Tópicos do dia – 18/07/2012

10:35:24
Substituto de Demóstenes trabalha 1 dia e ganha R$ 13 mil

O senador Wilder Morais (DEM-GO), que assumiu o mandato que pertencia ao senador Demóstenes Torres (sem partido-GO), vai receber cerca de R$ 13 mil reais referentes ao mês de julho. Desde que assumiu o cargo na última sexta (13), ele não voltou à Casa. Nesta quarta (18), o Congresso entra em recesso e só retoma os trabalhos em 1º de agosto.

Segundo a assessoria de imprensa do Senado, Wilder terá direito a receber o valor proporcional aos dias depois que assumiu referente ao subsídio pago aos parlamentares, no valor de R$ 26.723,13, mesmo sem comparecer ao Senado no período. Wilder também receberá do Senado uma ajuda de custo para as despesas com a mudança. O valor da ajuda de custo não foi informado pelo Senado.
Iara Lemos/G1

18:12:29
População reza para que Galvão Bueno entre em greve.

Aparecida do Norte – Moradores desta cidade foram surpreendidos hoje com a quantidade de romeiros que se dirigiam à catedral com o propósito de pedir a Nossa Senhora que intercedesse junto ao Misericordioso para evitar que Galvão Bueno fosse às Olimpíadas. “Nem quando o Santo Papa nos visitou as artérias da cidade ficaram tão entupidas de peregrinos”, disse Moisés Jandelli, vendedor de suvenires, logo antes de ser informado do propósito dos peregrinos e se juntar à multidão aos gritos de “Santo Pai, intercedei por nós”.
The Piauí Herald


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 08/03/2012

08:53:44
Gol! Copa do Mundo de 2014
Juca Kfouri, na Rádio CBN: “vamos para uma Copa com Dilma, que não fala com o presidente da CBF, Ricardo Teixeira, que não fala com o presidente da Fifa, Joseph Blatter, cujo secretário-geral, Jérôme Valcke, não fala com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo.”

08:56:18
Câmara dos Deputados aprova mudanças na Lei Maria da Penha
O artigo reconhece o namoro como uma relação íntima de afeto. Se a proposta passar pelo Senado, casos de violência praticados por namorados também passam a ser julgados com mais rigor.

09:05:39
Sedes da Copa do Mundo de 2014
Pelo não andar da carruagem, no Ceará, obras da copa só o Castelão e pintura de meio fio.
Racional era não ter copa onde a saúde pública é uma doença crônica e a educação pública uma lição mal feita.

09:17:17
As conseqüência do uso intensivo do controle remoto.
Amaury Jr. apresentando seu programa sobre a Turquia, disparou essa pérola à entrevistada: você já é meia turca? Ao que ela respondeu: sim sou meio turca.

09:23:58
Mais um discípulo de buenices na TV brasileira.
Agora mesmo repórter, na TV diz: “…no sobrevoo aqui de cima…”
Fico imaginando um sobrevoo subterrâneo.

10:15:57
Galvão Bueno a caminho da fritura. Ave!
O gramático locutor se recusou a ser apresentador dos eventos das Olimpíadas de Londres através do Canal Esport TV, que faz parte do sistema Globo. Por menos, rodaram Armando Nogueira, Boni, Evandro Carlos de Andrade, Ricardo Boechat, e, não completamente, Fátima Bernardes.
Ps. E aquele da área de esportes, Fernando Vanucci, por ter aparecido comendo biscoito durante a exibição do programa. Certamente deveria ser um biscoito da sorte com conteúdo de azar.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Pesquisa nova aí ao lado

Estamos à mercê do ufanismo daquilo que o Nelson Rodrigues chamava de “a pátria de chuteiras”. Com os jogos da seleção brasileira na copa do mundo de futebol, uma infinidade de baboseiras e falatório ufanista, invadem todos os nosso sentidos.

Então, escolha aí ao lado na pesquisa qual o que você considera o mais infernalmente insuportável.
Os participantes concorrerão, por sorteio, a um download em mp3, de uma gravação de 3 minutos do Galvão Bueno berrando um gol, com sons de vuvuzelas em BG.

Bolívia, falta de oxigênio e Galvão Bueno

Na coluna do impagável Tutty Vasquez:

“Se o ar é rarefeito na Bolívia, porque o Galvão não parou de falar um só instante durante a transmissão de Brasil e Bolívia? Ele não respira? Ele não precisa de oxigênio para falar? Ele é anaeróbio? Ou, de uma forma mais direta, ele não perde o fôlego?

Não sei se foi impressão minha, mas parece que o Galvão estava com o oxigênio todo no domingo!”

Olimpíadas 2016. Possíveis causas para a vitória do Rio

A banda gaiata dos Tupiniquins já havia identificado como um dos principais fatores que contribuiu para vitória do Rio para sediar as olimpíadas, foi a ausência do Galvão Bueno na transmissão do evento em Copenhague.

Como até as carmelitas descalças sabem, o pé frio da TV Globo transmite de tudo. Até campeonato de cuspe à distância e arremesso de caroço de azeitona.

Outras línguas ferinas afirmam que o mais importante foi dona Mariza Letícia não ter feito discurso para rivalizar com a Michelle Obama.

Pois o ferino Reinaldo Azevedo encontrou mais um fato que contribuiu para a vitória do Rio. Leiam aí abaixo o que o terror dos petralhas postou no blog dele, Reinaldo:

Sem Amorim, chances de vitória sempre aumentam

Por que o Rio venceu? Porque o Megalonanico ficou longe da parada. Celso Amorim não participou nem da corrida pela Copa do Mundo nem da corrida pelas Olimpíadas. O país perdeu todas as disputas internacionais de que ele cuidou. Na área dos esportes, ele não se meteu. E aí a coisa andou.