• mqt_for@hotmail.com
  • Brasil

Amazon entra na disputa por mercado de música on-line

Amazon vai oferecer um catálogo de dezenas de milhões de músicas

fones-de-ouvido

Da AFP

A Amazon entrou em cheio nesta quarta-feira na disputa pela música on-line com um novo serviço que oferece um catálogo robusto com o qual pretende competir diretamente com Spotify, Deezer e Apple Music.

O gigante da distribuição on-line já dava acesso a dois milhões de títulos para os assinantes de seu serviço Prime, que combina a entrega gratuita de pedidos em suas loja on-line com diversos conteúdos digitais, especialmente o vídeo em streaming.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Seu novo serviço, chamado Amazon Music Unlimited, oferece agora a americanos “um catálogo de dezenas de milhões de músicas e milhares de listas de reprodução e de estações personalizadas selecionados com cuidado”, segundo um comunicado.

O preço oficial do serviço é de 9,99 dólares mensais, um montante similar aos cobrados pelo Spotify Premium (a oferta sem publicidade do líder sueco do setor), Apple Music e Google Play.

Como muitos outros atores das novas tecnologias, a Amazon também está tentando convencer seus clientes de associarem-se a todas as suas propostas, e para isso não duvidou em lançar-se à competição pelos preços.

Nos EUA, o custo do novo serviço de música será oferecido a um preço reduzido de 7,99 dólares por mês ou 79 dólares por ano para os assinantes do Prime.

Despois dos Estados Unidos, a Amazon Music Unlimited também estará disponível no Reino Unido, na Alemanha e na Áustria antes do final do ano.
Blog da Sandra/Exame

Empresa do game “Mortal Kombat” recorre à lei de falências

mk_dc_image.indd

A crise chegado também no mundo dos entretenimentos

A empresa de norte-americana de desenvolvimento em jogos Midway Games, responsável pelo famoso jogo “Mortal Kombat“, entrou com um pedido de concordata na quinta-feira (12). A empresa afirmou que, ao final do mês de setembro de 2008, tinha dívidas de US$ 281 milhões, enquanto seus ativos somavam US$ 167,5 milhões.

O pedido se baseou no capítulo 11 da lei de falências dos EUA, que permite que uma firma em dificuldades financeiras inicie uma reestruturação sob supervisão de um juiz –o equivalente americano da concordata.

A recorrência à lei de falências vai contra o sucesso do lançamento do game “Mortal Kombat vs. DC Universe”, cujas vendas ficaram entre 2 milhões de cópias desde o lançamento no ano passado. O número, segundo o jornal “Los Angeles Times”, é a melhor marca da série de jogos de luta.

Vídeo do Game “Mortal Kombat vs. DC Universe”

Apesar disso, é provável que não seja o fim da empresa, que já havia passado por problemas semelhantes há alguns anos, e que recorreu ao pedido de ajuda de investidores e à corporação de entretenimento National Amusements, em um total de US$ 240 milhões para quitar os débitos.

Analistas disseram que é improvável que a empresa encerre suas atividades. A concordata significa a interrupção momentânea da cobrança dos credores, disse Michael Patcher, um analista da seguradora Wedbush Morgan.

A Midway emprega 550 pessoas em estúdios de desenvolvimento localizados em San Diego, Chicago e Seattle, nos EUA. Também há um escritório na Inglaterra.

da Folha