Fernado Pessoa – Versos na tarde – 30/10/2016

Há uma música do povo
Fernando Pessoa¹

Há uma música do povo,
Nem sei dizer se é um fado —
Que ouvindo-a há um chiste novo
No ser que tenho guardado…

Ouvindo-a sou quem seria
Se desejar fosse ser…
É uma simples melodia
Das que se aprendem a viver…

E ouço-a embalado e sozinho…
É essa mesma que eu quis…
Perdi a fé e o caminho…
Quem não fui é que é feliz.

Mas é tão consoladora
A vaga e triste canção…
Que a minha alma já não chora
Nem eu tenho coração…

Se uma emoção estrangeira,
Um erro de sonho ido…
Canto de qualquer maneira
E acaba com um sentido!

¹Fernando António Nogueira Pessoa
*Lisboa, Portugal – 13 de junho de 1888
+Lisboa Portugal – 30 de novembro de 1935

Antonio Zambujo, Yamandu e Roberta Sá – Pro dia nascer melhor

Roberta Sá, António Zambujo e Yamandú Costa – “Eu Já Não Sei”
Composição de Domingos Gonçalves Costa e Carlos Rocha


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]