Anonymus não é tão Anonymous quanto parece

Já que a CIA apoia o ISIS por baixo dos panos, a Rússia e China “criaram”(?) o Anonymous. O nome disso é “proxy war”.

Anonymus,Tecnologia da Informação,Blog do Mesquita

O Anonymus é a Rússia, a China ou algum outro desses, ou até mesmo a CIA ou a GCQH. Acreditar que essas coisas acontecem “a toa” é muita inocência.
Não tem nada a ver com teoria da conspiração.

Aliás esse termo foi criado pra ser usado de forma pejorativa para tentar “rebaixar” qualquer ceticismo.

A essa altura dos acontecimentos, ainda falar em teoria da conspiração é estar totalmente alienado.

O que acontece mesmo é a guerra da informação, e está cheio de agente disseminando desinformação.

A tecnologia é a principal ferramenta da Engenharia Social Midiática.

Vejam: Existe um tal de “Observatório sírio para os direitos humanos”.
A CNN e a BBC usam esse tal “Observatório” como fonte de notícias.
Hahahaha![ad name=”Retangulo – Anuncios – Direita”]

O tal “Observatório: divulgou que caças russos haviam bombardeado um hospital na Síria. Aí a Rússia levou observadores neutros e demonstraram a mentira.
O hospital está lá, as fotos de satélite mostram o hospital intacto, com coordenadas de gps e “otras cositas mas”…

“Mininus” o Putin é profissional. Produto da então KGB.

Esse “Observatório” é um “tiozinho” em uma casinha perdida lá nas brenhas em Conventry, na Inglaterra, e a última vez que esteve na Síria foi em 2002.

Outra coisa; Esses terroristas vão e voltam da Síria, um bando de moleques de 20 anos e ninguém vê?
De onde vêm essas informações fornecidas pelo Anonymus?

Não entendendo como as comunicações dos Zés “ninguém” podem ser rastreadas, mas como é que o Estado Islâmico, usa contas no Twitter, Facebook, e mail, YouTube e ninguém não rastreia essa informação?

De onde esses o dados são gerados? Colocam vídeos na web, e o upload foi feito em algum lugar. Certo?
E ninguém rastreia?
O EI coloca vídeo na internet de atentado.
Como assim? Que internet? Colocou aonde? Qual o IP? Saiu da onde? Quem recebeu a informação?

A história é tão ridícula que parece coisa de amador. Querem que o abestado aqui engula que os caras matam o Jihadi John, com um drone, lá nos confins do mundo; encontram um cara que está escondido num barranco no fim do mundo e mandam um míssil com precisão cirúrgica, matam a figura e ainda confirmam a informação sem ter ninguém no solo?

E com toda essa tecnologia perdem a zorra do avião da Malásia?

E ninguém acha? E o avião com radar, GPS e um monte de radares na região e ninguém sabe o que aconteceu?

Ou seja: é mais fácil achar uma pessoa escondida em um território gigantesco, do que um avião que fica avisando sua localização a cada 15 segundos com 300 pax a bordo.

E só pra finalizar; não está tudo igual, está muito pior, e vai piorar muito mais. Essa questão de que é só porque a informação chega mais rápido, é só parte da história.

Ps.1 –  O link para o vídeo que desmascara o “tiozinho” que sediado em Conventry, Inglaterra, dirige um tal de “Observatório Sírio de Direitos Humanos” e que é a fonte que fornece dados sobre a guerra na Síria para a BBC e a CNN, inclusive.
https://youtu.be/2Kwd-8lJUhI

Ps.2 –  A rede de tv é russa! É do Estado! Então possivelmente ‘parcial’. No entanto, pelo menos eles assumem que são propriedade do Estado, diferente das ‘outras’ agencias de notícias, que se dizem independentes, mas são controladas, todas, pelo mesmo grupinho no “topo da piramide”.
Por isso que digo que é guerra da informação. E aí, cada um acredita no que quiser, e tirar as conclusões que quiser…

Tópicos do dia – 01/02/2012

08:33:18
STF: senador quer voz em julgamento sobre CNJ
O senador Pedro Taques (PDT-MT) acaba de protocolar junto a um grupo de senadores um documento onde solicita poder de voz após a leitura do relatório do ministro Marco Aurélio, que prevê a limitação dos poderes do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). “Qualquer decisão [do Supremo Tribunal Federal] para limitar os poderes do CNJ será inconstitucional – ninguém pode ser juiz de si mesmo”, disse o senador durante o Ato em defesa dos poderes do CNJ, que aconteceu ontem (31) na sede do Conselho Federal da OAB. O Julgamento do Supremo está previsto para hoje (1º) às 14h.

09:00:30
Twitter nega ser mídia e rejeita censura na web
Dick Costolo, CEO da empresa, defendeu sua companhia sobre a polêmica decisão de censurar tweets localmente
O CEO do Twitter, Dick Costolo, defendeu sua companhia sobre a polêmica decisão de censurar tweets localmente, quando subiu ao palco da conferência do AllThingsD, nessa segunda-feira, 30.
Segundo ele, a nova forma de apagar mensagens é, na verdade, algo bom, já que elas só serão escondidas para internautas do país de origem, e conforme determinação local.
Antes, quando era necessário censurar conteúdo, o Twitter era obrigado a fazê-lo ao mundo inteiro, então a mensagem acabava se perdendo.
Costolo também surpreendeu os presentes ao afirmar que o Twitter não é uma empresa de mídia. “Vocês vendem publicidade”, pontuou Peter Kafka, do AllThingsD, no que o CEO respondeu: “Estamos no negócio de mídia, mas não somos necessariamente uma companhia de mídia.”
“Nós não criamos nosso próprio conteúdo”, continuou, “somos um distribuidor de conteúdo e tráfego. Nós somos um dos maiores condutores de tráfego para outras propriedades de mídia, [ou seja,] para outras propriedades online, até de filmes.”
Nos negócios
Pode estrear nesta quarta-feira, 1, o espaço diferenciado no Twitter para as marcas, segundo uma fonte do site Business Insider. As novas páginas foram anunciadas em dezembro, quando a rede de microblogs fez sua última – e mais drástica – alteração de layout. Ali, segundo o BI, será possível vender produtos e os usuários poderão até jogar games. “Em outras palavras”, diz o site, “as páginas corporativas do Twitter começarão a funcionar mais como as páginas do Facebook.”
Com informações do Mashable/blog administradores.com

14:28:50
Ataque de Hackers ao Banco do Brasil zerou a conta bancária de José Sarney
Presidente do Banco Central confirmou o desvio de dinheiro da conta de Sarney para a de 20 milhões de brasileiros.

Temor em Brasília. Após os hackers tirarem do ar o site do Banco do Brasil a conta do Senador José Sarney foi zerada. O Presidente do Senado pediu explicações ao Presidente do Banco Central, que confirmou o desvio do dinheiro. O valor desviado não foi divulgado a pedido de Sarney porque é muito dinheiro.

Ainda não se sabe ao certo, mas o Banco do Brasil suspeita que o dinheiro tenha sido desviado para contas de mais de 20 milhões de brasileiros. “Os brasileiros vão perceber uma entrada de centavos na sua conta bancária, desviados da conta de Sarney”, disse um funcionário do Banco.

Sarney que diz ter poder de justiça, inclusive de mandar na justiça, expediu de punho um mandado de segurança obrigando o banco desviar de volta o dinheiro retirado da sua conta


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]