Vou abrir minha própria igreja

O primeiro milagre do heliocentrismo
Hélio Schwartsman/Folha de S.Paulo

[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]Eu, Claudio Ângelo, editor de Ciência da Folha, e Rafael Garcia, repórter do jornal, decidimos abrir uma igreja. Com o auxílio técnico do departamento Jurídico da Folha e do escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo Gasparian Advogados, fizemos-lo. Precisamos apenas de R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis (não consecutivos). É tudo muito simples. Não existem requisitos teológicos ou doutrinários para criar um culto religioso. Tampouco se exige número mínimo de fiéis.

Com o registro da Igreja Heliocêntrica do Sagrado Evangélico e seu CNPJ, pudemos abrir uma conta bancária na qual realizamos aplicações financeiras isentas de IR e IOF. Mas esses não são os únicos benefícios fiscais da empreitada. Nos termos do artigo 150 da Constituição, templos de qualquer culto são imunes a todos os impostos que incidam sobre o patrimônio, a renda ou os serviços relacionados com suas finalidades essenciais, as quais são definidas pelos próprios criadores. Ou seja, se levássemos a coisa adiante, poderíamos nos livrar de IPVA, IPTU, ISS, ITR e vários outros “Is” de bens colocados em nome da igreja.

Há também vantagens extra tributárias. Os templos são livres para se organizarem como bem entenderem, o que inclui escolher seus sacerdotes. Uma vez ungidos, eles adquirem privilégios como a isenção do serviço militar obrigatório (já sagrei meus filhos Ian e David ministros religiosos) e direito à prisão especial.

Mais em >>http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/helioschwartsman/ult510u660688.shtml

Alguns curiosos nomes de “igrejas” no Brasil

– Igreja da Água Abençoada
– Igreja Adventista da Sétima Reforma Divina
– Igreja da Bênção Mundial Fogo de Poder
– Congregação Anti-Blasfêmias
– Igreja Chave do Éden
– Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta (????)
– Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
– Igreja Batista Ô Glória!
– Congregação Passo para o Futuro
– Igreja Explosão da Fé
– Igreja Pedra Viva
– Comunidade do Coração Reciclado
– Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
– Cruzada de Emoções
– Igreja C.R.B. (Cortina Repleta de Bênçãos)
– Congregação Plena Paz Amando a Todos
– Igreja A Fé de Gideão
– Igreja Aceita a Jesus
– Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém (do Pará?????)
– Igreja Evangélica Pentecostal Labareda de Fogo
– Congregação J. A. T. (Jesus Ama a Todos)
– Igreja Evangélica Pentecostal a Última Embarcação Para Cristo (quem perder vai ficar!!!)
– Igreja Pentecostal Uma Porta para a Salvação
– Comunidade Arqueiros de Cristo
– Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
– Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
– Assembleia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
– Igreja Palma da Mão de Cristo
– Igreja Menina dos Olhos de Deus
– Igreja Pentecostal Vale de Bênçãos
– Associação Evangélica Fiel Até Debaixo D’Água (Corinthiano???????)
– Igreja Batista Ponte para o Céu
– Igreja Pentecostal do Fogo Azul
– Comunidade Evangélica Shalom Adonai, Cristo!
– Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
– Cruzada Evangélica do Pastor Waldevino Coelho, a Sumidade
– Igreja Filho do Varão (Opa!!! Se puxar o pai vai se dar bem!!!!)
– Igreja da Oração Eficiente
– Igreja da Pomba Branca
– Igreja Socorrista Evangélica
– Igreja ‘A’ de Amor
– Cruzada do Poder Pleno e Misterioso
– Igreja do Amor Maior que Outra Força
– Igreja Dekanthalabassi
– Igreja dos Bons Artifícios
– Igreja Cristo é Show
– Igreja dos Habitantes de Dabir
– Igreja ‘Eu Sou a Porta’
– Cruzada Evangélica do Ministério de Jeová, Deus do Fogo
– Igreja da Bênção Mundial
– Igreja das Sete Trombetas do Apocalipse
– Igreja Barco da Salvação
– Igreja Pentecostal do Pastor Sassá
– Igreja Sinais e Prodígios
– Igreja de Deus da Profecia no Brasil e América do Sul
– Igreja do Manto Branco
– Igreja Caverna de Adulão
– Igreja Este Brasil é Adventista
– Igreja E.T.Q.B (Eu Também Quero a Bênção) (????????)
– Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
– Igreja Cenáculo de Oração Jesus Está Voltando
– Ministério Eis-me Aqui
– Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia
– Igreja Evangélica A Última Trombeta Soará
– Igreja de Deus Assembleia dos Anciãos
– Igreja Evangélica Facho de Luz
– Igreja Batista Renovada Lugar Forte
– Igreja Atual dos Últimos Dias
– Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
– Ministério Apascenta as Minhas Ovelhas
– Igreja Evangélica Bola de Neve
– Igreja Evangélica Adão é o Homem
– Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado
– Ministério Maravilhas de Deus
– Igreja Evangélica Fonte de Milagres
– Comunidade Porta das Ovelhas
– Igreja Pentecostal Jesus Vem, Você Fica (Você senta, Jesus levanta????)
– Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
– Igreja Evangélica Luz no Escuro
– Igreja Evangélica O Senhor Vem no Fim (Só no fim?????)
– Igreja Pentecostal Planeta Cristo
– Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
– Igreja Evangélica Pentecostal da Bênção Ininterrupta
– Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
– Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
– “Igreija” Evangélica Muçulmana Javé é Pai
– Igreja Abre-te-Sésamo
– Igreja Assembléia de Deus Adventista Romaria do Povo de Deus
– Igreja Bailarinas da Valsa Divina
– Igreja Batista Floresta Encantada
– Igreja da Bênção Mundial Pegando Fogo do Poder
– Igreja do Louvre
– Igreja ETQB, Eu Também Quero a Bênção
– Igreja Evangélica Batalha dos Deuses
– Igreja Evangélica do Pastor Paulo Andrade, O Homem que Vive sem Pecados (é o Cristo em pessoa!!)
– Igreja Evangélica Idolatria ao Deus Maior
– Igreja MTV, Manto da Ternura em Vida
– Igreja Pentecostal Marilyn Monroe(???????)
– Igreja Quadrangular O Mundo É Redondo
– Igreja Evangélica Florzinha de Jesus (Londrina – PR)
– Igreja Pentecostal Trombeta de Deus (Samambaia – DF)
– Igreja Pentecostal Alarido de Deus (Anápolis – GO)
– Igreja pentecostal Esconderijo do Altíssimo (Anápolis – GO)
– Igreja Batista Coluna de Fogo (Belo Horizonte – MG)
– Igreja de Deus que se Reúne nas Casas (Itaúna – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal da Volta do Grande Rei (Poços de Caldas – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia (Uberlândia – MG)
– Igreja Evangélica a Última Trombeta Soará (Contagem – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal Sinal da Volta de Cristo (Três Lagoas – MS)
– Igreja Evangélica Assembléia dos Primogênitos (João Pessoa -PB)
– Ministério Favos de Mel (Rio de Janeiro – RJ)
– Assembléia de Deus com Doutrinas e sem Costumes (Rio de Janeiro – RJ)

Rir ou chorar? Qual a intenção, origem e motivação por trás de tanta “diversidade”?

siga o Blog do Mesquita no Twitter

Aluguéis. Conheça as novas regras

Refeita, Lei do Inquilinato entra em vigor no dia 25 e só vale para futuras locações. Mudança pode contribuir para reduzir os valores dos aluguéis e permite que o imóvel seja retomado mais rapidamente em caso de inadimplência

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]As alterações na Lei do Inquilinato (8.245/91) sancionadas pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva em 10 de dezembro entram em vigor no dia 25 deste mês. Uma das novidades é a redução do prazo para o inquilino deixar o imóvel, em caso de despejo ou exoneração do fiador. Com as mudanças, o dono do imóvel terá mais garantias de pagamento do aluguel, e a oferta deve aumentar, o que pode representar preços de locação menores, segundo prevê o Secovi-Rio.

O vice-presidente do Sindicato da Habitação do Rio, Rômulo Cavalcante Mota, afirma que a grande virtude da lei é a ação de despejo contra o mau pagador. “Agora, se o inquilino não pagar, o proprietário poderá despejá-lo com uma liminar. Nesse caso, ele terá que deixar o imóvel em 15 dias. Essa iniciativa favorece o bom pagador e os fiadores, que poderão ser abolidos dos contratos”, explica Mota, para quem a garantia do seguro-fiança poderá ficar mais em conta devido à rapidez da retomada do imóvel.

“As novas regras vão incrementar o mercado de locação porque muita gente vai voltar a investir em imóvel para alugar. Isso fará com que o preço da despesa também fique menor”, aposta Mota.

O coordenador jurídico do escritório Schneider Advogados, Valter Vivas, lembra que as modificações só valem para os novos contratos de aluguel. Ele ressalta que as alterações de natureza processual entram em vigor imediatamente. Um dos exemplos é a purgação de mora, ou seja, antes, o inquilino entrava na Justiça para informar que queria acertar o débito, e o juiz concedia um prazo de pagamento. A partir do dia 25, mesmo com contrato anterior a essa data, o tempo começa a contar desde quando o locatário ingressou com a ação. Além disso, a ação de despejo por falta de pagamento só será retirada com a comprovação do acerto de contas dos aluguéis em atraso.

De acordo com o advogado Luiz Octávio Rocha Miranda, os proprietários devem renovar o contrato que chega ao fim e passa a vigorar por tempo indeterminado. “Se não houver novo documento, valem as regras antigas”, explica Miranda. Ele prevê que muitos contratos serão refeitos, se o fiador se desligar da locação.

Com as novas regras, o fiador poderá se exonerar assim que o contrato terminar, desde que avise por carta ou telegrama. Mas permanece responsável pela fiança por 120 dias após a comunicação.

Proprietário pagará multa

O proprietário que receber oferta maior pelo aluguel poderá despejar o inquilino, mas só pagará multa se o contrato de locação estiver em vigor. Nesse caso, os responsáveis pela despesa são o dono do imóvel e o novo locatário. Caso o contrato tenha acabado — período conhecido como indeterminado — o proprietário não é obrigado a renová-lo. A nova lei diz que o inquilino pode, no máximo, tentar cobrir a proposta para evitar a perda da locação.

Outra polêmica é a rescisão de contrato. Se o inquilino sair antes do término do contrato terá que pagar multa, mecanismo que já era utilizado. Agora, o valor da indenização passa a ser proporcional ao tempo que falta para o fim do contrato. O dono do imóvel pode fechar acordo com o inquilino para que ele pague, ainda, o IPTU.

Quando pedir desocupação

O dono do imóvel só poderá pedi-lo de volta em situações específicas, como atraso de pagamento (independentemente do motivo da inadimplência) ou quando o inquilino infringir uma das obrigações previstas em contrato de locação. Segundo o coordenador do escritório Schneider Advogados, Valter Vivas, um dos motivos para a quebra de contrato é o inquilino ficar sem fiador ou outras formas de garantia de pagamento.

Dicas ajudam quem busca um imóvel para alugar

Quem pretende alugar imóvel no início do ano deve fazer um planejamento minucioso, desde já, para conseguir o melhor negócio, sem surpresas ou despesas de última hora. Além disso, se a nova locação for negociada a partir do dia 25, já estará enquadrada na nova Lei do Inquilinato.

Segundo a Lello, administradora de imóveis, o primeiro passo é delimitar as áreas de preferência em dois ou três bairros, para facilitar a pesquisa. Para isso, é fundamental verificar as opções de acesso, transporte e serviços essenciais, como supermercados, padarias, farmácias, academias e escolas próximas.

Outra dica importante para o futuro inquilino é a definição de uma faixa de preço de aluguel, incluindo os encargos (IPTU e condomínio) que está disposto a pagar. De acordo com a gerente de Locação e Vendas da Lello, Roseli Hernandes, essa despesa não pode comprometer mais do que 30% da renda líquida mensal do interessado. “Esse é o limite ideal para que o inquilino possa arcar tranquilamente com os gastos da locação durante os 30 meses de vigência do contrato”, afirma Roseli.

Ela explica que o candidato a inquilino deve realizar uma boa pesquisa, pois os valores variam bastante. “Há unidades de padrões similares numa mesma rua que têm preços diferentes, dependendo do estado de conservação ou mesmo da proximidade com terminais de ônibus ou estações de metrô”, destaca Roseli.

A gerente da Lello recomenda aos inquilinos que, antes de assinarem o contrato, requeiram à imobiliária uma vistoria no imóvel, de preferência, na presença do proprietário. Assim, será possível determinar a responsabilidade de cada um no reparo de eventuais danos.

Também é preciso reunir a documentação para efetivar o contrato de locação. Caso seja trabalhador com carteira assinada, serão necessários os três últimos contracheques, a carteira profissional com registro salarial e suas atualizações, identidade e CPF.

Profissionais liberais precisam apresentar cópia da última declaração do Imposto de Renda e comprovante de retirada mensal da empresa para a qual presta serviço. Recibos de aluguéis anteriores e extratos bancários e do cartão de crédito também ajudam.

Cristiane Campos/Jornal O Dia

Os dez maiores devedores de IPTU em SP: clube, shoppings, hospital, faculdades e até empresa da própria Prefeitura

IPTUOs dez maiores devedores de IPTU da Prefeitura de São Paulo têm débitos que somam R$ 507 milhões. Entre eles estão clubes, shoppings, hospitais, faculdades e até a SPTuris, empresa que tem a própria Prefeitura como acionista majoritária (veja lista abaixo). Essa dívida chega perto do montante de R$ 650 milhões que a Prefeitura vai arrecadar a mais caso a proposta de aumento de IPTU seja aprovada pela Câmara dos Vereadores.

A Prefeitura tenta receber os atrasados em disputas judiciais que se arrastam por vários anos. Em alguns casos, os devedores não reconhecem a dívida, como é o caso dos Correios, que alegam isenção fiscal na justiça. Em outros, as empresas negociaram e pagam os débitos em parcelas, como é o caso da SPTuris.

A lista de todos os devedores de IPTU da cidade foi elaborada em junho deste ano pela Procuradoria Geral do Município (PGM). De lá para cá, algumas situações mudaram, como é o caso da Fundação Cásper Líbero, que recebeu imunidade da área ocupada pela fundação para o ano de 2005. Mas a cobrança na justiça continua.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]O documento da PGM serviu de base para os trabalhos da CPI do IPTU da Câmara dos Vereadores. O relatório da CPI será fechado em dezembro e vai sugerir mudanças ao Executivo para tentar resolver o problema dos inadimplentes. O vereador Antonio Donato (PT), relator da CPI fala de uma das sugestões.

– Há falhas de procedimento de cobrança de IPTU. É para estas falhas que vamos sugerir mudanças, como a integração de sistemas. O sistema de dados não integrado abre espaço para contestação judicial, um problema que atravessa várias gestões.

O vereador completa que a proposta do prefeito Gilberto Kassab, de aumentar em até 40% o IPTU de imóveis residenciais e em até 60% de imóveis comerciais, pode gerar ainda mais contestações na justiça. Isso também aumentaria o tamanho do calote. Questionada, a Secretaria Municipal de Finanças não esclareceu o total da dívida do IPTU no município. Informou que a inadimplência em 2009 está em 10,5%. Em 2004, chegou a 18%.

A Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo (Ceagesp) informou que aderiu ao programa de parcelamento de impostos da Prefeitura e está em dia com as parcelas.

A SPTuris disse que renegociou a dívida do IPTU em junho de 2006 e parcelou por meio do PPI (Programa de Parcelamento Incentivado), da Prefeitura. O parcelamento foi em pouco mais de 300 vezes. Desde a renegociação, a SPTuris voltou a pagar o que a Prefeitura cobra anualmente de IPTU, cerca de R$ 2 milhões.

O Shopping Eldorado informou que paga o IPTU regularmente, em âmbito judicial, desde 2002, quando foi aplicado o aumento progressivo da taxa.

Os Correios disseram que por força do Decreto-Lei 509/69 são equiparados à Fazenda Pública, portanto, gozam de imunidade tributária recíproca.

O Shopping Interlagos disse que contesta na justiça a cobrança de IPTU por ter verificado “inconsistências no lançamento do tributo”. Por estar discutindo na justiça, os depósitos estão sendo feitos em juízo. Para o shopping, por este motivo ele não deveria constar como devedor no relatório da procuradoria.

O Jockey Club, o Hospital Santa Catarina, o Palmeiras foram procurados pela reportagem, mas não responderam até o momento da publicação da notícia. A Fundação Cásper Líbero e a Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social não atenderam às ligações.

Os maiores devedores segundo relatório da PGM

1. Jockey Club – R$ 147 milhões
2. Associação Nóbrega de Educação e Assistência Social – R$ 91 milhões
3. Shopping Interlagos – R$ 54 milhões
4. Ceagesp – R$ 47 milhões
5. Correios – R$ 46 milhões
6. Hospital Santa Catarina – R$ 29 milhões
7. SPTuris – R$ 28 milhões
8. Palmeiras – R$ 24 milhões
9. Fundação Cásper Líbero – R$ 21 milhões
10. Shopping Eldorado – R$ 20 milhões

R7