Safo – Versos na tarde


Contemplo Como o Igual dos Próprios Deuses
Safo ¹

Contemplo como o igual dos próprios deuses
esse homem que sentado à tua frente
escuta assim de perto quando falas
com tal doçura,
e ris cheia de graça. Mal te vejo
o coração se agita no meu peito,
do fundo da garganta já não sai
a minha voz,
a língua como que se parte, corre
um tênue fogo sob a minha pele,
os olhos deixam de enxergar, os meus
ouvidos zumbem,
e banho-me de suor, e tremo toda,
e logo fico verde como as ervas,
e pouco falta para que eu não morra
ou enlouqueça.

1 Safo
* Mitilene, Lesbos, Grécia Sec. VII a.C
+ ? a.C


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]


Você leu?: Lya Luft – Tão sutilmente em tantos breves anos – Poesia


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , ,

Leia também:

Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia
Eugenio de Andrade - O sorriso - Poesia

Era um sorriso com muita luz

December 2, 2019, 6:55 pm
Manoel Caixa D'Água - Se as noites envelhecessem - Poesia
Manoel Caixa D'Água - Se as noites envelhecessem - Poesia

A cidade sem porta, as ruas brancas de minha infância que não voltam mais.

December 7, 2019, 7:33 pm
Platão - O mito da caverna
Platão - O mito da caverna

Os prisioneiros vão o chamar de louco

November 26, 2019, 8:08 pm
Aristóteles - O homem ideal
Aristóteles - O homem ideal

O homem ideal de Aristóteles, entretanto, não é um mero metafísico.

November 21, 2019, 4:28 pm
Pablo Neruda - Se você me esquecer - Poesia
Pablo Neruda - Se você me esquecer - Poesia

Eu quero que você saiba uma coisa/ Você sabe como é isso/Se eu olhar para para a lua cristalina

November 25, 2019, 8:00 pm
Leon Tolstói - Ana Karenina
Leon Tolstói - Ana Karenina

Creio que o amor... essas duas classes de amor

December 5, 2019, 10:30 pm