Robert Creeley – Versos na tarde – 28/11/2014


Claridade
Robert Creeley¹

Específica, intensiva claridade,
como nada mais, nada menos
que ela mesma –
tudo isso, ecoa,
visto, ouvido, sentido
ou provado, o uno
e múltiplo.

Mas o punho contra
a porta, pergunta magro,
contrita entrada
quer mais.

Tradução Regis Bonvicino

¹Robert Creeley
* Massachusetts, Usa – 21 de Maio de 1926 d.C
+ Carolina do Norte, Usa – 30 de Março de 2005 d.C


[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]


Você leu?: Mauro Gouvêa – Poema do desespero


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , ,

Leia também:

Fernando Pessoa - Poesia
Fernando Pessoa - Poesia

Nesta quieta solidão sem fim

November 30, 2019, 8:15 pm
Lya Luft - Tão sutilmente em tantos breves anos - Poesia
Lya Luft - Tão sutilmente em tantos breves anos - Poesia

...que aos poucos dois são um, sem que no entanto

December 6, 2019, 8:00 pm
Chico Buarque - Frase do dia
Chico Buarque - Frase do dia

Mudanças

November 20, 2019, 10:00 am
Mauro Gouvêa - Poema do desespero
Mauro Gouvêa - Poema do desespero

...meu corpo oco, minha alma morta,só existe noite em meu dia.

December 11, 2019, 9:00 pm
René Descartes - Os mortais são dominados por uma curiosidade
René Descartes - Os mortais são dominados por uma curiosidade

As meditações confusas obscurecem a luz natural

December 6, 2019, 8:26 pm
Górgias de Leontinos – o pai da retórica
Górgias de Leontinos – o pai da retórica

Górgias excedeu o relativismo de Protágoras em direção ao niilismo

November 24, 2019, 12:00 pm