CPMF: o PT sempre votou contra. Agora é a favor

Algumas importantes lembranças sobre a trajetória do PT, que sempre votou contra a CPMF.

A primeira força política a se opor à CPMF foi o PT, nos governos Itamar e FHC, sempre votando “contra”. Aliás, votaram “contra” até na aprovação da Constituição Federal em1988. A grande questão (que a Dilma inclusive já apontou, para minha surpresa…) é que a CPMF jamais foi usada pra custear a saúde – inclusive no governo Lula.

Particularmente considero um imposto muito interessante – se aplicado exclusivamente na saúde, o que nunca foi feito – pois inclusive ajudou a Receita Federal a rastrear contas-fantasmas. Além do mais, caiu no esquecimento o reajuste – e que reajuste! – das alíquotas do IOF, feito pelo Lula logo após a derrubada da CPMF pelo Senado, para compensar a “perda” da receita com o fim daquela Contribuição.

Em tempos de internet e de redes sociais, é anacrônica a discussão sobre “liberdade de imprensa”. A comunicação é uma atividade empresarial como outra e não vejo maiores diferenças entre o domínio desta atividade por poucos grupos econômicos, como o cartel das empreiteiras, por exemplo, que há décadas controla as obras públicas do país, verdadeiras sócias do Poder, seja por quem exercido. Sobre isso o PT se cala, porque con$ente.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

As “amplas possibilidades de expressão do pensamento” estão consolidadas na Constituição Federal de 1988, no capítulo “direitos e garantias individuais”, art. 5º, Constituição para cuja aprovação não foram computados os votos do PT, que na ocasião, inclusive, expulsou os então deputados Aírton Soares, Bete Mendes e José Eudes, porque votaram a favor de Tancredo Neves contra Paulo Maluf.

Foi o “jornalismo marrom” que desvendou os mistérios de Collor; que deu voz ao caseiro Francenildo; que apurou os dólares na cueca do irmão do Genoíno; que questionou as privatizações da era FHC; que investigou o assassinato do Prefeito Celso Daniel; que obrigou os filhos e netos de Lula a devolverem seus “passaportes diplomáticos”; que investigou as falcatruas de Erenice Guerra e de seu filhotinho, e por aí vai…

As instituições democráticas estão funcionando, temos Ministério Público, Polícia Federal, Judiciário ainda imperfeitos, é certo, mas menos imperfeitos do que a indevida ingerência política, ainda mais desses petistas furiosos. Se a “Veja” e outros veículos praticam jornalismo da pior espécie, que seus dirigentes sejam responsabilizados civil e criminalmente. Onde estão os maciços investimentos no Judiciário? Na Polícia? É uma questão de enfoque.

O controle dos meios de comunicação é uma velha bandeira da “ex-esquerda” (do tempo que era esquerda…), mas aqui deve ser entendido como uma forma de se apropriarem dos “meios de produção” intelectuais para que as falcatruas sejam devidamente acobertadas.

Isso é muito diferente do que Brizola – sozinho – fez, em termos de crítica, porque naquela época os meios de comunicação realmente estavam a serviço das forças reacionárias da ditadura, sem relembrar que a primeira experiência de resistência ao monopólio dos meios de comunicação se deu com a “Cadeia da Legalidade”, comandada pelo então governador do Rio Grande do Sul em 1961, para garantir a posse do vice-presidente Jango, que estava em visita oficial à China, dando tempo para que ele regressasse após a renúncia combinada de Jânio.

Este fato deveria ser reverenciado pelos petistas, que sempre que podem se aliam ao que há de pior na política. Oportuno também lembrar que na campanha para o governo do Estado do Rio, em 1986, Brizola foi proibido de aparecer no horário gratuito do PDT, para apoiar o Darcy Ribeiro. Os advogados do Moreira Franco, à frente o desembargador Marcos Heusi, utilizaram de todos os meios, lícitos e ilícitos, obviamente com o conluio de uma Justiça Eleitoral comprometida, para impedir a presença do Brizola no vídeo.

Em suma, a coisa vai de mal a pior. E dessa gente pode se esperar tudo.

Mário Assis/Tribuna da Imprensa

Vou abrir minha própria igreja

O primeiro milagre do heliocentrismo
Hélio Schwartsman/Folha de S.Paulo

[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]Eu, Claudio Ângelo, editor de Ciência da Folha, e Rafael Garcia, repórter do jornal, decidimos abrir uma igreja. Com o auxílio técnico do departamento Jurídico da Folha e do escritório Rodrigues Barbosa, Mac Dowell de Figueiredo Gasparian Advogados, fizemos-lo. Precisamos apenas de R$ 418,42 em taxas e emolumentos e de cinco dias úteis (não consecutivos). É tudo muito simples. Não existem requisitos teológicos ou doutrinários para criar um culto religioso. Tampouco se exige número mínimo de fiéis.

Com o registro da Igreja Heliocêntrica do Sagrado Evangélico e seu CNPJ, pudemos abrir uma conta bancária na qual realizamos aplicações financeiras isentas de IR e IOF. Mas esses não são os únicos benefícios fiscais da empreitada. Nos termos do artigo 150 da Constituição, templos de qualquer culto são imunes a todos os impostos que incidam sobre o patrimônio, a renda ou os serviços relacionados com suas finalidades essenciais, as quais são definidas pelos próprios criadores. Ou seja, se levássemos a coisa adiante, poderíamos nos livrar de IPVA, IPTU, ISS, ITR e vários outros “Is” de bens colocados em nome da igreja.

Há também vantagens extra tributárias. Os templos são livres para se organizarem como bem entenderem, o que inclui escolher seus sacerdotes. Uma vez ungidos, eles adquirem privilégios como a isenção do serviço militar obrigatório (já sagrei meus filhos Ian e David ministros religiosos) e direito à prisão especial.

Mais em >>http://www1.folha.uol.com.br/folha/pensata/helioschwartsman/ult510u660688.shtml

Alguns curiosos nomes de “igrejas” no Brasil

– Igreja da Água Abençoada
– Igreja Adventista da Sétima Reforma Divina
– Igreja da Bênção Mundial Fogo de Poder
– Congregação Anti-Blasfêmias
– Igreja Chave do Éden
– Igreja Evangélica de Abominação à Vida Torta (????)
– Igreja Batista Incêndio de Bênçãos
– Igreja Batista Ô Glória!
– Congregação Passo para o Futuro
– Igreja Explosão da Fé
– Igreja Pedra Viva
– Comunidade do Coração Reciclado
– Igreja Evangélica Missão Celestial Pentecostal
– Cruzada de Emoções
– Igreja C.R.B. (Cortina Repleta de Bênçãos)
– Congregação Plena Paz Amando a Todos
– Igreja A Fé de Gideão
– Igreja Aceita a Jesus
– Igreja Pentecostal Jesus Nasceu em Belém (do Pará?????)
– Igreja Evangélica Pentecostal Labareda de Fogo
– Congregação J. A. T. (Jesus Ama a Todos)
– Igreja Evangélica Pentecostal a Última Embarcação Para Cristo (quem perder vai ficar!!!)
– Igreja Pentecostal Uma Porta para a Salvação
– Comunidade Arqueiros de Cristo
– Igreja Automotiva do Fogo Sagrado
– Igreja Batista A Paz do Senhor e Anti-Globo
– Assembleia de Deus do Pai, do Filho e do Espírito Santo
– Igreja Palma da Mão de Cristo
– Igreja Menina dos Olhos de Deus
– Igreja Pentecostal Vale de Bênçãos
– Associação Evangélica Fiel Até Debaixo D’Água (Corinthiano???????)
– Igreja Batista Ponte para o Céu
– Igreja Pentecostal do Fogo Azul
– Comunidade Evangélica Shalom Adonai, Cristo!
– Igreja da Cruz Erguida para o Bem das Almas
– Cruzada Evangélica do Pastor Waldevino Coelho, a Sumidade
– Igreja Filho do Varão (Opa!!! Se puxar o pai vai se dar bem!!!!)
– Igreja da Oração Eficiente
– Igreja da Pomba Branca
– Igreja Socorrista Evangélica
– Igreja ‘A’ de Amor
– Cruzada do Poder Pleno e Misterioso
– Igreja do Amor Maior que Outra Força
– Igreja Dekanthalabassi
– Igreja dos Bons Artifícios
– Igreja Cristo é Show
– Igreja dos Habitantes de Dabir
– Igreja ‘Eu Sou a Porta’
– Cruzada Evangélica do Ministério de Jeová, Deus do Fogo
– Igreja da Bênção Mundial
– Igreja das Sete Trombetas do Apocalipse
– Igreja Barco da Salvação
– Igreja Pentecostal do Pastor Sassá
– Igreja Sinais e Prodígios
– Igreja de Deus da Profecia no Brasil e América do Sul
– Igreja do Manto Branco
– Igreja Caverna de Adulão
– Igreja Este Brasil é Adventista
– Igreja E.T.Q.B (Eu Também Quero a Bênção) (????????)
– Igreja Evangélica Florzinha de Jesus
– Igreja Cenáculo de Oração Jesus Está Voltando
– Ministério Eis-me Aqui
– Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia
– Igreja Evangélica A Última Trombeta Soará
– Igreja de Deus Assembleia dos Anciãos
– Igreja Evangélica Facho de Luz
– Igreja Batista Renovada Lugar Forte
– Igreja Atual dos Últimos Dias
– Igreja Jesus Está Voltando, Prepara-te
– Ministério Apascenta as Minhas Ovelhas
– Igreja Evangélica Bola de Neve
– Igreja Evangélica Adão é o Homem
– Igreja Evangélica Batista Barranco Sagrado
– Ministério Maravilhas de Deus
– Igreja Evangélica Fonte de Milagres
– Comunidade Porta das Ovelhas
– Igreja Pentecostal Jesus Vem, Você Fica (Você senta, Jesus levanta????)
– Igreja Evangélica Pentecostal Cuspe de Cristo
– Igreja Evangélica Luz no Escuro
– Igreja Evangélica O Senhor Vem no Fim (Só no fim?????)
– Igreja Pentecostal Planeta Cristo
– Igreja Evangélica dos Hinos Maravilhosos
– Igreja Evangélica Pentecostal da Bênção Ininterrupta
– Assembléia de Deus Batista A Cobrinha de Moisés
– Assembléia de Deus Fonte Santa em Biscoitão
– “Igreija” Evangélica Muçulmana Javé é Pai
– Igreja Abre-te-Sésamo
– Igreja Assembléia de Deus Adventista Romaria do Povo de Deus
– Igreja Bailarinas da Valsa Divina
– Igreja Batista Floresta Encantada
– Igreja da Bênção Mundial Pegando Fogo do Poder
– Igreja do Louvre
– Igreja ETQB, Eu Também Quero a Bênção
– Igreja Evangélica Batalha dos Deuses
– Igreja Evangélica do Pastor Paulo Andrade, O Homem que Vive sem Pecados (é o Cristo em pessoa!!)
– Igreja Evangélica Idolatria ao Deus Maior
– Igreja MTV, Manto da Ternura em Vida
– Igreja Pentecostal Marilyn Monroe(???????)
– Igreja Quadrangular O Mundo É Redondo
– Igreja Evangélica Florzinha de Jesus (Londrina – PR)
– Igreja Pentecostal Trombeta de Deus (Samambaia – DF)
– Igreja Pentecostal Alarido de Deus (Anápolis – GO)
– Igreja pentecostal Esconderijo do Altíssimo (Anápolis – GO)
– Igreja Batista Coluna de Fogo (Belo Horizonte – MG)
– Igreja de Deus que se Reúne nas Casas (Itaúna – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal da Volta do Grande Rei (Poços de Caldas – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal Creio Eu na Bíblia (Uberlândia – MG)
– Igreja Evangélica a Última Trombeta Soará (Contagem – MG)
– Igreja Evangélica Pentecostal Sinal da Volta de Cristo (Três Lagoas – MS)
– Igreja Evangélica Assembléia dos Primogênitos (João Pessoa -PB)
– Ministério Favos de Mel (Rio de Janeiro – RJ)
– Assembléia de Deus com Doutrinas e sem Costumes (Rio de Janeiro – RJ)

Rir ou chorar? Qual a intenção, origem e motivação por trás de tanta “diversidade”?

siga o Blog do Mesquita no Twitter

Compra de carro a prazo, quais as vantagens e desvantagens

carro-compra-leasing-prazo-crediarioNo crédito ao consumidor incide a cobrança de taxa do IOF.
No leasing, carro fica no nome do banco até ser quitado.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Mais da metade das compras de carros nos primeiros três meses do ano foi feita a prazo. Mas, na hora de fechar o negócio, é importante pesquisar a melhor forma de financiamento.

Do início do ano até hoje as taxas de juros cobradas nos financiamentos de veículos caíram em média 7%. As condições de financiamento também estão melhorando. Mas para fazer uma boa compra, é preciso analisar bem qual opção de empréstimo é a mais adequada para o bolso. Dependendo da modalidade há vantagens e desvantagens.

Uma opção é o leasing. O carro fica no nome do banco até ser quitado. Não é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o que diminui o custo. Mas o leasing só vale para prazos acima de dois anos. Quem quiser antecipar as parcelas para o IOF com multa e juros. Ou seja, só vale a pena para quem não tem perspectiva de receber um dinheirinho extra e usar para abater a dívida.

“Se aquele consumidor específico desejar uma operação inferior a 24 meses ele deveria fazer o CDC (Crédito direto ao consumidor) e não leasing”, explica Luiz Montenegro, presidente da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef).

No CDC não há restrição de prazo e as parcelas podem ser antecipadas sem multa. O carro sai da concessionária no nome do dono. Mas na operação incide o IOF, o que aumenta o valor da prestação.

Por exemplo: no caso de um carro de R$ 20 mil, a ser financiado em 60 vezes, com a mesma taxa no CDC a parcela sairia por R$ 534. Já no leasing, este valor cairia para R$ 524. Isso dá uma diferença de R$ 10 por mês ou R$ 600 no fim do pagamento.

Mas as taxas varias muito de banco para banco. Mesmo com o desconto do IOF, às vezes o leasing pode sair mais caro.

“Da mesma forma que o consumidor pesquisa aquele bem que ele quer comprar, ele precisa pesquisar também as diversas formas de financiamento e optar sempre por aquela que for mais barata”, acrescenta Montenegro.

do G1