Anibal Beça – Poesia – Literatura

Quinta Estação Anibal Beça Não há recomeço possível. Senão um olhar para trás. A flor que murcha cai não torna para o galho. Por cima dos ombros o outono perde a primavera e as folhas secas são tapetes grados para amaciar pegadas. Um murmúrio bate à nossa porta e o vento inexorável escarifica cicatrizes no … Continued

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , , , , ,

Anibal Beça – Versos na tarde – 19/04/2014

Simples soneto Anibal Beça ¹ Desejado soneto este que é escrito sem as firulas graves do solene, que leva na palavra o simples rito da fala cotidiana. Não condene no entanto, a falta de um estro especioso, nem de brega rotule esse meu vezo. Apenas sinta o som oco e poroso do fundo mar de … Continued

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , , , ,