Mia Couto – Versos na tarde


Para Ti
Mia Couto ¹

Foi para ti
que desfolhei a chuva
para ti soltei o perfume da terra
toquei no nada
e para ti foi tudo

Para ti criei todas as palavras
e todas me faltaram
no minuto em que falhei
o sabor do sempre

Para ti dei voz
às minhas mãos
abri os gomos do tempo
assaltei o mundo

¹ António Emílio Leite Couto
* Beira, Portugal – 5 de Julho de 1955 d.C


Você leu?: Miguel Esteves Cardoso – Não Há Amor como o Primeiro



[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Postado na categoria: Padrão - Palavras chave: , , ,

Leia também:

Poluição - Meio Ambiente - 5 Fotos
Poluição - Meio Ambiente - 5 Fotos

A natureza não faz nada em vão. Aristóteles

August 10, 2019, 12:00 pm
Miguel Esteves Cardoso - Não Há Amor como o Primeiro
Miguel Esteves Cardoso - Não Há Amor como o Primeiro

Há amores melhores, mas são amores cansados

August 22, 2019, 7:16 pm
Oumaima Fazrah. E basta!
Oumaima Fazrah. E basta!

Para encantar olhos e aquecer corações

August 10, 2019, 6:29 pm
Calha Norte: gado adentra maior área protegida de floresta tropical do mundo
Calha Norte: gado adentra maior área protegida de floresta tropical do mundo

Nós estamos falando do maior bloco de áreas protegidas do mundo,

August 19, 2019, 11:40 am
Magdalenna Fiorazzi. E basta!
Magdalenna Fiorazzi. E basta!

O belo é o esplendor da ordem. Aristóteles

August 6, 2019, 8:45 pm
Eugênio de Andrade - Fragmento do Homem
Eugênio de Andrade - Fragmento do Homem

Desamparado até à medula...

August 3, 2019, 4:41 pm