Ministra Eliana Calmon e a justiça.


Brasil: da série “paradoxos”.
Anotem aí: se a Ministra Corregedora do CNJ – aquela que está comprando briga com gente grande – sair derrotada, ficará como heroína no imaginário da população, que não entende de filigranas jurídicas, mas entende de “faxina”.

Ministra Eliana Calmon

A censura não pode eliminar o mal, pode apenas matar a liberdade.

José Mesquita – Editor


A Justiça brasileira não deve ser tocada.
A ministra Eliana Calmon foi mexer nela, agora o fedor é insuportável.

Carlos Newton

Não há dúvida de que a ministra Eliana Calmon, corregedora do Conselho Nacional de Justiça, merece ser considerada a Personalidade do Ano.


Você leu?: Fotografias – O retrato do Brasil “na direção correta”


Quando mais tentam calá-la e evitar que atue em prol do interesse público, mais ficam aparentes as podridões do Judiciário.

Agora a ministra acusa a Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), a Associação de Juízes Federais do Brasil (Ajude) e a Associação Nacional dos Magistrados do Trabalho (Anamatra) de divulgarem informações “desencontradas e absurdas” de que ela estaria investigando mais de 200 mil pessoas, com a intenção de fazer um “verdadeiro linchamento moral”.

[ad#Retangulo – Anuncios – Esquerda]A corregedora do Conselho Nacional de Justiça disse que não é nada disso. A instituição realiza investigações patrimoniais de juízes e servidores do Judiciário há quatro anos, mas o trabalho só gerou polêmica quando chegou no Tribunal de Justiça de São Paulo, uma consequência do “corporativismo” das associações de magistrados, segundo ela.

“Todos os servidores públicos são obrigados a apresentar a declaração de imposto de renda. Não é para ficarem guardados num arquivo, mas para que os órgãos de controle examinem quando houver suspeita de transações ilícitas”, disse Calmon.

Ela argumentou que decidiu fazer investigações pontuais, com base em informações enviadas pelo Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras), em casos de movimentações consideradas atípicas – acima de R$ 250 mil.

No caso do tribunal de São Paulo, foram identificadas 150 transações do tipo e, por isso, ela decidiu investigar.

“Foram apenas 150, como falar agora em mais de 200 mil investigados. Questionamos, até porque pode ser tudo legal, fruto de herança, sorteio”, explicou.

De toda forma, há algo de estranho no ar, porque os próprios juízes não cumprem a lei.

A ministra disse que a inspeção realizada no TJ-SP verificou que 45% dos magistrados não enviaram à corte suas declarações de imposto de renda, desrespeitando a legislação. Sobre essas investigações, a corregedora também afirmou que nunca houve devassa ou quebra de sigilo e tudo que foi realizado por sua equipe está dentro da lei.

Também disse que nunca realizou nenhuma investigação contra ministros do Supremo Tribunal Federal e só ficou sabendo pelos jornais que Cezar Peluso e Ricardo Lewandowski receberam valores do Tribunal paulista, referente a um suposto passivo trabalhista.

Questionada se os procuraria para esclarecer o fato, a ministra disse que não, pois “não se trata de um grupo de amigos”.

“Só posso lamentar [a polêmica], fruto de maledicência e irresponsabilidade da AMB, Ajude e Anamatra, que mentirosamente desinformam a população ou informam com declarações incendiárias e inverossímeis”, afirmou Eliana Calmon, acrescentando que é uma tentativa de desviar o foco, pois seu trabalho visa “defender as instituições brasileiras da corrupção que infelizmente se alastra pelo país”.

“O que está realmente em jogo é a sobrevivência do Conselho Nacional de Justiça. Esse é o verdadeiro ovo da serpente”, advertiu a corregedora, que está lutando praticamente sozinha para moralizar a Justiça brasileira.

Postado na categoria: Brasil - Palavras chave: , , , , , , , , , , , , , ,

Leia também:

Brasileiros nascidos hoje terão dificuldade para respirar no futuro, diz estudo climático
Brasileiros nascidos hoje terão dificuldade para respirar no futuro, diz estudo climático

No Brasil, a poluição do ar é um dos pontos que trará problemas para as crianças de hoje e de amanhã.

November 17, 2019, 2:04 pm
Incêndios Florestais:Incêndios na Amazônia derretem geleiras andinas
Incêndios Florestais:Incêndios na Amazônia derretem geleiras andinas

Agora, cientistas brasileiros e franceses ligaram os pontos

November 29, 2019, 11:54 am
Encontro global no coração da Amazônia tenta adiar o fim do mundo
Encontro global no coração da Amazônia tenta adiar o fim do mundo

Na mitologia dos indígenas Yanomami, as borboletas saíram da borda do mundo para continuar a vida.

November 21, 2019, 12:19 pm
Os impactos da liberação da cana na Amazônia e no Pantanal
Os impactos da liberação da cana na Amazônia e no Pantanal

O governo federal revogou, na semana passada, um decreto de 2009 que estabelecia o zoneamento agroecológico da cana-de-açúcar

November 14, 2019, 11:15 am
Alterar a presunção da inocência? Não se mudam leis com raiva!
Alterar a presunção da inocência? Não se mudam leis com raiva!

Da série De Tédio Ninguém Morre Neste País

November 22, 2019, 2:34 pm
Nordeste enfrenta seca intensa e 636 municípios estão em situação de emergência
Nordeste enfrenta seca intensa e 636 municípios estão em situação de emergência

Nordeste brasileiro enfrenta atualmente uma condição de seca intensa

December 2, 2019, 12:00 pm