Manoel Alegre – Poesia – 30/12/22

Boa noite Trova ao vento que passa Manoel Alegre Pergunto ao vento que passa notícias do meu país e o vento cala a desgraça o vento nada me diz. Pergunto aos rios que levam tanto sonho à flor das águas e os rios não me sossegam levam sonhos deixam mágoas. Levam sonhos deixam mágoas ai […]

Leia mais… from Manoel Alegre – Poesia – 30/12/22

Jalal ud-Din-Rumi – Poesia – 26/12/22

Boa noite Poema Jalal ud-Din-Rumi Os pés e as mãos conhecem o desejo da alma Fechemos pois a boca e conversemos através da alma Só a alma conhece o destino de tudo, passo a passo. Vem, se te interessas, posso mostrar-te. […]

Leia mais… from Jalal ud-Din-Rumi – Poesia – 26/12/22

Clarice Lispector – Reflexões na noite 25/12/22

Boa noite Tanta mansidão Clarice Lispector Pois a hora escura, talvez a mais escura, em pleno dia, precedeu essa coisa que não quero sequer tentar definir. Em pleno dia era noite, e essa coisa que não quero ainda definir é uma luz tranquila dentro de mim, e a ela chamariam de alegria, alegria mansa. Estou […]

Leia mais… from Clarice Lispector – Reflexões na noite 25/12/22

Anna Akhmátova – Poesia – 22/12/22

Boa noite Do ciclo os mistérios do ofício Anna Akhmátova Não me importa o exército das odes, Nem o jogo torneado da elegia. Nos versos, tudo é fora de propósito. Não como entre as pessoas, – me dizia. Saibam vocês, o verso, é do monturo Que eles se alenta, sem vexame disso, Como um dente-de-leão […]

Leia mais… from Anna Akhmátova – Poesia – 22/12/22