Schopenhauer – Reflexões na tarde


A tragicomédia de nossa vida
Schopenhauer¹

Vista e examinada minuciosamente de alto e de longe, a vida de cada homem tem o aspecto de uma comédia; em sua total consideração ou em seus aspectos mais dignos de apreço, se apresentará como uma contemplação trágica.

O afã e o trabalho de cada dia, os desejos e receios cotidianos, as desgraças de cada hora, os acasos da sorte sempre disposta a nos enganar são outras tantas cenas da comédia.

As aspirações iludidas, as ilusões desfeitas, os esforços baldados, os erros que completam nossa vida, as dores que se acumulam até terminar na morte, o último ato, eis a tragédia.

Parece que o destino quis juntar o escárnio ao desespero, e, fazendo de nossa vida uma tragédia, não nos permite conservar a dignidade de uma personagem trágica.


Você leu?: Leon Tolstói – Ana Karenina


Por isso é que em todos os atos da vida representamos o lamentável papel de cômicos.

¹Arthur Schopenhauer
* Danzig, Prússia, atual Gdansk, Polônia – 1788 d.C
+ Frankfurt, Alemanha – 1860 d.C

>> Biografia de Schopenhauesr

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , , , , ,

Leia também:

Descartes - Métodos Racionais
Descartes - Métodos Racionais

O primeiro consistia em nunca aceitar como verdadeira qualquer coisa sem a conhecer evidentemente como tal

November 23, 2019, 8:06 pm
René Descartes - Os mortais são dominados por uma curiosidade
René Descartes - Os mortais são dominados por uma curiosidade

As meditações confusas obscurecem a luz natural

December 6, 2019, 8:26 pm
Leonardo Boff - A ternura: a seiva da amor
Leonardo Boff - A ternura: a seiva da amor

Mesmo no coração da atual crise social não podemos esquecer da ternura que subjaz a todos os empreendimentos que envolvem valores e afetam o coração humano.

December 8, 2019, 10:30 pm
Quando Nietzsche chorou - Literatura
Quando Nietzsche chorou - Literatura

Reflita para que não pensem por você.

November 11, 2019, 6:58 pm
Aristóteles - O motor não movido do mundo
Aristóteles - O motor não movido do mundo

O próprio tirano é escravo de sua ambição

November 13, 2019, 7:06 pm
Alexandre O'neill - Há palavras que nos beijam - Poesia
Alexandre O'neill - Há palavras que nos beijam - Poesia

Palavras nuas que beijas

November 14, 2019, 7:00 pm