Maurice Merleau-Ponty – Literatura


O Eterno é a Própria VidaLiteratura,Filosofia,Blog do Mesquita,Maurice Merleau-Ponty

Segundo a expressão de Lavelle, a morte dá «a todos os acontecimentos que a precederam esta marca do absoluto que nunca possuiriam se não viessem a interromper-se». O absoluto habita em cada uma das nossas empresas, na medida em que cada uma se realiza de uma vez para sempre e não será nunca recomeçada. Entra na nossa vida através da sua própria temporalidade. Assim o eterno torna-se fluido e reflui do fim ao coração da vida. A morte já não é a verdade da vida, a vida já não é a espera do momento em que a nossa essência será alterada. O que há sempre de incoativo, de incompleto e de constrangedor no presente não é já um sinal de menor realidade.

Mas então a verdade de um ser já não é aquilo em que se tornou no fim ou a sua essência, mas o seu devir ativo ou a sua existência. E se, como Lavelle dizia em tempos, nos julgamos mais perto dos mortos que amamos do que dos vivos, é porque já nos não põem em dúvida e daqui para o futuro podemos sonhá-los a nosso gosto. Esta piedade é quase ímpia. A única recordação que lhes diz respeito é a que se refere ao uso que faziam de si próprios e do seu mundo, o acento da sua liberdade na incompletude da vida. O mesmo frágil princípio faz-nos viver e dá ao que fazemos um sentido inesgotável.

Maurice Merleau-Ponty, in ‘O Elogio da Filosofia’


Você leu?: Aristóteles – O motor não movido do mundo


Postado na categoria: Filosofia, Literatura - Palavras chave: , ,

Leia também:

A Alta Idade da Mediocridade e a cruzada contra a racionalidade
A Alta Idade da Mediocridade e a cruzada contra a racionalidade

A regra é ser medíocre.

October 24, 2019, 10:55 am
Victor Hugo - Literatura
Victor Hugo - Literatura

O hipócrita é um paciente na dupla acepção da palavra

November 1, 2019, 6:16 pm
O Desejo de Discutir - Arthur Schnitzler
O Desejo de Discutir - Arthur Schnitzler

Se as discussões políticas se tornam facilmente inúteis

November 6, 2019, 7:00 pm
Hannah Arendt - As coisas efêmeras são as mais necessárias
Hannah Arendt - As coisas efêmeras são as mais necessárias

Das coisas tangíveis, as menos duráveis são as necessárias

November 3, 2019, 6:00 pm
Simone de Beauvoir - O tempo é irrealizável - Filosofia
Simone de Beauvoir - O tempo é irrealizável - Filosofia

Pense para que não pensem por você.

November 8, 2019, 8:30 pm
Michel de Montaigne - A virtude pura não existe
Michel de Montaigne - A virtude pura não existe

A virtude pura não existe Numa época tão doente como esta, quem se ufana de aplicar ao serviço da sociedade uma virtude genuína e pura, ou não sabe o que...

November 16, 2019, 7:00 pm