Compra de carro a prazo, quais as vantagens e desvantagens

carro-compra-leasing-prazo-crediarioNo crédito ao consumidor incide a cobrança de taxa do IOF.
No leasing, carro fica no nome do banco até ser quitado.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Mais da metade das compras de carros nos primeiros três meses do ano foi feita a prazo. Mas, na hora de fechar o negócio, é importante pesquisar a melhor forma de financiamento.

Do início do ano até hoje as taxas de juros cobradas nos financiamentos de veículos caíram em média 7%. As condições de financiamento também estão melhorando. Mas para fazer uma boa compra, é preciso analisar bem qual opção de empréstimo é a mais adequada para o bolso. Dependendo da modalidade há vantagens e desvantagens.

Uma opção é o leasing. O carro fica no nome do banco até ser quitado. Não é cobrado o Imposto sobre Operações Financeiras (IOF), o que diminui o custo. Mas o leasing só vale para prazos acima de dois anos. Quem quiser antecipar as parcelas para o IOF com multa e juros. Ou seja, só vale a pena para quem não tem perspectiva de receber um dinheirinho extra e usar para abater a dívida.

“Se aquele consumidor específico desejar uma operação inferior a 24 meses ele deveria fazer o CDC (Crédito direto ao consumidor) e não leasing”, explica Luiz Montenegro, presidente da Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (Anef).

No CDC não há restrição de prazo e as parcelas podem ser antecipadas sem multa. O carro sai da concessionária no nome do dono. Mas na operação incide o IOF, o que aumenta o valor da prestação.

Por exemplo: no caso de um carro de R$ 20 mil, a ser financiado em 60 vezes, com a mesma taxa no CDC a parcela sairia por R$ 534. Já no leasing, este valor cairia para R$ 524. Isso dá uma diferença de R$ 10 por mês ou R$ 600 no fim do pagamento.

Mas as taxas varias muito de banco para banco. Mesmo com o desconto do IOF, às vezes o leasing pode sair mais caro.

“Da mesma forma que o consumidor pesquisa aquele bem que ele quer comprar, ele precisa pesquisar também as diversas formas de financiamento e optar sempre por aquela que for mais barata”, acrescenta Montenegro.

do G1

Carro mais barato do mundo ainda não chegou ao Brasil

carro-nano-mais-barato-do-mundo-foto

Primeiro a Tata disse que ele estaria nas ruas no final de 2008. Depois, em março de 2009. Agora, a empresa garante que o “Nano“, o carro mais barato do mundo,  começa a partir de julho. As primeiras 100 mil unidades serão vendidas sob encomenda e terão preço mínimo de 100 mil rúpias (cerca de R$ 4,5 mil).

Carro mais barato do mundo vai chegar ao Brasil

foto-tata-nano-carro-mais-barato-do-mundo-vai-chegar-no-brasil

A maior montadora indiana, Tata Motors, acaba de anunciar que o Nano, o carro de menor preço do mundo, chegará ao mercado no dia 23 de março.

O aguardado veículo, apresentado em janeiro de 2008, terá preço de 100 mil rúpias indianas, que equivale a aproximadamente R$ 4600. Medindo 3,1 m de comprimento, 1,5 m de largura e 1,6 m de altura, o Nano vem equipado com um motor bi-cilíndrico de 33 cavalos e 625 cilindradas alimentado por gasolina.

Os primeiros a poder dirigir a pequena máquina serão os moradores de Mumbai, a maior cidade da Índia. A seguir, na primeira semana de abril, os veículos estarão disponíveis em todas as lojas da empresa no pais. Depois, na semana seguinte, as encomendas para outras lojas de diferentes regiões -incluindo outras nações – poderão ser feitas.

Originalmente, o carro seria lançado em outubro de 2008, mas os protestos de agricultores que tiveram seus terrenos comprados pela principal fábrica de Bengala Ocidental, atrasaram o comércio por mais de um semestre.

Segundo a companhia, o website do Tata Nano recebeu 30 milhões de visitantes no ano passado e 6000 grupos de interesse e comunidades foram formados na web.

A empresa indiana adquiriu Jaguar e Land Rover em 2008. Há fortes especulações no meio automobilístico que o Tata Nano chegue ao Brasil.

da Info

Carro “voa” e fica entalado no telhado de igreja

O acidente aconteceu na Alemanha, tudo indica que o “prodígio” que conseguiu a “proeza” estava embriagado.

Leia abaixo:

Um motorista lançou o carro num telhado de uma igreja na Alemanha.

O motorista, de 23 anos, estava em excesso de velocidade quando perdeu o controle, passou sobre um gramado elevado e voou 30 metros até parar no telhado, a sete metros do solo, segundo a polícia.

Ele ficou gravemente ferido e foi levado para o hospital.

As autoridades investigam se ele estava embriagado.

Imagem de TV (abaixo) mostra os serviços de emergência resgatando carro que ficou entalado no telhado de uma igreja nesta segunda-feira (26) em Limbach-Oberfrohna, na Alemanha.

Carro Voador na Alemanha* Clique na imagem para ampliar *
 (Foto: Reuters) 

Fonte: G1

Carro Oficial – Limousine usada na posse de Obama

Serviço Secreto dos EUA mostra carro oficial de Obama.

A Limusine que será usada na posse tem blindagem, suprimento de oxigênio e suporta ataque químico

WASHINGTON – As primeiras fotos da nova limusine blindada oficial do presidente Barack Obama foram divulgadas pelo Serviço Secreto dos Estados Unidos.
[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Apelidado de “The Beast” (“O Animal”, em tradução livre), o novo Cadillac fará sua estréia em um desfile no dia 20, durante a cerimônia de posse do presidente.

obama-carro-oficial
* Clique para ampliar *
Foto: BBC

O Serviço Secreto americano afirmou que a limusine dará ao novo ocupante o nível mais alto de proteção. Como esperado, o Serviço Secreto não divulgou muito a respeito do carro, mas Nicholas Trotta, diretor-assistente para o Escritório de Operações de Proteção, fez comentários a respeito em uma declaração à imprensa feita pelo órgão.

“Apesar de não podermos discutir muitos dos aprimoramentos de segurança do veículo, posso afirmar que a segurança deste carro e os sistemas de comunicação codificados fazem dele o veículo de proteção tecnologicamente mais avançado do mundo.”

Blindagem e oxigênio

Observadores afirmam que o novo carro deve incluir vidros à prova de balas, blindagem no resto do carro, um suprimento em separado de oxigênio e o interior completamente vedado para proteção contra um ataque químico.

Alguns brincam afirmando que o carro é tão resistente que conseguiria agüentar até o ataque com uma granada-foguete. Seus pneus poderiam continuar funcionando mesmo depois de furados por um tiro. O interior do carro é um segredo muito bem guardado, mas não há dúvidas de que o Cadillac tem os melhores e mais avançados equipamentos.

David Caldwell, porta-voz da General Motors, fabricante do Cadillac, disse à BBC que o carro foi feito de acordo com as especificações que a companhia recebeu do governo federal. “Uma das especificações é que não falamos das especificações”, disse.

Mas Caldwell revelou que o carro foi feito de acordo com o projeto de um Cadillac contemporâneo e iria incluir o interior feito à mão. Quando questionado se este interior incluiria equipamentos como uma base para iPod, por exemplo, Caldwell afirmou que não poderia comentar de forma específica, mas acrescentou que o veículo teria “aparelhos eletrônicos modernos.”

Fonte: BBC Brasil

Sonho de consumo – BMW Z4 2010

sonho-de-consumo-bmw-z3-2009-a
Acabou o mistério. A BMW divulgou hoje os primeiros dados e imagens oficiais da segunda geração do roadster lançado em 2002. Atualizado tecnologicamente com uma série de recursos, ele tem visual inspirado nos conceitos GINA Light Visionary, com sua peculiar carroceria de pano, e no CS Concept, caracterizado pelas linhas mais agressivas e esportivas. A apresentação oficial do carro acontecerá em janeiro, no Salão de Detroit, nos Estados Unidos.

sonho-de-consumo-bmw-z3-2009-1a

Um dos destaques do novo Z4 é a capota retrátil rígida, que de acordo com a BMW leva 20 segundos para ser aberta ou fechada. O porta-malas, típico de um carro conversível, teve sua capacidade levemente ampliada, podendo carregar 180 litros com o teto guardado, ou 380 l no modo cupê. Outra inovação é o emprego da suspensão adaptativa “M”, que permite ao motorista optar por três diferentes configurações de amortecimento e pode baixar em até 10 mm a altura do carro em relação ao solo, aumentando sua estabilidade.

sonho-de-consumo-bmw-z3-2009-2a

Em relação à primeira geração, o Z4 2010 é 1,48 cm mais comprido e 0,9 cm mais largo. Apesar na alteração sutil nas dimensões do veículo, o interior ganhou 4,4 cm extras de espaço interno. Outra preocupação da BMW foi a melhora da visibilidade, que evoluiu 40% na lateral e 52% na traseira.

sonho-de-consumo-bmw-z3-2009-3a

Disponível no mercado norte-americano e europeu a partir de fevereiro, o novo Z4, ainda sem preço especificado, chega em três versões de motorização, todas com seis cilindros em linha. A versão de entrada (sDrive23i), conta com motor 2.5 litros de 204 cv a 6.200 rpm e 25,49 kgfm de torque em 2.950 giros. Nesta configuração, o modelo acelera de 0 a 100 km/h em 6,6 segundos e atinge 242 km/h de velocidade máxima. Em seguida, o modelo intermediário (sDrive30i), vem com propulsor 3.0 litros de 258 cv a 6.600 rpm e 31,61 kgfm disponíveis em 2.750 rpm, que garantem 5,8 s na prova dos 0 a 100 km/h e 250 km/h limitados eletronicamente de máxima.

sonho-de-consumo-bmw-z3-2009-4a

Quem busca mais emoção e desempenho, encontra o que procura na versão topo de linha do Z4 (sDrive35i), que esconde sob o capô uma versão biturbo do motor 3.0, responsável por 306 cv e um coice de 40,78 kgfm em 1.300 rpm. Tais cifras são traduzidas por 5,2 segundos na aceleração de 0 a 100 km/h e 250 km/h de máxima limitada. Esta versão conta ainda com transmissão automatizada DCT de dupla embreagem.

A lista de novos equipamentos eletrônicos inclui freios regenerativos (que garantem força extra em acelerações), direção eletro-hidráulica, shift-light (que indica a melhor momento para troca e marchas), e a nova versão dos sistema ConnectDive, que traz disco rígido de 12 MB para armazenamento de música e navegador multimídia com conexão à internet.

da Autonews

Veja os detalhes do jipe Troller T4 2009

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]Modelo é o primeiro fabricado com o ‘know-how’ da Ford.
Novos faróis e acabamento melhor são principais novidades.

Dois anos depois de comprar a fábrica cearense Troller, a Ford apresenta o primeiro jipe fruto desse negócio. O nome continua o mesmo, Troller T4, mas o design foi ligeiramente modificado, principalmente o dos faróis, que agora são redondos. Já o acabamento, ficou bem melhor. O carro começa a ser vendido em dezembro e, segundo a montadora, com um preço abaixo dos R$ 90 mil (o atual é vendido por R$ 85 mil). O G1 andou no jipe em uma pequena pista off-road montada em Atibaia, interior de São Paulo.

Referência entre os “trilheiros de plantão”, o Troller não tem concorrente direto no mercado brasileiro. O que mais se aproxima, em características mecânicas (motor diesel e câmbio com reduzida), é o Land Rover Defender 90, que chegou a ser nacional, mas atualmente só chega como importado (R$ 140 mil). Outra “lenda” das trilhas, e também importado, é o Jeep Wrangler (R$ 105 mil), mais próximo no preço, porém, com motor V6 a gasolina.

O Mitsubishi TR4 (R$ 65,5 mil) e o Chevrolet Tracker (R$ 65,5 mil), ambos a gasolina, são os outros modelos que disputam, e dominam, o segmento 4×4 no Brasil. O TAC Stark, apresentado no Salão do Automóvel, é o que mais se aproxima do Troller, pois tem fabricação nacional e motor a diesel, mas só deverá estar à venda em 2009.

A melhora no acabamento do Troller é nítida. Agora o painel de plástico rígido é personalizado e tem encaixes sem rebarbas. As forrações internas das portas têm textura agradável para um fora-de-estrada e os bancos de lona plástica cobrem os parafusos de fixação no assoalho. Cuidados para dar um ar menos rústico ao jipe.

Outro ponto a favor do novo Troller T4 é que ele deixou de ser uma “colcha de retalhos”. Antes, o modelo emprestava maçanetas da Fiat, volante e comandos dos vidros elétricos da Volkswagen, entre outras peças. Agora, tudo é Ford. O volante a as saídas de ar do painel, por exemplo, vêm do Fiesta. Esses detalhes garantem mais harmonia ao design, já que são projetadas e seguem a filosofia de um mesmo cliente.

A nova carroceria foi reestilizada, com os faróis ficando redondos e o pára-brisa ganhando um vidro curvo para eliminar reflexos. A grade frontal passou a ser removível para facilitar a manutenção (limpeza do radiador após uma trilha pesada). Os pára-choques ganharam apliques de plástico e complementam as linhas da carroceria.

O motor diesel continua o mesmo 3.0 MWM International, com turbo intercooler e injeção eletrônica de combustível. São 163 cavalos de potência e 38,8 mkgf de torque. O sistema de tração 4×4 com reduzida tem acionamento eletrônico por meio de um seletor no painel.

O diferencial traseiro autoblocante é outro recurso que aumenta a capacidade de tração para quem se aventura por caminhos tortuosos, a verdadeira vocação do T4. O sistema compensa as diferenças de rotação entre as rodas do eixo traseiro e distribui o torque igualmente para ambas, facilitando a saída dos atoleiros.

As dimensões permanecem 3.945 mm de comprimento, 1.872 mm de largura e 1.953 mm de altura. A distância entreeixos é de 2.410 mm, enquanto o vão livre do solo, de 215 mm. O peso total é de 2.470 quilos e capacidade de carga útil, de 420 quilos. O tanque de combustível leva 72 litros e garante boa autonomia.

Para os amantes do off-road, os generosos ângulos de entrada (50 graus) e de saída (37 graus) são sinônimos de aventuras radicais. Além disso, o jipe pode atravessar áreas com água a 800 mm de profundidade.

Os principais equipamentos de série do T4 modelo 2009 são direção hidráulica, ar-condicionado, aquecedor, vidros elétricos, travas elétricas, retrovisores externos elétricos, acionamento elétrico da tração, conta-giros, relógio, faróis auxiliares, desembaçador traseiro e rodas de alumínio.

As cores disponíveis de fábrica são nove: amarelo Dakar, vermelho Bari, branco Ártico, laranja Marrocos, preto Mendoza, e as metálicas cinza Optic, prata Geada, verde Senegal e azul Aragon. Porém, se o cliente quiser uma cor especial, basta levar uma amostra e encomendar em um dos 23 concessionários da marca, pagando uma quantia extra (não revelada). Depois de 60 dias é só retirar o jipe na cor preferida.

Apesar de tantas novidades, a essência do Troller T4 permanece inalterada. O habitat natural é a lama e a areia, terrenos nos quais ele se move com desenvoltura. No uso urbano, porém, o jipe continua com suas limitações de conforto e praticidade. A suspensão não filtra com maestria as irregularidades do piso, haja sacolejo, e o volante esterca pouco. Para entrar em uma vaga apertada, o motorista terá de mostrar muita habilidade e, principalmente, paciência. Afinal, o Troller ficou mais bonito, mas não abandonou as origens.

Troller T4 agora tem faróis redondos e grade frontal removível

Clique para ampliar

O Troller T4 tem Capota rigida removivel ficou bem mais leve e agora pesa 76 quilos
O Troller T4 tem Capota rigida removivel ficou bem mais leve e agora pesa 76 quilos

Clique para ampliar

areia e lama são os pisos preferidos do jipe Troller t4
areia e lama são os pisos preferidos do jipe Troller t4

Clique para ampliar

Jipe recebe várias peças de outros modelos Ford, como volante e saídas de ar do Fiesta
Jipe recebe várias peças de outros modelos Ford, como volante e saídas de ar do Fiesta

Clique para ampliar

Motor MWM turbodiesel tem 163 cv de potência e 38,8 mkgf de torque
Motor MWM turbodiesel tem 163 cv de potência e 38,8 mkgf de torque

Clique para ampliar

Porta traseira agora é basculante, assim como o vidro
Porta traseira agora é basculante, assim como o vidro

Clique para ampliar

Bancos têm bom acabamento, mas têm pouca espuma e poderiam ser mais confortáveis
Bancos têm bom acabamento, mas têm pouca espuma e poderiam ser mais confortáveis

Clique para ampliar

Fonte: G1

Design – City Car

[slideshow=3]

Com dois lugares e um design inovador, o carrinho desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia de Massachusetts, nos Estados Unidos, para a GM, surge como uma das possíveis soluções para o trânsito nas grandes cidades.

A belezura, entre outras inusitadas soluções, tem a versão que é um triciclo cuja única roda dianteira está acoplada ao motor e é capaz de girar 360º. Cinco City Cars, ocupam o mesmo espaço de um carro convencional. A previsão dos desenvolvedores é colocar o City Car no mercado em 2008.