Ricardo Reis – Inutilmente parecemos grandes

Fernando Pessoa/Ricardo Reis ..."gemem em segredo os ventos" Publicado em:


Inutilmente parecemos grandes
Fernando Pessoa/Ricardo Reis

O mar jaz; gemem em segredo os ventos
Em Eolo cativos;
Só com as pontas do tridente as vastas
Águas franze Netuno;
E a praia é alva e cheia de pequenos
Brilhos sob o sol claro.
Inutilmente parecemos grandes.
Nada, no alheio mundo,
Nossa vista grandeza reconhece
Ou com razão nos serve.
Se aqui de um manso mar meu fundo indício
Três ondas o apagam,
Que me fará o mar que na atra praia
Ecoa de Saturno?

Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave:

Leia também:

Mário Quintana - Prosa na tarde

...Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem. Você não só esquece a outra como pensa muito mais nela... Um dia nós percebemos que as mulheres...

May 29, 2011, 9:00 pm
Elizabeth Bishop - Poesia
Elizabeth Bishop - Poesia

Uma certa arte Elizabeth Bishop A arte da perda é fácil de estudar: a perda, a tantas coisas, é latente que perdê-las nem chega a ser azar. Perde algo a cada...

November 13, 2018, 10:05 am
Sartre - Frase do dia - 07/07/2015

"Não importa o que fizeram de mim, o que importa é o que eu faço com o que fizeram de mim." Jean-Paul Sartre

July 7, 2015, 10:58 am
Petrarca - Versos na tarde

Soneto - Fragmento do "Canzoniere" Petrarca ¹ Bendito o dia e o mês, o ano e a estação, e o tempo e a hora e o ponto e o bel país,...

September 27, 2012, 9:00 pm
Cultura - Frase do dia - 21/09/2013

Apoio as bactérias. Elas são a única cultura que algumas pessoas têm.

September 21, 2013, 10:02 am
Esopo - Frase do dia

"Nenhum gesto de gentileza, por menor que seja, é perdido." Esopo

April 26, 2012, 10:02 am