Maluf e o fundo poço

Política Blog do MesquitaEu que achava que já havíamos alcançado o fundo do poço! Ledo engano. Há ainda um porão onde tais criaturas operam.

O PT começa a pagar a conta do apoio do marginal ao Haddad, aquele que não conseguiu administrar o ENEM, mas tem a pretensão de administrar S.Paulo. Com o apoio de Maluf já se pode deduzir o que virá pela frente.

José Mesquita – Editor


Deputado Paulo Maluf põe afilhados na direção da Cohab

Aliado incômodo na campanha de Fernando Haddad (PT) à Prefeitura de São Paulo, o deputado federal Paulo Maluf (PP) emplacou afilhados políticos em sete das oito diretorias da Cohab (Companhia Metropolitana de Habitação de São Paulo).

Durante a campanha e mesmo depois da eleição, Haddad evitou expor o pepista aliado e repetiu que seu compromisso, no PP, era com o ministro das Cidades, Agnaldo Ribeiro.

Mas, empossada há nove dias, a nova diretoria da Cohab é composta por antigos colaboradores de Maluf e Celso Pitta.

“Pode escrever aí que não sei nada disso”, disse Maluf, antes de dar uma gargalhada.

“Procure o ministro Agnaldo Ribeiro”, disse o deputado ao encerrar a conversa.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Interesses
A Cohab é responsável pelos projetos habitacionais de interesse social da prefeitura, muitos deles em parceria com o governo federal.

É o caso do Minha Casa, Minha Vida, menina dos olhos da presidente Dilma Rousseff.

Para este ano, o orçamento previsto da Cohab é de R$ 143 milhões. Seu patrimônio, em 2012, era de R$ 1 bilhão.

Maluf nomeou aliados nas diretorias estratégicas, como a técnica e a financeira. O diretor técnico, João Abukater Neto, presidiu a Cohab na gestão Pitta (1997 a 2000).

Novo diretor financeiro da companhia, Joel Angrisani Jr. ocupou cargos na gestão Pitta e é apoiador de Maluf.

O diretor de patrimônio, Raphael Mário Noschese, atuou como advogado da Paubrasil Engenharia, acusada de caixa dois em benefício de campanhas de Maluf.

O presidente da Cohab, Luiz Carlos Antunes Corrêa, foi diretor técnico da companhia no governo Maluf. Em 1986, durante o governo Jânio, foi assessor da diretoria.

A vice-presidente, Adriana Alvares da Costa de Paula Alves, é ligada ao secretário-geral do PP e braço direito de Maluf, Jesse Ribeiro. Ela foi candidata à Prefeitura de Itaquaquecetuba em 2012.

O presidente municipal do PP, Marcus Vinicius de Freitas, assumiu a diretoria administrativa. O advogado do PP, Jair José Rodrigues, virou diretor comercial e social.

Maluf também tem afilhados no comando da política de habitação do Estado.
Catia Seabra de Brasília