menos. O que importa é que esta sede de conhecimento me deu preparo para ser uma pessoa consciente… Preparada para a vida. E insisto em uma tese em Brasília, com os outros deputados.

O Brasil só vai deixar de ser um país tão atrasado quando a educação for valorizada. O professor é uma das classes que menos ganha e é a mais importante. O Brasil cria gerações de pessoas ignorantes porque não valoriza a Educação. E seus professores. Não há interesse de que a população brasileira deixe de ser ignorante. Há quem se beneficie disso. As pessoas que comandam o país precisam passar a enxergar isso. A Saúde é importante? Lógico que é. Mas a Educação de um povo é muito mais.

Essa ignorância ajuda a corrupção? Por exemplo, que legado deixou o Pan do Rio?

Você não tenha dúvidas que a ignorância é parceira da corrupção. Os gastos previstos para o Pan do Rio eram de, no máximo, R$ 400 milhões. Foram gastos R$ 3,5 bilhões. Vou dar um testemunho que nunca dei. Comprei alguns apartamentos na Vila Panamericana do Rio como investimento. A melhor coisa que fiz foi vender esses apartamentos rapidamente. Sabe por quê? A Vila do Pan foi construída em cima de um pântano.

Está afundando. O Velódromo caríssimo está abandonado. Assim como o Complexo Aquático Maria Lenk… É um escândalo! Uma vergonha! Todos fingem não enxergar. Alguém ganhou muito dinheiro com o Panamericano do Rio. A ignorância da população é que deixa essa gente safada sossegada. Sabe que ninguém vai cobrar nada das autoridades. A população não sabe da força que tem. Por isso que defendo os professores. Não temos base cultural nem para entender o que acontece ao nosso lado. E muito menos para perceber a força que temos. Para que gente poderosa vai querer a população consciente? O Pan do Rio custou quatro vezes mais do que este do México. Não deixou legado algum e ninguém abre a boca para reclamar.

Se o Pan foi assim, a Copa do Mundo no Brasil será uma festa para os corruptos…

Vou te dar um dado assustador. A presidente Dilma havia afirmado quando assumiu que a Copa custaria R$ 42 bilhões. Já está em R$ 72 bilhões. E ninguém sabe onde os gastos vão parar. Ninguém. Com exceção de São Paulo, Rio, Minas, Rio Grande do Sul e olhe lá…Pernambuco… Todas as outras sete arenas não terão o uso constante. E não havia nem a necessidade de serem construídas. Eu vi onze das doze…

Estive em onze sedes da Copa e posso afirmar sem medo. Tem muita coisa errada. E de propósito para beneficiar poucas pessoas. Por que o Brasil teve de fazer 12 sedes e não oito como sempre acontecia nos outros países? Basta pensar. Quem se beneficia com tantas arenas construídas que servirão apenas para três jogos da Copa? É revoltante. Não há a mínima coerência na organização da Copa no Brasil.

São Paulo acaba de ser confirmado como a sede da abertura da Copa. Você concorda?

Como posso concordar? Colocaram lá três tijolinhos em Itaquera e pronto… E a sede da abertura é lá. Quem pode garantir que o estádio ficará pronto a tempo? Não é por ser São Paulo, mas eu não concordaria com essa situação em lugar nenhum do País. Quando as pessoas poderosas querem é assim que funcionam as coisas no Brasil. No Maracanã também vão gastar uma fortuna, mais de um bilhão. E ninguém tem certeza dos gastos. Nem terá. Prometem, falam, garantem, mas não há transparência. Minha luta é para que as obras não fiquem atrasadas de propósito. E depois aceleradas com gastos que ninguém controla.

O que você acha de um estádio de mais de R$ 1 bilhão construído com recursos públicos? E entregue para um clube particular?

Você está falando do estádio do Corinthians, não é? Não vou concordar nunca. Os incentivos públicos para um estádio particular são imorais. Seja de que clube for. De que cidade for. Não há meio de uma população consciente aceitar. Não deveria haver conversa de político que convencesse a todos a aceitar. Por isso repito que falta compreensão à população do que está acontecendo no Brasil para a Copa.

A Fifa vai fazer o que quiser com o Brasil?

Infelizmente, tudo indica que sim. Vai lucrar de R$3 aR$ 4 bilhões e não vai colocar um tostão no Brasil. É revoltante. Deveria dar apenas 10% para ajudar na Educação. Iria fazer um bem absurdo ao Brasil. Mas cadê coragem de cobrar alguma coisa da Fifa. Ela vai colocar o preço mais baixo dos ingressos da Copa a R$ 240,00. Só porque estamos brigando pela manutenção da meia entrada. É uma palhaçada! As classes C, D e E não vão ver a Copa no estádio. O Mundial é para a elite. Não é para o brasileiro comum assistir.

Ricardo Teixeira tem condições de comandar o processo do Mundial de 2014?

Não tem de saúde. Eu falei há mais de quatro meses que ele não suportaria a pressão. Ser presidente da CBF e do Comitê Organizador Local é demais para qualquer um. Ainda mais com a idade que ele tem. Não deu outra. Caiu no hospital. E ainda diz que vai levar esse processo até o final. Eu acho um absurdo.

Muito além da saúde de Ricardo Teixeira. Você acha que pelas várias denúncias, investigações da Polícia Federal, ele tem condições morais de comandar a organização Copa no Brasil?

Não. O Ricardo Teixeira não tem condições morais de organizar a Copa. Não até provar que é inocente. Que não tem cabimento nenhuma das denúncias. Até lá, não tem condições morais de estar no comando de todo o processo. Muito menos do futebol brasileiro…
Tribuna da Imprensa

Tópicos do dia – 04/11/2011

09:47:04
Lula e SUS
Do presidente do INCA, Dr. Luiz Santini:
“Se Lula viesse se tratar aqui, a primeira piada seria: ‘Olha lá, já começou furando a fila’.”

09:56:41
Romário: o baixinho no ataque.
Em entrevista à Palyboy, Romário mostra que nelson Piquet fez escola em dizer o que pensa, doa a quem doer. Confira:

Sobre críticas de Casagrande, o ex-jogador, a Neymar:
— Quem é ele para falar? Não tem condição. São caras que não jogaram porra nenhuma, fizeram muita coisa errada e agora querem dar uma de santinhos…
Sobre quem acha que, no Congresso, ele é só mais um:
– O cara que vem dizer pra mim que eu sou uma celebridadezinha é um imbecil completo. Eu sou o Romário!
Sobre sua fama de antipático nos corredores da Câmara, em Brasília:
– Esse negócio de ficar rindo pra todo mundo não é uma coisa minha. Entendeu ou não?

10:05:13
Brasil: da série “só doi quando eu rio”!

O projeto que anistia os deputados cassados pela Câmara no escândalo do mensalão, descoberto em 2005, foi incluído na pauta da reunião da próxima quarta-feira da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), a principal comissão da Casa. O presidente do colegiado e responsável por definir a pauta é o deputado João Paulo Cunha (PT-SP), um dos réus no processo sobre o tema que tramita no Supremo Tribunal Federal (STF).

10:40:01
Lucro descomunal do Banco Itaú “acorda” a Receita Federal.

O lucro de R$ 10,9 bilhões anunciado pelo Itaú Unibanco foi uma conquista e tanto. Mas uma avaliação cuidadosa dos números indica que o balanço sofreu grande ginástica tributária. O volume de impostos pagos no ano caiu 64% – em dinheiro, R$ 2,5 bilhões (queda de R$ 3,9 bi para R$ 1,4 bi). Não fosse isso, o lucro ficaria bem distante do que foi celebrado. A Receita sabe disso e acompanha com olhos de lince.

16:26:27
Presente de Grego

Jogada ‘exxxxxxxxxxxxxxxperta’ do premier Papandreou que queria papar – com trocadilhos, por favor – o povo Grego com a farsa do referendo, mas que não colou.
Não tendo o referendo, ele lava as mãos ante os eleitores, e fica definido o que a União Européia estabelecer de ajustes na economia Grega.
Tendo o referendo, ele jogaria a responsabilidade pelos cortes na assistência social, salários, empregos públicos e arrocho monetário, nos eleitores.
Maquiavel faz escola na Ágora. Agora!


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Romário entra na política e marca gol contra

O baixinho demonstra que só é craque no campo de futebol. Ali, o ‘peixe’ não confunde as bolas nem mete as mão pelos pés. Já na zona, do agrião pessoal, do agrião, da política o artilheiro já leva o primeiro cartão amarelo, quer dizer, sorriso amarelo. Agora, Romário socialista só pode ser mais uma gozação do baixinho, né?

O grande artilheiro mereceria um final de vida menos decadente.

O editor

Em cerimônia de filiação, Romário comete uma gafe

Antes de retornar aos gramados, Romário foi o centro das atenções por outro motivo. Nesta terça-feira, o Baixinho se filiou oficialmente ao PSB (Partido Socialista Brasileiro) em uma cerimônia no Rio de Janeiro e acabou cometendo uma gafe. Contudo, bem ao seu estilo, o tetracampeão não se abalou com a situação. As informações são do Correio Braziliense.

Ainda sem afirmar se será candidato a algum cargo nas eleições de 2010, Romário se confundiu na hora de pronunciar o nome de seu partido (falou PSDB em vez de PSB).

“É uma honra fazer parte desse partido porque eles demonstraram que são pessoas sérias. A partir de agora sou um afiliado do PSDB, ou melhor PSB”, afirmou Romário, dando uma justificativa para o erro. “Até hoje de manhã estava em dúvida sobre a filiação”, disfarçou.

Segundo o Baixinho, seu grande objetivo ao entrar para política é ajudar a população e para isso não descarta se candidatar a um cargo em 2010.

“Pode até ser que eu seja candidato, mas minha intenção é ajudar as crianças e o esporte”, apontou Romário, cuja primeira iniciativa na política deve ser a tentativa de implantação dos CVTs (Centro de Vocação Tecnológica) na Vila Penha, no Rio de Janeiro.

blog do Magno Martins

Da série: “perguntar não ofende”

Cerimônia de definição do Brasil como sede da copa do mundo de 2014.

Romário salva a honra da pátria de chuteiras.

Ricardo Texeira – o da CPI emparedada (argh!) – Lula, Serra, (argh!), Marta Sulicy (argh!), Paulo Coelho – comparando discussão de futebol com sexo (argh! argh!, argh!), Dunga – vá lá “está” técnico mas, (argh!) – e mais um monte de “ninguéns”, se me permitem o neologismo.

Agora, sem Havelange e Pelé?

Repetindo: sem Havelange e Pelé?

Porquê? Hein? Hein?