Paula Granadel – Versos na tarde – 16/12/2016


Crisálida
Paula Granadel ¹

agora já não pedes
meus nervos em pasto

agora já te afastas
crescida em beleza

agora me contas piadas
que aprendes ou inventas

agora pressinto tuas asas


Você leu?: Eugenio de Andrade – O sorriso – Poesia


¹ Paula Granadel
* Rio de Janeiro, RJ. – 1964

[ad name=”Retangulo – Anuncios – Duplo”]
Professora de literatura francesa na Universidade Federal Fluminense, ela fez pós-doutorado na Universidade de Paris VIII, com o poeta parisiense Michel Deguy.Além de ensaios críticos e traduções, Paula escreve poesia. Seu primeiro livro de versos, A Vida Espiralada, saiu em 1999. O segundo, Quase uma Arte, é de 2005.

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , ,

Leia também:

Confúcio - Tudo é belo?
Confúcio - Tudo é belo?

Tudo é Belo, mas nem todos veem a beleza.

December 7, 2019, 7:48 pm
Roberto Gaefke - Revolução da alma
Roberto Gaefke - Revolução da alma

Aprenda para que não pensem por você.

November 27, 2019, 8:29 pm
Quando Nietzsche chorou - Literatura
Quando Nietzsche chorou - Literatura

Reflita para que não pensem por você.

November 11, 2019, 6:58 pm
Franz Kafka - Poesia
Franz Kafka - Poesia

Não é necessário sair de casa.

December 5, 2019, 9:00 pm
Sócrates - As três peneiras
Sócrates - As três peneiras

Um rapaz procurou Sócrates e disse-lhe que precisava contar-lhe algo sobre alguém.

November 14, 2019, 8:09 pm
Platão - O mito da caverna
Platão - O mito da caverna

Os prisioneiros vão o chamar de louco

November 26, 2019, 8:08 pm