Sophia de Mello Breyner Andresen – Porque os outros se mascaram mas tu não


Porque os outros se mascaram mas tu não
Sophia de Mello Breyner Andresen

Porque os outros se mascaram mas tu não
Porque os outros usam a virtude
Para comprar o que não tem perdão.
Porque os outros têm medo mas tu não.
Porque os outros são os túmulos caiados
Onde germina calada a podridão.
Porque os outros se calam mas tu não.
 
Porque os outros se compram e se vendem
E os seus gestos dão sempre dividendo.
Porque os outros são hábeis mas tu não.
 
Porque os outros vão à sombra dos abrigos
E tu vais de mãos dadas com os perigos.
Porque os outros calculam mas tu não.
 
Pintura de Paul Klee, 1939

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

José Mesquita - Frase do dia

"Uso a reclusão física, social, como controle de qualidade" José Mesquita

May 2, 2012, 10:02 am
Miguel de Unamuno - Frase do dia - 30/01/2017

"Diz a tua palavra e segue o teu caminho, e deixa que a roam até ao osso." Miguel de Unamuno

January 30, 2017, 9:00 am
Shakespeare e o Direito Divino no STF

Já falei aqui de Ângelo, de Medida por Medida, personagem de Shakespeare - biografia de Shakespeare - que ao ocupar o cargo de juiz supremo se corrompe apaixonado por uma...

March 18, 2015, 10:25 am
Sartre - Frase do dia - 19/10/2013

"A violência, seja qual for a maneira como ela se manifesta, é sempre uma derrota." Jean-Paul Sartre

October 19, 2013, 10:02 am

(...)"Com pedaços de mim eu monto um ser atônito"(...) Manoel de Barros - in Livro sobre nada

June 9, 2010, 10:02 am
Renata Bomfim - Poesia
Renata Bomfim - Poesia

Entre a luz e a escuridão Renata Bomfim Entre a luz e a escuridão há um rasgo, uma fissura, por onde o tempo espia. De lá se contrai, em dores,...

December 8, 2018, 5:34 pm