Mircea Eliade – O Sagrado e o Profano

"Não nos cabe discutir, aqui, esta tomada de posição filosófica


Sagrado,Artes Plásticas“Não nos cabe discutir, aqui, esta tomada de posição filosófica. Constatemos somente que, em última instância, o homem moderno a-religioso assume uma existência trágica e que a sua escolha existencial não é desprovida de grandeza. Mas este homem a-religioso descende do homo-religius, e queira-o ou não, é também obra deste, constituiu-se a partir das situações assumidas pelos seus antepassados. Em suma, é o resultado de um processo de dessacralização. […]

Mas isto quer dizer que o homem a-religioso se constitui por oposição ao seu predecessor, esforçando-se por se “esvaziar” de toda a religiosidade e de toda a significação trans-humana. Ele reconhece-se a si próprio na medida em que se “liberta” e se “purifica” das “superstições” dos seus antepassados. Por outras palavras, o homem profano, queira-o ou não, conserva ainda os vestígios do comportamento do homem religioso, mas esvaziado das significações religiosas. Faça o que fizer, é um herdeiro. Não pode abolir definitivamente o seu passado, porque ele próprio é produto desse passado.

Constitui-se por uma série de negações e recusas, mas continua a ser ainda assediado pelas realidades que recusou e negou. Para dispor de um Mundo para si, dessacralizou o Mundo em que os seus antepassados viviam, mas para chegar aí, foi obrigado a tomar o inverso do comportamento que o precedia, e este comportamento sente-o ele sempre, sob uma forma ou outra, prestes a reatualizar-se no mais profundo do seu ser.”

Mircea Eliade


Você leu?: Franz Kafka – Poesia


Postado na categoria: Literatura - Palavras chave:

Leia também:

Albert Camus - Frase do dia
Albert Camus - Frase do dia

Amor e envelhecer

November 27, 2019, 10:00 am
Flora Figueiredo - Canto aos quatro cantos - Poesia
Flora Figueiredo - Canto aos quatro cantos - Poesia

Desnudo as pautas do tempo

November 22, 2019, 7:00 pm
Sêneca - O descontentamento consigo próprio
Sêneca - O descontentamento consigo próprio

O Descontentamento consigo próprio O caso é o mesmo em todos os vícios: quer seja o daqueles que são atormentados pela indolência e pelo tédio, sujeitos a contantes mudanças de...

December 11, 2019, 6:21 pm
Sêneca - Aprenda para que não pensem por você
Sêneca - Aprenda para que não pensem por você

Rir é correr risco de parecer tolo.

December 2, 2019, 7:29 pm
René Descartes
René Descartes

Pensarei que o céu, o ar, a terra, as cores, as figuras, os sons, e

November 19, 2019, 7:38 pm
Leonardo Boff - A ternura: a seiva da amor
Leonardo Boff - A ternura: a seiva da amor

Mesmo no coração da atual crise social não podemos esquecer da ternura que subjaz a todos os empreendimentos que envolvem valores e afetam o coração humano.

December 8, 2019, 10:30 pm