Temer minimiza acusações contra Geddel, Moreira e Jucá

“Se um dia se consolidarem, o governo verá o que fazer”todos-os-homens-do-presidenteblog-do-mesquita

O presidente Michel Temer comentou nesta terça-feira (18), durante visita ao Japão, as denúncias da Odebrecht contra o ministro Geddel Vieira Lima, da Secretaria de Governo, Moreira Franco, secretário executivo do Programa de Parcerias de Investimentos, e Romero Jucá, presidente do PMDB.

Segundo Temer, elas precisam se consolidar. “Sabe o que acontece? O envolvimento dos nomes se deu, convenhamos, por enquanto, por uma simples alegação, por uma afirmação. É preciso que essas coisas se consolidem. Se um dia se consolidarem, o governo verá o que fazer”.

“Se a cada momento que alguém mencionar o nome de alguém isso passar a dificultar o governo, fica difícil”, completou.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]