Ossip Mandelshtam – Poesia – Literatura


A era
Ossip MandelshtamBlog do Mesquita,Artes Plásticas,Surrealismo,Anna Petrilli

Minha era, minha fera, quem ousa,
Olhando nos teus olhos, com sangue,
Colar a coluna de tuas vértebras?
Com cimento de sangue – dois séculos –
Que jorra da garganta das coisas?
Treme o parasita, espinha langue,
Filipenso ao umbral de horas novas.

Todo ser enquanto a vida avança
Deve suportar esta cadeia
Oculta de vértebras. Em torno
Jubila uma onda. E a vida como
Frágil cartilagem de criança
Parte seu ápex: morte da ovelha,
A idade da terra em sua infância.

Junta as partes nodosas dos dias:
Soa a flauta, e o mundo está liberto,
Soa a flauta, e a vida se recria.
Angústia! A onda do tempo oscila
Batida pelo vento do século.
E a víbora na relva respira
O outo da idade, áurea medida.

Vergônteas de nova primavera!
Mas a espinha partiu-se da fera,
Bela era lastimável. Era,
Ex-pantera flexível, que volve
Para trás, riso absurdo, e descobre
Dura e dócil, na meada dos rastros,
As pegadas de seus próprios passos.


Você pode se interessar também sobre: Floriano Teixeira – Arte – Pro dia nascer melhor – 27/08/2017


Postado na categoria: Artes Plásticas, Literatura, Poesia - Palavras chave: , ,

Leia também:

Laszlo Tenk - Arte - Pinturas

Laszlo Tenk-Varanda in the morning [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

June 30, 2017, 12:35 pm
Portinari

Desenho de Cândido Portinari

August 22, 2018, 2:10 pm
Arte - Grafite

Street Art - Grafites [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

May 21, 2017, 10:35 am
Isabel Cabral - Arte - Pintura

Isabel Cabral - Leitura 1984 Acrílico s tela,203x165cm [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

August 29, 2017, 10:00 am
Cândido Portinari - Artes Plásticas - Pinturas

Portinari - Retirantes,1944 - Óleo sobre tela [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

June 14, 2017, 10:00 am
Arte - Colagens

As maravilhosas colagens de Derek Gores

September 27, 2018, 12:00 pm