Janot pede investigação de Aécio, Eduardo Paes e Carlos Sampaio

Será que agora vai? Será que ao fim e ao cabo sobrará alguém para desligar a Luz? Suspeitas são sobre ocultação de informações no mensalão do PSDB em Minas Gerais.A suspeita é que Aécio, Sampaio e Paes tenham tentado ocultar da CPI dos Correios, em 2005, informações sobre a compra de votos no chamado mensalão do PSDB

A suspeita é que Aécio, Sampaio e Paes tenham tentado ocultar da CPI dos Correios, em 2005, informações sobre a compra de votos no chamado mensalão do PSDB, também conhecido como “mensalão mineiro”, como troca de apoio na Assembleia Legislativa de Minas Gerais.[ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu autorização ao  para abrir um novo inquérito para investigar o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

No pedido, a PGR inclui, também, o deputado federal Carlos Sampaio (PSDB-SP) e o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB).

A solicitação tem como base a delação do senador Delcídio do Amaral (sem partido-MS), que apontou supostas irregularidades na maquiagem de dados do extinto Banco Rural e que têm relação com o mensalão do PSDB na CPI dos Correios.

À época, Delcídio era presidente da CPI em questão.

No início desta semana, Janot já havia pedido abertura de inquérito contra Aécio por suspeita de ter recebido propina no esquema de corrupção de Furnas.

Rosegate: Líder tucano quer convocar Lula para depor na Câmara dos Deputados

Está tudo dominado. Acho impossível que alguém comprometa o Lula com alguma coisa.

A turma dos malfeitos cotidianos do PT, e associados, parece posta em sossego e acima de temores. A corrupção passou do meliante ladrão de galinha para ícone da “nomenklatura” que tomou de assalto o Estado Brasileiro.

Contudo, para ser coerente, o deputado deve convoca o José Serra para dar explicação sobre a privataria tucana, e FHC pra responder sobre a compra de deputados por 200 mil cada pra mudar a constituição e aprovar sua reeleição. Sem esquecer o ex-senador Azeredo, pai e mentor de todos os Valérios e mensalões.

Ps. Chamar todos da lista de Furnas para se explicar também seria bem vindo à moralidade nacional.

José Mesquita – Editor 


LÍDER TUCANO QUER CONVOCAR LULA

:
Vice-líder do PSDB na Câmara, Carlos Sampaio apresenta nesta terça-feira requerimento para a convocação do ex-presidente Lula e do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara. Ele quer explicações sobre o esquema investigado pela operação Porto Seguro, da PF. No Senado, base do governo bloqueou convocação da ex-chefe de gabinete da Presidência em São Paulo Rosemary Noronha

Enquanto a presidente Dilma Rousseff tenta conter os estragos causados pela operação Porto Seguro, da Polícia Federal, à imagem de seu governo, a oposição já vai mirando no ex-presidente Lula. Deputados federais do PSDB apresentam nesta terça-feira requerimento para a convocação de Lula e do advogado-geral da União, Luís Inácio Adams, à Comissão de Fiscalização e Controle da Câmara. Eles querem explicações sobre denúncias de corrupção reveladas pela operação.[ad#Retangulo – Anuncios – Direita]

Por precaução, o partido estuda apresentar a mesma requisição de convite para Lula e Adams na Comissão Mista de Controle das Atividades de Inteligência do Congresso Nacional. “Não acho que o grande problema seja o fato de Rosemary ter sido indicada por Lula. A chave é compreendermos porque ela, nos últimos meses, conversou por telefone mais de 100 vezes com um ex-presidente, alguém com quem não tinha mais vínculos profissionais. É por isso que Lula deve esclarecimentos à sociedade”, defende o deputado Carlos Sampaio (PSDB-SP), vice-líder do partido na Câmara.

Sampaio disse ainda que Lula precisa explicar a indicação do diretor da Agência Nacional de Águas (ANA) Paulo Rodrigues Vieira, apontado pelas investigações da PF como chefe do suposto esquema de corrupção. O deputado destacou também o requerimento que vai pedir a presença de Adams na Casa. Segundo o tucano, advogado-geral da União bancou a escolha do seu “número dois”, José Weber Holanda Alves, mesmo após rejeição da Casa Civil da Presidência da República.

Weber está entre os indiciados como consequência da Operação Porto Seguro. “A AGU deve satisfações à Câmara. Indicou alguém que foi rejeitado pela Casa Civil, ele insistiu na nomeação de alguém que agora está envolvido no esquema de corrupção”, defende Sampaio. “Os últimos fatos são graves, trazem o envolvimento indireto de altas figuras do Poder Executivo, envolve também de forma indireta o ex-presidente Lula e explicações precisam ser dadas na Câmara. Cabe à Câmara, além de legislar, fiscalizar os atos do Executivo”, diz.

Senado

Líder do PSDB no Senado, Alvaro Dias reclamou nesta terça-feira de obstrução da base do governo para a convocação de alguns dos envolvidos no esquema investigado pela PF. O senador tucano apresentou requerimentos na Comissão de Meio Ambiente, Fiscalização e Controle, mas diz que as lideranças governistas aceitaram apenas o comparecimento dos ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo, e do advogado-geral da União, Luis Inácio Adams, em provável audiência conjunta das comissões de Constituição e Justiça, Infraestrutura e Meio Ambiente.

Outros que também devem ser ouvidos em audiência pública por lá são os diretores da Agência Nacional de Águas (ANA) Vicente Guillo e da Agência Nacional de Aviação Civil Marcelo Guaranys. Foram bloqueados, contudo, os requerimentos do senador para a convocação da ex-chefe de Gabinete da Presidência da República em São Paulo Rosemary Noronha, do ex-auditor do Tribunal de Contas da União em São Paulo, Cyonil da Cunha Borges (que delatou o escândalo à PF) e o diretor da ANA Paulo Rodrigues Vieira.
blog Brasil247 

CPI do Cartões Corporativos: Relatório da oposição também ignora dossiê

Brasil: da série ” O Tamanho do Buraco”

Conforme desconfiavam os analistas e observadores da cena política, a CPI dos cartões corporativos, desde a sua implantação, foi um grande teatro montado em concluiu entre governo e oposição. A idéia, por trás das indignações e vociferantes adjetivações, era somente fazer barulho, nada apurar, pois os dois lados não têm interesse em tornar público os desvios praticados com o seu, o meu, o nosso sofrido dinheirinho.

Argh!

A exemplo da CPI que acabou em pizza, investigação paralela não cita Dilma e não sugere indiciamento de ninguém

De Adriana Vasconcelos – O Globo

Para surpresa dos próprios colegas de oposição, o relatório parcial apresentado ontem na CPI do Cartão Corporativo pelos deputados Carlos Sampaio (PSDB-SP) e Índio da Costa (DEM-RJ) mencionou superficialmente a elaboração do dossiê contra o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso, sequer citou a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, ou de sua secretária-executiva, Erenice Guerra, e nem sugeriu o indiciamento de ninguém. A única novidade do texto foi a revelação de que Fábio Luis Lula da Silva, filho do presidente Lula, teve despesa de R$ 112,11 na contratação dos serviços de internet da Universo Online, paga em 2 de setembro de 2003, listada entre os gastos da Casa Civil.

Ao concluir a leitura da primeira parte de seu relatório, o deputado Carlos Sampaio acabou reforçando os argumentos do governo, que todo o tempo negou o envolvimento de Dilma e Erenice no episódio do dossiê, ao declarar que, por enquanto, só se pode assegurar que uma pessoa cometeu ilícito: José Aparecido Nunes Pires, o ex-secretário de Controle Interno da Casa Civil, que vazou o material.