Copa 2014: Vai ver jogo em Cuiabá? Governador quer que você durma em escolas públicas

Risada Contagiante - Blog do MesquitaO Governo do Estado de Mato Grosso e o Ministério do Turismo estão calculando que a cidade de Cuiabá irá receber cerca de 40 mil turistas em um intervalo de três semanas durante a Copa do Mundo no Brasil, que começa no dia 12 de junho.

A cidade, porém, conta com apenas 15 mil leitos disponíveis em sua rede hoteleira disponível.

Na semana passada, o governador de Mato Grosso, Silval Barbosa, reconheceu que a cidade não possui hospedagem suficiente para receber todos os turistas.

Em suas contas, fatarão cerca de 10.000 leitos para receber estrangeiros que irão à cidade.

Assim, a um mês da Copa, o governador se vê obrigado a lançar mão de planos menos ortodoxos para que os turistas não tenham que dormir ao relento.

O primeiro é apelar para a conhecida hospitalidade do povo cuiabano.

Segundo Barbosa, o programa de hospedagem alternativa criado pelo governo, o Cama e Café e Locação Imobiliária, convida os moradores da cidade a abrirem suas casas para receberem os torcedores estrangeiros.

O programa, segundo ele, é um sucesso relativo, já existem 2.200 residências cadastradas. O governo, porém, contava com 10.000 hospedagens desse tipo.

Assim, na última quarta-feira, ele fez um apelo: “Precisamos que a população nos ajude a receber esses turistas. Nós temos que cadastrar mais pessoas que querem locar o espaço para levar um turista para casa. Então, eu chamo a atenção de todos para aqueles que puderem contribuir, este é um ponto que nós vamos focar muito agora, receber bem”.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

Mesmo que a expectativa do governo se confirme, ainda faltarão 7.000 leitos para receber os turistas.

O que fazer com este déficit? A solução encontrada pelo governador é improvisar alojamentos em escolas e faculdades, aos moldes do que é feito em jogos universitários no interior do país.

“Agora vamos falar com as universidades e colocar os nossos colégios que têm ar condicionado em condições para muitos turistas que querem esse meio de hospedagem”.

Por fim, também haverá mais vagas em campings, para o turista que quiser dormir em barracas.

Segundo o ministro do Turismo, Vinícius Nobre Lages, há muitos turistas que estão desejosos de dormir em campings na cidade de Cuiabá, cuja temperatura média anual é de 30 graus.

“Os chilenos pediram área para camping. Milhares vão optar por armar barracas em áreas de camping”, disse o ministro, em visita a Cuiabá na semana passada, sem dar detalhes sobre os tais pedidos.

A cidade de Cuiabá irá receber quatro jogos da Copa do Mundo, todos da primeira fase. Duas dessas partidas atrairão grande fluxo de turistas estrangeiros.

São elas Chila x Austrália, no dia 13 de junho, e Japão e Colômbia, no dia 24. São os turistas de Chile e Colômbia, países relativamente próximos a Mato Grosso, os que serão responsáveis por mais de 80% da presença estrangeira em Mato Grosso durante a Copa.
Vinícius Segalla/UOL, São Paulo

Copa do mundo de 2014: o Maracanã milionário

Roubo oficial Blog do MesquitaBrasil: da série “mas vocês reclamam de tudo!”

Maracanã já “engoliu” 1 BILHÃO E 140 MILHÕES de reais na reforma para a copa das confederações.

Repetindo: 1 BILHÃO e 140 MILHÕES de reais.
Acham muito? “Nã nã nã nin nã”!

Já está em andamento licitação para que o estádio, ops!, Arena Maracanã passe por nova reforma, pasmem! “para se adequar a exigências da FIFA para a Copa do Mundo de 2014”.

Ps1. Não gosto de escrever usando caixa alta, maiúsculas, mas o caso se faz imperativo.
Ps2. Raramente uso vocabulário chulo, mas, PQP!!! Repetindo: PQP!!!


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 22/03/2012

09:15:22
A bola rolando! E é só o começo.
Estádio de Brasília custará mais que o Maracanã. Orçamento inicial era de R$ 700 milhões, mas vai aos R$ 870 milhões, e, segundo o TCU, passará de R$ 1 bilhão com a iluminação e a cobertura em aço e lona tensionada.

09:45:41
Será que não se salva ninguém?
“MP investigará repasses do governo de Minas para rádio de Aécio Neves“.
Espere; e parlamentar já pode ser proprietário de emissoras de rádio?

09:47:48
Dobra o uso de celular em transações bancárias no Brasil
Em 2011, pelo menos 4 milhões de brasileiros usaram o celular para consultar o saldo bancário, pagar uma conta ou fazer operações mais sofisticadas como aplicações e resgates de fundos de investimento ou compras de ações.
O cálculo é feito pelo sócio da consultoria Booz & Company e ex-diretor de tecnologia da Federação Brasileira dos Bancos (Febraban), Gustavo Roxo. O número ainda é pequeno diante dos 38 milhões de pessoas que usam a internet para fazer operações bancárias.
Mas representa um crescimento de quase 100% em relação aos 2,2 milhões de pessoas que usaram o celular para operações de ‘mobile banking’ em 2010, segundo dados da Febraban. Em 2009, foram 1,3 milhão de usuários do ‘mobile banking’, mostram os números da Febraban.
João Sorima Neto, O Globo

09:59:34
Troca de ministros. Virando o omelete de lado para evitar a fritura.
Sai Ideli, entra Paulo Bernardo. Seis por meia dúzia. Aguardem!

10:03:37
Dona Dilma e pesquisas.
Pesquisa encomendada pela Confederação Nacional dos Transportes, a ser divulgada em Abril, sobre a popularidade de D. Dilma, irá provocar apoplexia em muita gente.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Tópicos do dia – 21/03/2012

08:19:48
Marketing de graça.
Ouro engarrafado.
Com a bebida liberada e um tatu como mascote da Copa, a cachaça Tatuzinho, produzida em São Paulo, antevê dinheiro caindo do céu.
Claudio Humberto

08:27:07
Brasil: da série “O tamanho do buraco”!
OAB apoia consumo de cerveja na Copa.
O presidente da OAB do Rio de Janeiro, Wadih Damous, afirmou nesta terça-feira que é favorável à liberação do consumo de cerveja durante os jogos da Copa do Mundo que será realizada no Brasil em 2014. Para ele, o futebol é um entretenimento e assistir a uma partida dentro de um estádio bebendo cerveja não atenta contra qualquer regra de moralidade, até porque a cerveja tem um baixíssimo teor alcoólico.”
Ah é, é?

08:38:24
Corrupção na Saúde.
A Locanty Comércio e Serviços Ltda – uma das empresas denunciadas por oferecer propinas para ganhar licitações na área da saúde – doou mais de R$ 1,4 milhão para quatro campanhas eleitorais de 2010.

Entre elas, três foram para políticos do Rio: o PMDB (R$ 1,3 milhão) e os deputados estaduais Alcebíades Sabino (PSC) e Bebeto (PDT), que receberam R$ 50 mil cada. O candidato à presidência José Serra (PSDB) também recebeu contribuição de R$ 50 mil.

Apesar de o site Transparência Brasil informar que a doação ao PMDB foi para a campanha de reeleição de Sérgio Cabral, a assessoria do governador informou que esses recursos foram doados ao partido, a quem cabe explicar o destino do repasse.

No estado, a Locanty já recebeu mais de R$ 7 milhões em 2012 das secretarias de Segurança, Casa Civil, Ciência e Tecnologia, Meio Ambiente, Transportes, Defensoria Pública e Tribunal de Justiça. As empresas Locanty, Toesa, Rufolo e Bella Vista ofereceram propina a um repórter do “Fantástico” que se passava por gestor no Hospital da UFRJ.

Outra curiosidade sobre a Locanty é que ela também presta serviços para a Superintendência da Polícia Federal do Rio, responsável por investigar a denúncia. Os contratos ultrapassaram o valor de R$ 1,2 milhão em dois anos.

Desse total, R$ 629.200 em 2010 e R$ 590 mil em 2009. Os valores se referem à contratação de mão de obra para serviços de copa e cozinha e à limpeza interna e externa. Este ano, a empresa já recebeu quase R$ 150 mil pela prestação de serviços à PF do Rio. As informações foram obtidas pelo GLOBO numa consulta a notas de empenho no Portal da Transparência mantido pelo governo federal.

12:03:49
Senado aprova aposentadoria integral por invalidez para servidores
O Senado fez um acordo nesta terça-feira e aprovou, em duas sessões extraordinárias, a Proposta de Emenda à Constituição número 5 (PEC) que garante proventos integrais a servidores públicos aposentados por invalidez.
A matéria transitou em regime de urgência na Casa. Agora, será promulgada em uma sessão solene do Congresso Nacional, em data a ser agendada, uma vez que o projeto original veio da Câmara.
A PEC 05/2012 assegura ao servidor que tenham ingressado no serviço público até 31 de dezembro de 2003 o direito de se aposentar por invalidez com proventos integrais e garantia de paridade.
Ela determina que a União, os estados, o Distrito Federal e os municípios, com suas respectivas autarquias e fundações, procedam, no prazo de 180 dias da entrada em vigor da emenda, a revisão das aposentadorias e pensões delas decorrentes, concedidas a partir de 1º de janeiro de 2004.
Os portadores de deficiência poderão ter aposentadoria especial, caso estejam filiados a Previdência Social. A mudança foi aprovada na Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado nesta terça-feira, e agora segue para votação em regime de urgência no Plenário da Casa.
Chico de Gois, O Globo


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Ministra Ideli defende sigilo nas obras da copa do mundo de 2014

Sou daqueles que não suporta a coisa pública acoitada por segredos.

Licitação sigilosa é uma porta escancarada para mutretas e demais adjetivos próprios à malandragem. Num país de dólares em cuecas, mensalões, consultorias mágicas e outros quejandos, tudo isso e mais o que ainda deverá ser engendrado “por debaixo dos panos”, resultará em avanço indecente aos bolsos dos indefesos Tupiniquins.

Até Zé Bêdêu, o derradeiro abestado crédulo da Praça do Ferreira, em Fortaleza, sabe que se os participantes de uma licitação pública souberem por antecipação o custo estimado de uma obra, evidente que irão se mancomunar em cartéis.

E pasmem! As empresas poderão concorrer a licitação sem a necessidade de apresentar o projeto.

Lindo, não? Que maravilha viver. Aí, os Tupiniquins, irão pagar a conta.

Quando cursei Administração, na cadeira de contabilidade, nunca ouvi falar nesse tipo de sigilo.

Como disse aquele velhinho romano, um tal de Cícero; “O tempora, o mores”!

Ou aquele santo homem lá de Hipona, o Agostinho; “O que não é moral não pode ser legal.”

O Editor


Ideli defende sigilo quanto a preço de obras da Copa: novo desastre à vista

A nomeação da ex-senadora Ideli Salvatti para o Ministério das Relações Institucionais, cuja tarefa é promover a articulação política entre Executivo e Legislativo, é o novo desastre à vista, o primeiro depois da era Antonio Palocci.

Excelente reportagem de José Ernesto Credênio e Maria Clara Cabral, Folha de São Paulo de quinta-feira, deixou clara e provável essa perspectiva. Sem dúvida.

Pois ao defender emenda apresentada pelo deputado José Guimarães (PT, Ceará), a ministra afirmou que a possibilidade de sigilo em torno dos preços de obras públicas é prevista na Constituição.

Procurei no texto constitucional e não encontrei tal dispositivo.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

E nem poderia encontrar.

A Lei Maior no capítulo do Poder Legislativo, no qual se encontra o tribunal de Contas da União, ao contrário, estabelece a transparência. Tanto direta quanto indiretamente.

Se recorrermos inclusive à visão infra legal de que falava Santiago Dantas, então a iniciativa do deputado José Guimarães torna-se tão absurda quanto grotesca.

Basta ler os artigos 70 e 71 da CF para se chegar facilmente à conclusão de que falo.

A Medida Provisória 527, que certamente a presidente Dilma Roussef assinou sem utilizar lente de análise mais possante, ao contrário da atitude que tomou em relação ao Código Florestal, estabelece simplesmente que sejam mantidos em sigilo os orçamentos das obras para a Copa do Mundo de 2014 e para as Olimpíadas de 2016.

Por que segredo?

Não estamos tratando da bela canção de Herivelto Martins na segunda metade da década de 40, mas da fiscalização de dinheiro público.

A gravação que reuniu o próprio Herivelto, Dalva de Oliveira, antes do divórcio, e Nilo Chagas, nada tem a ver, por exemplo, com o preço de reforma do Maracanã, hoje já na escala de 1 bilhão e 100 milhões de reais.

Nem com qualquer outro investimento para as arenas esportivas.

A Medida Provisória 527 altera a lei das licitações públicas, lei 8666/93.

Ora a emenda José Guimarães é, para dizer o mínimo, impertinente.

Coloco no primeiro plano a visão analítica de Santiago Dantas: se a licitação é pública, evidentemente não pode ela ser fechada.

E apenas seus valores em jogo reservados ao Tribunal de Contas da União que, sobre os preços, terá que manter segredo. Estupidez total.

Conflito nítido entre o continente e o conteúdo, na análise sempre utilizada pelo acadêmico Hélio Jaguaribe.

Como pode ser tornado opaco um processo que em sua essência tem que ser transparente?

Como, em salas fechadas, poderão ser confrontados publicamente, como a Lei Maior estabelece, os preços e as qualificações dos projetos em disputa?

A CF sustenta que não pode haver censura na comunicação social brasileira.

Aprovada a MP 527, nos termos defendidos por Ideli Salvatti, a Carta Magna, por contradição, torna-se impossível de salvar da contradição absoluta.

Mas vamos ver o que textualmente dizem os artigos 70 e 71.

O controle externo (vejam bem) das contas públicas será exercido pelo Congresso nacional com o auxílio do TCU.

Prestará contas qualquer pessoa física ou jurídica, pública ou privada, que utilize ou administre dinheiro, bens e valores públicos pelos quais a União responda, ou que por elas assuma obrigações pecuniárias.

Mais um ponto no elenco a que estou me referindo: as decisões do TCU – parágrafo 3º do art. 71 – terão eficácia de título executivo.

Logo, tais decisões só podem ser públicas.

Mas como o poderiam ser se a MP 527, a do segredo, as colocam entre quatro paredes?

Como compôs Herivelto e como foi traduzido no Brasil o título de famosa peça de Sartre, Huis Clos.

Se tem que haver transparência, os preços não podem ser secretos. Elementar.

Pedro do Coutto/Tribuna da Imprensa

Copa 2014 – Deputados que votaram a favor de esconder as mutretas das obras

Entre os deputados que votaram a favor da MP, estão ex-esportistas, como o ex-goleiro Danrlei, o ex-boxeador Acelino Popó Freitas e o ex-atacante Romário – um dos principais críticos ao aumento dos gastos públicos com as obras para 2014.

Foram 272 votos a favor da MP, 76 contra e três abstenções.
Abaixo, veja quem votou a favor.
Ao lado de cada nominho, o telefone dos gabinetes dos deputados.
Mexa-se! Ligue! Exija!

Acelino Popó (PRB-BA) – (61) 3215-5345

Afonso Hamm (PP-RS) – (61) 3215-5604

Alberto Filho (PMDB-MA) – (61) 3215-5617

Alberto Mourão (PSDB-SP) – (61) 3215-5568

Alceu Moreira (PMDB-RS) – (61) 3215-5445

Alessandro Molon (PT-RJ) – (61) 3215-5652

Alex Canziani (PTB-PR) – (61) 3215-5842

Alexandre Roso (PSB-RS) – (61) 3215-5742

Alfredo Sirkis (PV-RJ) – (61) 3215-5240

Alice Portugal (PC do B-BA) – (61) 3215-5420

Almeida Lima (PMDB-SE) – (61) 3215-5726

Amauri Teixeira (PT-BA) – (61) 3215-5237

André Figueiredo (PDT-CE) – (61) 3215-5940

Andre Moura (PSC-SE) – (61) 3215-5380

André Vargas (PT-PR) – (61) 3215-5923

Ângelo Agnolin (PDT-TO) – (61) 3215-5367

Antonio Bulhões (PRB-SP) – (61) 3215-5327

Aracely de Paula (PR-MG) – (61) 3215-5201

Ariosto Holanda (PSB-CE) – (61) 3215-5575

Arlindo Chinaglia (PT-SP) – (61) 3215-5966

Arnaldo Faria de Sá (PTB-SP) – (61) 3215-5929

Arthur Oliveira Maia (PMDB-BA) – (61) 3215-5537

Artur Bruno (PT-CE) – (61) 3215-5467

Assis Carvalho (PT-PI) – (61) 3215-5909

Assis do Couto (PT-PR) – (61) 3215-5428

Assis Melo (PC do B-RS) – (61) 3215-5605

Átila Lins (PMDB-AM) – (61) 3215-5730

Benedita da Silva (PT-RJ) – (61) 3215-5330

Benjamin Maranhão (PMDB-PB) – (61) 3215-5458

Beto Faro (PT-PA) – (61) 3215-5723

Brizola Neto (PDT-RJ) – (61) 3215-5437

Cândido Vaccarezza (PT-SP) – (61) 3215-5958

Carlinhos Almeida (PT-SP) – (61) 3215-5613

Carlos Bezerra (PMDB-MT) – (61) 3215-5815

Carlos Eduardo Cadoca (PSC-PE) – (61) 3215-5415

Carlos Souza (PP-AM) – (61) 3215-5319

Carlos Zarattini (PT-SP) – (61) 3215-5808

Celia Rocha (PTB-AL) – (61) 3215-5301

Celso Maldaner (PMDB-SC) – (61) 3215-5311

César Halum (PPS-TO) – (61) 3215-5282

Chico D’Angelo (PT-RJ) – (61) 3215-5232

Chico Lopes (PC do B-CE) – (61) 3215-5310

Cida Borghetti (PP-PR) – (61) 3215-5412

Cláudio Puty (PT-PA) – (61) 3215-5480

Cleber Verde (PRB-MA) – (61) 3215-5710

Dalva Figueiredo (PT-AP) – (61) 3215-5704

Damião Feliciano (PDT-PB) – (61) 3215-5938

Daniel Almeida (PC do B-BA) – (61) 3215-5317

Danilo Forte (PMDB-CE) – (61) 3215-5384

Danrlei (PTB-RS) – (61) 3215-5566

Davi Alves Silva Júnior (PR-MA) – (61) 3215-5813

Décio Lima (PT-SC) – (61) 3215-5218

Deley (PSC-RJ) – (61) 3215-5544

Devanir Ribeiro (PT-SP) – (61) 3215-5332

Dilceu Sperafico (PP-PR) – (61) 3215-5746

Dimas Fabiano (PP-MG) – (61) 3215-5325

Domingos Dutra (PT-MA) – (61) 3215-5806

Domingos Neto (PSB-CE) – (61) 3215-5546

Dr. Carlos Alberto (PMN-RJ) – (61) 3215-5208

Dr. Paulo César (PR-RJ) – (61) 3215-5904

Dr. Rosinha (PT-PR) – (61) 3215-5474

Edinho Araújo (PMDB-SP) – (61) 3215-5418

Edivaldo Holanda Junior (PTC-MA) – (61) 3215-5484

Edson Ezequiel (PMDB-RJ) – (61) 3215-5748

Edson Pimenta (PC do B-BA) – (61) 3215-5403

Edson Silva (PSB-CE) – (61) 3215-5921

Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – (61) 3215-5510

Eliane Rolim (PT-RJ) – (61) 3215-5409

Erika Kokay (PT-DF) – (61) 3215-5203

Erivelton Santana (PSC-BA) – (61) 3215-5756

Eros Biondini (PTB-MG) – (61) 3215-5475

Evandro Milhomen (PC do B-AP) – (61) 3215-5419

Fábio Faria (PMN-RN) – (61) 3215-5335

Fábio Ramalho (PV-MG) – (61) 3215-5374

Fabio Trad (PMDB-MS) – (61) 3215-5452

Fátima Pelaes (PMDB-AP) – (61) 3215-5416

Felipe Bornier (PHS-RJ) – (61) 3215-5216

Fernando Jordão (PMDB-RJ) – (61) 3215-5302

Fernando Marroni (PT-RS) – (61) 3215-5312

Fernando Torres (DEM-BA) – (61) 3215-5462

Filipe Pereira (PSC-RJ) – (61) 3215-5705

Flávia Morais (PDT-GO) – (61) 3215-5738

Flaviano Melo (PMDB-AC) – (61) 3215-5224

Francisco Escórcio (PMDB-MA) – (61) 3215-5814

Francisco Floriano (PR-RJ) – (61) 3215-5719

Francisco Praciano (PT-AM) – (61) 3215-5803

Gabriel Chalita (PMDB-SP) – (61) 3215-5817

Gabriel Guimarães (PT-MG) – (61) 3215-5821

Gean Loureiro (PMDB-SC) – (61) 3215-5483

George Hilton (PRB-MG) – (61) 3215-5843

Geraldo Resende (PMDB-MS) – (61) 3215-5905

Geraldo Thadeu (PPS-MG) – (61) 3215-5248

Giacobo (PR-PR) – (61) 3215-5762

Gilmar Machado (PT-MG) – (61) 3215-5262

Giovani Cherini (PDT-RS) – (61) 3215-5466

Giovanni Queiroz (PDT-PA) – (61) 3215-5618

Giroto (PR-MS) – (61) 3215-5277

Glauber Braga (PSB-RJ) – (61) 3215-5362

Guilherme Mussi (PV-SP) – (61) 3215-5712

Heleno Silva (PRB-SE) – (61) 3215-5583

Henrique Afonso (PV-AC) – (61) 32155440

Henrique Oliveira (PR-AM) – (61) 3215-5562

Homero Pereira (PR-MT) – (61) 3215-5960

Iracema Portella (PP-PI) – (61) 3215-5924

Íris de Araújo (PMDB-GO) – (61) 3215-5530

Izalci (PR-DF) – (61) 3215-5284

Jair Bolsonaro (PP-RJ) – (61) 3215-5482

Jairo Ataide (DEM-MG) – (61) 3215-5809

Jandira Feghali (PC do B-RJ) – (61) 3215-5622

Janete Rocha Pietá (PT-SP) – (61) 3215-5578

Jânio Natal (PRP-BA) – (61) 3215-5587

Jaqueline Roriz (PMN-DF) – (61) 3215-5408

Jefferson Campos (PSB-SP) – (61) 3215-5346

Jesus Rodrigues (PT-PI) – (61) 3215-5706

Jhonatan de Jesus (PRB-RR) – (61) 3215-5535

Jilmar Tatto (PT-SP) – (61) 3215-5548

Jô Moraes (PC do B-MG) – (61) 3215-5322

João Ananias (PC do B-CE) – (61) 3215-5303

João Arruda (PMDB-PR) – (61) 3215-5633

João Magalhães (PMDB-MG) – (61) 3215-5211

João Paulo Lima (PT-PE) – (61) 3215-5360

Joaquim Beltrão (PMDB-AL) – (61) 3215-5717

Jonas Donizette (PSB-SP) – (61) 3215-5471

Jorge Pinheiro (PRB-GO) – (61) 3215-5536

José Airton (PT-CE) – (61) 3215-5734

José Augusto Maia (PTB-PE) – (61) 3215-5758

José Carlos Araújo (PDT-BA) – (61) 3215-5246

José Chaves (PTB-PE) – (61) 3215-5436

José de Filippi (PT-SP) – (61) 3215-5611

José Guimarães (PT-CE) – (61) 3215-5358

José Humberto (PHS-MG) – (61) 3215-5267

José Mentor (PT-SP) – (61) 3215-5502

José Priante (PMDB-PA) – (61) 3215-5752

José Rocha (PR-BA) – (61) 3215-5908

José Stédile (PSB-RS) – (61) 3215-5354

Joseph Bandeira (PT-BA) – (61) 3215-5320

Josias Gomes (PT-BA) – (61) 3215-5642

Josué Bengtson (PTB-PA) – (61) 3215-5505

Jovair Arantes (PTB-GO) – (61) 3215-5504

Júnior Coimbra (PMDB-TO) – (61) 3215-5274

Keiko Ota (PSB-SP) – (61) 3215-5523

Laurez Moreira (PSB-TO) – (61) 3215-5736

Lauriete (PSC-ES) – (61) 3215-5223

Lázaro Botelho (PP-TO) – (61) 3215-5278

Leandro Vilela (PMDB-GO) – (61) 3215-5309

Leonardo Monteiro (PT-MG) – (61) 3215-5922

Leonardo Quintão (PMDB-MG) – (61) 3215-5914

Leopoldo Meyer (PSB-PR) – (61) 3215-5233

Liliam Sá (PR-RJ) – (61) 3215-5434

Lindomar Garçon (PV-RO) – (61) 3215-5254

Lourival Mendes (PT do B-MA) – (61) 3215-5937

Luci Choinacki (PT-SC) – (61) 3215-5306

Luciana Santos (PC do B-PE) – (61) 3215-5531

Luciano Moreira (PMDB-MA) – (61) 3215-5831

Lúcio Vale (PR-PA) – (61) 3215-5822

Lucio Vieira Lima (PMDB-BA) – (61) 3215-5612

Luiz Alberto (PT-BA) – (61) 3215-5954

Luiz Couto (PT-PB) – (61) 3215-5442

Luiz Noé (PSB-RS) – (61) 3215-5338

Luiza Erundina (PSB-SP) – (61) 3215-5620

Manato (PDT-ES) – (61) 3215-5313

Manoel Junior (PMDB-PB) – (61) 3215-5601

Manoel Salviano (PSDB-CE) – (61) 3215-5506

Marçal Filho (PMDB-MS) – (61) 3215-5448

Marcelo Aguiar (PSC-SP) – (61) 3215-5321

Marcelo Castro (PMDB-PI) – (61) 3215-5811

Marcelo Matos (PDT-RJ) – (61) 3215-5579

Márcio Macêdo (PT-SE) – (61) 3215-5654

Márcio Marinho (PRB-BA) – (61) 3215-5326

Marcon (PT-RS) – (61) 3215-5569

Marina Santanna (PT-GO) – (61) 3215-5279

Marinha Raupp (PMDB-RO) – (61) 3215-5614

Marllos Sampaio (PMDB-PI) – (61) 3215-5906

Maurício Quintella Lessa (PR-AL) – (61) 3215-5425

Mauro Lopes (PMDB-MG) – (61) 3215-5844

Mauro Nazif (PSB-RO) – (61) 3215-5948

Mendes Ribeiro Filho (PMDB-RS) – (61) 3215-5222

Milton Monti (PR-SP) – (61) 3215-5328

Miriquinho Batista (PT-PA) – (61) 3215-5435

Missionário José Olimpio (PP-SP) – (61) 3215-5507

Moacir Micheletto (PMDB-PR) – (61) 3215-5478

Moreira Mendes (PPS-RO) – (61) 3215-5943

Nazareno Fonteles (PT-PI) – (61) 3215-5640

Neilton Mulim (PR-RJ) – (61) 3215-5639

Nelson Bornier (PMDB-RJ) – (61) 3215-5727

Nelson Pellegrino (PT-BA) – (61) 3215-5826

Neri Geller (PP-MT) – (61) 3215-5837

Newton Cardoso (PMDB-MG) – (61) 3215-5932

Newton Lima (PT-SP) – (61) 3215-5805

Nilda Gondim (PMDB-PB) – (61) 3215-5833

Nilton Capixaba (PTB-RO) – (61) 3215-5724

Odair Cunha (PT-MG) – (61) 3215-5556

Osmar Júnior (PC do B-PI) – (61) 3215-5356

Osmar Serraglio (PMDB-PR) – (61) 3215-5845

Osmar Terra (PMDB-RS) – (61) 3215-5927

Otoniel Lima (PRB-SP) – (61) 3215-5370

Oziel Oliveira (PDT-BA) – (61) 3215-5635

Padre João (PT-MG) – (61) 3215-5743

Padre Ton (PT-RO) – (61) 3215-5280

Pastor Eurico (PSB-PE) – (61) 3215-5369

Pastor Marco Feliciano (PSC-SP) – (61) 3215-5366

Paulo Magalhães (DEM-BA) – (61) 3215-5903

Paulo Pereira da Silva (PDT-SP) – (61) 3215-5217

Paulo Piau (PMDB-MG) – (61) 3215-5626

Paulo Wagner (PV-RN) – (61) 3215-5324

Pedro Chaves (PMDB-GO) – (61) 3215-5406

Pedro Eugênio (PT-PE) – (61) 3215-5902

Pedro Uczai (PT-SC) – (61) 3215-5229

Penna (PV-SP) – (61) 3215-5205

Policarpo (PT-DF) – (61) 3215-5941

Professor Setimo (PMDB-MA) – (61) 3215-5550

Raimundão (PMDB-CE) – (61) 3215-5318

Ratinho Junior (PSC-PR) – (61) 3215-5521

Rebecca Garcia (PP-AM) – (61) 3215-5520

Reginaldo Lopes (PT-MG) – (61) 3215-5426

Renan Filho (PMDB-AL) – (61) 3215-5907

Renzo Braz (PP-MG) – (61) 3215-5373

Ribamar Alves (PSB-MA) – (61) 3215-5729

Ricardo Berzoini (PT-SP) – (61) 3215-5344

Ricardo Izar (PV-SP) – (61) 3215-5634

Ricardo Quirino (PRB-DF) – (61) 3215-5931

Roberto Balestra (PP-GO) – (61) 3215-5219

Roberto Britto (PP-BA) – (61) 3215-5733

Roberto de Lucena (PV-SP) – (61) 3215-5235

Roberto Dorner (PP-MT) – (61) 3215-5829

Roberto Santiago (PV-SP) – (61) 3215-5533

Roberto Teixeira (PP-PE) – (61) 3215-5450

Rogério Peninha Mendonça (PMDB-SC) – (61) 3215-5656

Romário (PSB-RJ) – (61) 3215-5411

Ronaldo Benedet (PMDB-SC) – (61) 3215-5918

Ronaldo Fonseca (PR-DF) – (61) 3215-5382

Ronaldo Nogueira (PTB-RS) – (61) 3215-5570

Ronaldo Zulke (PT-RS) – (61) 3215-5858

Rosane Ferreira (PV-PR) – (61) 3215-5454

Rubens Otoni (PT-GO) – (61) 3215-5501

Rui Costa (PT-BA) – (61) 3215-5576

Sabino Castelo Branco (PTB-AM) – (61) 3215-5911

Ságuas Moraes (PT-MT) – (61) 3215-5276

Salvador Zimbaldi (PDT-SP) – (61) 3215-5804

Saraiva Felipe (PMDB-MG) – (61) 3215-5429

Sarney Filho (PV-MA) – (61) 3215-5202

Sérgio Barradas Carneiro (PT-BA) – (61)

Sérgio Moraes (PTB-RS) – (61) 3215-5571

Sibá Machado (PT-AC) – (61) 3215-5421

Silvio Costa (PTB-PE) – (61) 3215-5417

Simão Sessim (PP-RJ) – (61) 3215-5709

Stefano Aguiar (PSC-MG) – (61) 3215-5341

Taumaturgo Lima (PT-AC) – (61) 3215-5945

Teresa Surita (PMDB-RR) – (61) 3215-5250

Tiririca (PR-SP) – (61) 3215-5637

Toninho Pinheiro (PP-MG) – (61) 3215-5584

Valadares Filho (PSB-SE) – (61) 3215-5660

Valdir Colatto (PMDB-SC) – (61) 3215-5708

Valmir Assunção (PT-BA) – (61) 3215-5739

Vander Loubet (PT-MS) – (61) 3215-5838

Vicente Arruda (PR-CE) – (61) 3215-5603

Vicentinho (PT-SP) – (61) 3215-5740

Vieira da Cunha (PDT-RS) – (61) 3215-5711

Vilalba (PRB-PE) – (61) 3215-5915

Vilson Covatti (PP-RS) – (61) 3215-5228

Vitor Paulo (PRB-RJ) – (61) 3215-5422

Waldenor Pereira (PT-BA) – (61) 3215-5807

Waldir Maranhão (PP-MA) – (61) 3215-5541

Washington Reis (PMDB-RJ) – (61) 3215-5856

Weliton Prado (PT-MG) – (61) 3215-5862

Wellington Fagundes (PR-MT) – (61) 3215-5713

Wladimir Costa (PMDB-PA) – (61) 3215-5343

Zé Geraldo (PT-PA) – (61) 3215-5266

Zé Silva (PDT-MG) – (61) 3215-5573

Zeca Dirceu (PT-PR) – (61) 3215-5285

Zoinho (PR-RJ) – (61) 3215-5619

Fonte: LanceNet


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

2010. Previsões para o Brasil feitas pelo jornal Financial Times: Dilma se elege e futebol ganha a copa.

Depois, é só cobrar se as previsões da pitonisa não se realizarem.
O editor

‘FT’ prevê Brasil campeão da Copa e Dilma eleita em 2010

Correspondente do jornal no Brasil acredita na eleição de Dilma

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Um painel de jornalistas do diário britânico Financial Times escolhido para fazer previsões sobre 2010 vê o Brasil como favorito para vencer a Copa do Mundo de futebol, na África do Sul, e a ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, favorita nas eleições presidenciais brasileiras.

Diante da pergunta “Como será a vida após Lula?”, o correspondente do diário no Brasil, Jonathan Wheatley, observa que, apesar do perfil parecido dos dois principais candidatos à Presidência, José Serra e Dilma Rousseff, de tecnocratas com pouco carisma, a escolha terá um grande impacto sobre o futuro do país.

“Muitos acreditam que o país está num caminho seguro para se tornar a quinta economia do mundo até 2020. Mas o Brasil ainda precisa de reformas voltadas para o mercado nos setores tributário, de pensões e na educação. A escolha do próximo presidente importa bastante”, diz Weathley.

Para o correspondente, Serra e Dilma são diferentes. “Serra acredita em um governo eficiente. Rousseff, aparentemente, acredita em um governo forte”, diz seu texto.

“Minha previsão é de que Rousseff vencerá – e de que o ciclo de crescimento do Brasil vai perder gás em três ou quatro anos”, conclui o jornalista.

Copa do Mundo

Em outro item, o diário questiona: “Quem ganhará a Copa do Mundo de futebol na África do Sul?”

O colunista de esportes do jornal Simon Kuper diz que “há um padrão no resultado das Copas do Mundo, razão pela qual o mais provável ganhador da próxima será o Brasil”.

“Quando a Copa do Mundo não é na Europa, o Brasil normalmente ganha”, observa o colunista.

Apesar disso, ele aponta ainda a Espanha como “a segunda superpotência” atual do futebol, ao lado do Brasil. “A vitória da Espanha na Euro 2008 não foi acidente”, diz Kuper.

Correndo por fora na luta pelo título, o colunista aponta a seleção dos Estados Unidos, que se aproximou dos dez primeiros do ranking da Fifa após vencer a Espanha na semifinal da Copa das Confederações, em junho, e “assustar” o Brasil na final.

Entre as demais previsões do diário para 2010 estão a de que será o ano mais quente da história, que os mercados de ações continuarão boas opções de investimentos no ano que vem, ainda que com ganhos menores do que neste ano, e que os Republicanos recuperarão terreno na política americana com as eleições para o Congresso.

BBC