Processo contra Bush na era pós Bush


Elio GaspariFolha de São Paulo

“- A conta: Não se sabe o que Bush pretende fazer da vida, mas perderá muito tempo explicando-se.

Charlotte Dennett, uma advogada do Vermont pretende processá-lo pelas mentiras que contou para invadir o Iraque.

Até aí, nada demais porque sempre há um alguém batalhando por 15 minutos de fama. O caso agravou-se porque o promotor Vincent Bugliosi associou-se à senhora.

Bugliosi vive na Califórnia e ganhou 105 dos 106 casos em que litigou. Pediu 21 penas de morte e ganhou todas.


Você leu?: Fremdschämen, a constrangedora ‘aula’ sobre nazismo dos brasileiros aos alemães


Ele escreveu “O Processo contra George Bush por Assassinato”, livro boicotado pela imprensa americana, levado às listas de mais vendidos por emissoras de rádio e pela internet.

Antes que ele seja confundido com um aventureiro, vale lembrar que seu trabalho anterior, “Resgatando a História”, com 1.612 páginas e outras tantas num CD de notas, é a melhor reconstituição do assassinato do presidente John Kennedy.

A conclusão: o crime foi cometido por Lee Oswald sozinho, e o resto é conversa fiada”.

Postado na categoria: Comportamento, Política - Palavras chave: , , , , , , , ,

Leia também:

Fremdschämen, a constrangedora ‘aula’ sobre nazismo dos brasileiros aos alemães
Fremdschämen, a constrangedora ‘aula’ sobre nazismo dos brasileiros aos alemães

O termo alemão para "vergonha alheia" resume...

January 19, 2020, 12:40 pm