Trabalho Infantil: vergonha nacional

Brasil: da série “o tamanho do buraco”!

Enquanto a caravana passa…

O IBGE, para vergonha de todos nós, que houve no Brasil um aumento de 16 mil empregados no trabalho infantil, na faixa de 10 a 14 anos – equivalente a 17,58%.

Para exemplificar, no Rio de Janeiro mais mil crianças viraram trabalhadores, dobrando o número em relação a 2006.

Cresceu, também, o número de adolescentes com idade de 16 a 17 anos no mercado de trabalho – proibido por lei desde o ano passado.

“O futuro do emprego doméstico no Brasil”, fórum coordenado pelo portal Doméstica Legal, discutirá esse tema, com a participação do desembargador federal Siro Darlan – ex-juiz da Infância e Adolescência no Rio -, que falará sobre o trabalho infantil e suas consequências legais. Será dia 10 de novembro, na Associação Comercial do Rio.