Shakespeare – Soneto


Soneto CV
William ShakespeareWilliam Shakespeare,Poesia,Literatura

Não se diga, do amor que tenho, idolatria,
Nem o amado qual ídolo se represente;
Minhas preces, canções, nada disso haveria,
Porém, não fosse ele, ele sempre, ele somente.

Gentil este amor hoje, gentil no futuro,
Imutável na sua excelência sublime,
E meu verso, que tão permanente afiguro,
Uma só coisa diz, todo o resto suprime.

Belo, bom, verdadeiro, eis aqui meu resumo,
Belo, bom, verdadeiro, em palavras sortidas;
Revezando esses três, meu engenho consumo,

Três conceitos em um, de extensões desmedidas.
Belo, bom, verdadeiro, os três eram distantes
Sem poderem se unir num ser único antes.


Você pode se interessar também sobre: Noam Chomsky – Pro dia nascer melhor? – 13/03/2016


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Leia também:

Bernard Shaw - Frase do dia - 08/05/2016

"A democracia substitui a escolha de uma minoria corrompida pela de uma maioria incompetente." Bernard Shaw

May 8, 2016, 10:00 am
Alejandra Pizarnik - Versos na tarde - 06/12/2014

La última inocencia - extrato Alejandra Pizarnik ¹ esta lúgubre manía de vivir esta recôndita humorada de vivir te arrasta alejandra no lo nieques. hoy te miraste en el espejo...

December 6, 2014, 9:00 pm
Fabrício Carpinejar - Frase do dia - 29/02/2016

"Só posso ser inteiro, ao me dividir contigo." Fabricio Carpinejar

February 29, 2016, 10:00 am
W.H.Auden - Versos na tarde

Blues Fúnebres W.H. Auden ¹ Que parem os relógios, cale o telefone, jogue-se ao cão um osso e que não ladre mais, que emudeça o piano e que o tambor...

November 24, 2010, 9:00 pm
Martha Medeiros - Versos na tarde

Quando chegar Martha Medeiros ¹ Quando chegar aos 30 serei uma mulher de verdade nem Amélia num ninguém um belo futuro pela frente e um pouco mais de calma talvez...

June 2, 2011, 9:00 pm
Anatole France - Frase do dia - 25/11/2015

"Não tenho ilusões sobre os homens, e, para não os odiar, desprezo-os." Anatole France

November 25, 2015, 9:00 am