Robert Creeley – Versos na tarde – 28/11/2014


Claridade
Robert Creeley¹

Específica, intensiva claridade,
como nada mais, nada menos
que ela mesma –
tudo isso, ecoa,
visto, ouvido, sentido
ou provado, o uno
e múltiplo.

Mas o punho contra
a porta, pergunta magro,
contrita entrada
quer mais.

Tradução Regis Bonvicino

¹Robert Creeley
* Massachusetts, Usa – 21 de Maio de 1926 d.C
+ Carolina do Norte, Usa – 30 de Março de 2005 d.C


[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]


Você leu?: Samuel Beckett – Instante – Poesia


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , ,

Leia também:

Otacílio Colares - Unicamente - Poesia
Otacílio Colares - Unicamente - Poesia

Amor, desperta... Há um luar, lá fora

October 2, 2019, 6:30 pm
Yeats - E daí? - Poesia
Yeats - E daí? - Poesia

"Tudo está feito", disse ele quando velho

September 23, 2019, 6:18 pm
Oscar Wilde - Arte, Sociedade e Governos
Oscar Wilde - Arte, Sociedade e Governos

Refletir é preciso. Arte, sociedade e governos ...sempre que uma sociedade, ou um poderoso segmento da sociedade, ou um governo de qualquer espécie, tenta impor ao artista o que ele...

September 30, 2019, 8:00 pm
Carlos Drummond de Andrade - Eu, etiqueta - Poesia
Carlos Drummond de Andrade - Eu, etiqueta - Poesia

...de ser não eu, mas artigo industrial.Coisa!

October 12, 2019, 6:57 pm
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade

A sensibilidade é pessoal e intransmissível

September 29, 2019, 7:02 pm
Cecília Meireles - O livro da solidão - Literatura
Cecília Meireles - O livro da solidão - Literatura

Mas uma ilha deserta nem sempre é um exílio

September 26, 2019, 6:00 pm