Clodovil sofre queda e é internado em estado grave

Deputado Federal Clodovil que foi absolvido pelo TSE na quinta-feira(12) teve na madrugada de hoje(16) um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O deputado federal Clodovil Hernandes, do Partido da República (PR), foi internado na madrugada desta segunda-feira (16), na UTI de um hospital particular de Brasília (DF). De acordo com informações de sua assessoria de imprensa, ele teria caído da cama e batido com a cabeça no chão, mas as últimas informações confirmam que antes da queda, Clodovil teve um AVC.

Clodovil teve hemorragia no lado esquerdo do cérebro e, em princípio, os médicos avaliaram que não se trata de caso para cirurgia e fazem a retirada de coágulos por meio de um catéter. O estado de saúde dele é considerado grave e ele está sedado e com pressão alta.

do G1

Pai e filha morrem na queda do avião que caiu no shopping em goiânia

Uma aeronave modelo EMB 712,  prefixo PT-VFI, fabricada pela Embraer caiu no estacionamento do Shopping Flamboyant, em Goiânia, no início da noite desta quinta-feira (12). O comando da Polícia  Militar (PM) de Goiás e o Corpo de Bombeiros da capital goiana confirmam a morte de Kleber Barbosa da Silva e de Penélope Barbosa Correia, pai e filha, respectivamente. As duas pessoas estavam no avião. A criança teria entre 5 ou 6 anos, segundo os bombeiros.

Segundo a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero), o Aeroporto de Goiânia ficou fechado das 18h às 19h14 para pousos e decolagens, por razões de segurança.

O tenente  Carlos Martins, da PM, informou que Barbosa da Silva teria agredido a mulher, cuja identidade não foi divulgada, na cidade de Anápolis (GO), de onde ele seguiu para Luziânia e pegou a aeronave. “A mulher está internada no Hospital de Urgência de Goiás, mas ainda não sabemos o que aconteceu com o casal.”

Uma equipe de bombeiros foi até o local para avaliar os danos provocados pelo acidente e socorrer outras possíveis vítimas. Segundo a PM, frequentadores do shopping não foram atingidos pela aeronave, apenas os carros parados no estacionamento.

A Infraero informou que a aeronave não partiu de um aeroporto controlado pela empresa e que teria saído de Luziânia (GO) e seguido sentido Goiânia, mas caiu no estacionamento do shopping, que fica a cerca de 10 quilômetros do centro da capital goiana.

De acordo com o major Silvio Vasconcelos Nunes, da Polícia Militar de Goiás, a aeronave sobrevoou o espaço aéreo de Goiânia por várias horas. “Tivemos informações de que a aeronave estaria fazendo voos rasantes”.

Uma equipe de peritos do Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) deve apurar as causas do acidente.

Roubo da aeronave
Segundo informações da Polícia Civil de Luziânia,  a aeronave que caiu no shopping foi roubada do Aeroclube de Brasília, que mantém a base operacional em Luziânia, às 16h15. Segundo o Boletim de Ocorrência, o responsável legal pela aeronave, Horst Artur Guerra Gerhard Hoffmani, disse que um homem pediu para fazer um voo panorâmico com uma menina.

Ainda de acordo com a polícia, o piloto chegou a iniciar o taxiamento na pista do aeroclube para a decolagem, mas foi interrompido pelo homem, que sacou uma arma e pediu que o piloto parasse a aeronave e descesse. “O rapaz chegou com a filha e pediu um voo panorâmico. Na pista, o instrutor contou que o homem colocou uma arma na cabeça dele e mandou descer. Imediatamente acionamos a PM e a FAB”, disse Hoffmani ao G1.

Segundo o relato do piloto à polícia, o homem teria dito: “Já matei uma pessoa hoje e posso matar mais uma”. Depois ele seguiu com a aeronave para Goiânia.

Veja a íntegra da nota da Força Aérea Brasileira:
Com relação ao roubo da aeronave PT-VFI, pertencente ao aeroclube de Brasília, localizado em Luziânia – GO, e ocorrido na tarde de hoje, 12 de março, o Comando da Aeronáutica (COMAER) presta as seguintes informações:

• Ao ser notificado da ocorrência do roubo, o Primeiro Centro Integrado de Defesa e Controle do Tráfego Aéreo (CINDACTA I) informou o Comando de Defesa Aeroespacial Brasileiro (COMDABRA) que, por sua vez, ordenou a imediata decolagem de aeronaves em alerta de defesa aérea.

• O acompanhamento por caças da FAB aconteceu durante todo o tempo em que o PT-VFI permaneceu em vôo, primeiramente, por um MIRAGE 2000 e, posteriormente, por um avião T-27 Tucano.

• Por medida de segurança, o COMDABRA determinou a suspensão de pousos e decolagens do aeroporto de Goiânia, a fim de garantir a segurança das aeronaves em geral e, particularmente, para proporcionar as melhores condições de pouso para o PT-VFI.

• Até o momento em que a aeronave colidiu com o solo, os órgãos de controle de tráfego aéreo e os pilotos da FAB que acompanharam a aeronave roubada não conseguiram contato-rádio com o piloto do PT-VFI.

• Consumado o acidente aeronáutico, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (CENIPA) conduzirá as investigações necessárias a fim de identificar os fatores que contribuíram para a ocorrência.

• Todos os procedimentos adotados pelo COMAER, através do COMDABRA, foram permanentemente acompanhadas pelo Exmo. Sr. Ministro da Defesa Dr Nelson Jobim.

Brigadeiro-do-Ar Antonio Carlos Moretti Bermudez
Chefe do Centro de Comunicação Social da Aeronáutica

do G1