Mário Quintana – Versos na tarde – 24/04/2017

Esperança Mário Quintana¹ Lá bem no alto do décimo segundo andar do Ano Vive uma louca chamada Esperança E ela pensa que quando todas as sirenas Todas as buzinas Todos os reco-recos tocarem Atira-se E — ó delicioso voo! Ela será encontrada miraculosamente incólume na calçada, Outra vez criança… E em torno dela indagará o … Continued

Postado na categoria: Justiça - Palavras chave: , , ,