Meio Ambiente: mais de 500 toneladas de chumbo são jogadas do ar todos os anos!

A prova de que estamos sendo pulverizados com veneno: mais de 500 toneladas de chumbo são jogadas do ar todos os anos!

Você mora ou já pensou em morar perto de algum aeroporto?

Infelizmente, estamos aqui para dizer que essa não é uma boa ideia.

Primeiro pelo barulho perturbador, causado pelo aviões.

Não ignore essa informação, pois a poluição sonora pode elevar a pressão sanguínea, causar insônia e muito estresse.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]

No entanto, há outro problema que muita gente desconhece: o combustível das aeronaves  com motor a pistão, ou seja, aquelas de pequeno porte que possuem hélices..

Para quem não sabe, a gasolina desses aviões é extremamente tóxica, pois contém chumbo.

Um estudo realizado por Marie Lynn Miranda, da Universidade de Duke, descobriu que os níveis desse metal no sangue das crianças que vivem a 500 metros de aeroportos eram maiores do que as que viviam na mesma região, porém distantes das áreas de pouso.

Talvez você esteja se perguntando se isso é muito sério.

Vamos explicar: quanto mais chumbo em crianças entre 1 e 5 anos de idade, maiores os transtornos comportamentais e de aprendizado.

The New England Journal Of Medicine publicou uma matéria sobre os níveis de QI.

Acredite: a cada dez microgramas por decilitro de chumbo no sangue de crianças, os níveis de QI  caem 4,6 pontos.

Infelizmente, não só as crianças são vítimas  do combustível cheio de chumbo que vaza dos aviões.

Ele contamina o meio ambiente, atingindo rios, plantas e animais.

E seres humanos adultos também podem sofrer com:

– Irritação na pele, nos olhos e nas vias respiratórias

– Edema pulmonar

– Hipotireoidismo

– Acúmulo de metal no leite materno

– Aborto espontâneo

Se o contato for mais direto, com a inalação da gasolina, você pode ter:

– Náuseas

– Dor na cabeça

– Perda da consciência

– Tontura

Qualquer pessoa pode se contaminar com o chumbo através das vias respiratórias, da pele e da digestão.

O problema é que o metal pesado se apresenta como partículas capazes de serem transportadas a longas distâncias pelo vento.

E o pior é que, só nos Estados Unidos, de acordo com dados da revista General Aviation News, anualmente mais de 500 toneladas de chumbo são despejados nos ares pelos aviões.

Há algumas alternativas para evitar a contaminação pelo chumbo, como a substituição da gasolina de avião por etanol hidratado.

Além deste, também há os biocombustíveis, como óleos vegetais, feitos com pinhão manso, babaçu, falso linho e algas.

Em tempo: no Brasil e na maioria dos países, o chumbo somente é utilizado na gasolina de aviação.

Cearense é morto na Itália

cearense-morto-brasileiro-italia-transformista

Segundo irmã, vítima fazia shows como transformista.
Polícia suspeita que a causa da morte tenha sido envenenamento.

Um brasileiro que vivia na Itália foi encontrado morto em seu apartamento na cidade italiana de Modena. Francisco Nazareno Pinheiro Machado morreu em 16 de março e foi encontrado no dia seguinte, deitado sobre sua cama.

A polícia suspeita que a causa da morte tenha sido envenenamento. Machado era cearense e tinha 31 anos.

Dinheiro e jóias, além de alguns equipamentos eletrônicos, foram levados do apartamento, que não foi arrombado. Também não havia sinais de luta corporal. De acordo com a irmã dele, Cléo Machado, um laudo inicial, que ela recebeu por e-mail de amigos neste sábado, apontava que a vítima não tinha nenhum problema de saúde. “Ainda estamos aguardando o laudo final da polícia, que ainda não sabemos quando será divulgado.” O corpo deve chegar a Fortaleza nesta quinta-feira (26).

Trabalho
Cléo conta que o irmão trabalhava como vendedor numa loja de perfumes e fazia shows como transformista à noite para ganhar um dinheiro extra. Quase toda a renda do rapaz era enviada para a família no Brasil, que ajudava a sustentar. “Ele ajudava a pagar o convênio médico da minha mãe, o condomínio do apartamento onde moro com a minha mãe e meu filho de quatro anos, no valor de R$ 320. Ele sempre nos ajudava”, conta Cléo.

Há 12 anos sem vir ao Brasil, ele planejava passar férias em Fortaleza neste ano e já havia comprado diversos presentes para a família _alguns desses objetos foram roubados na noite de sua morte.

Cléo afirma que a polícia italiana já interrogou duas vezes uma moradora do prédio de Francisco. “Ele conheceu essa senhora há alguns meses. Como ela era pobre, meu irmão, que era muito bom e confiava em todo mundo, ajudava dando dinheiro e comida. Ela vivia indo no apartamento dele e sabia onde ficava tudo”, relata.

Segundo a irmã, quando Franscisco foi encontrado, ele estava deitado na cama e usava uma toalha, como se tivesse saído banho e fosse se trocar. “Tinha também uma Bíblia aberta e uma oração copiada. Ele era muito religioso”, conta Cléo.

Sem saber a quem recorrer para conseguir mais informações, Cléo está aflita por não conseguir mais ajuda. Ela afirma já ter enviado vários e-mails para a delegacia da cidade, mas não obteve resposta.

* (Com informações do Globo e da TV Verdes Mares)