Mario Quintana – Versos na tarde – 11/01/2018


Poema
Mario Quintana

Quero todo o teu espaço
e todo o teu tempo.
Quero todas as suas horas
e todos os teus beijos.
quero toda tua noite
e todo o teu silêncio.

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: ,

Leia também:

Raynaldo Valinho Alvarez - Poesia
Raynaldo Valinho Alvarez - Poesia

A Essência não se Perde

August 8, 2019, 8:05 pm
Cesare Pavese - A nossa arte
Cesare Pavese - A nossa arte

A arte de mergulhar fulminante e profundamente na dor

August 17, 2019, 6:34 pm
Vergílio Ferreira - Dizer não
Vergílio Ferreira - Dizer não

Diz NÃO à liberdade que te oferecem...

August 6, 2019, 8:00 pm
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer
Marcel Proust - Mentimos para proteger o nosso prazer

Mentimos para Proteger o nosso Prazer A mentira é essencial à humanidade. Nela desempenha porventura um papel tão importante como a procura do prazer, e de resto é comandada por...

August 16, 2019, 11:00 am
Immanuel Kant - A Preguiça como obstáculo à liberdade
Immanuel Kant - A Preguiça como obstáculo à liberdade

É tão cômodo ser menor.

August 11, 2019, 7:02 pm
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade
Fernando Pessoa - Arte e Sensibilidade

Toda a arte se baseia na sensibilidade

August 4, 2019, 4:16 pm