loader
Arte | Poesia | Literatura | Humor | Tecnologia da Informação | Design | Publicidade | Fotografia
Marianela Núñez,Dança,Ballet,Espetáculos

Marianela Núñez dança com beleza de cortar o coração domingo, 4 de novembro de 2018

La Bayadère revisão – Marianela Núñez dança com beleza de cortar o coração.Marianela Núñez,Dança,Ballet,Espetáculos

Let é um momento para apreciar o gênio de Marianela N úñez . Mesmo quando todos à sua volta estão dançando na superfície, a bailarina argentina pode aparecer e fazer você querer chorar. Em sua primeira entrada como Nikiya, a dançarina do templo em La Bayadère, tudo o que ela faz é andar, lenta e deliberadamente, um véu sobre o rosto. No entanto, nesses poucos momentos você pode ver uma mulher que sente que seu destino está prestes a ser decidido.

O Alto Brahmin imediatamente se apaixona, mas ela ama Solor (Vadim Muntagirov), que então se apaixona pela princesa Gamzatti (Natalia Osipova), e assim o quadrilátero amoroso se desdobra. Nikiya é a alma de tudo, Núñez tirando grandes suspiros de seu corpo, suntuosos movimentos de seus braços e torso curvado. Você pode esquecer que ela é feita de ossos retos e articulações e não de uma longa vértebra, enrolada como uma cauda de gato lânguida.

… Vadim Muntagirov e Marianela Núñez.
Pinterest
 Precisão lânguida… Vadim Muntagirov e Marianela Núñez.

A fantasia indiana de 1877 de Marius Petipa (recriada por Natalia Makarova em 1989) é puro escapismo. O fio de três horas dificilmente é um drama urgente – é um tropo de Petipa’s para introduzir um ponto chave da trama, como o encontro de Solor e Gamzatti, e então todos se recostam e assistem algumas garotas dançando – mas caramba, é bonito. O palco do designer Yolanda Sonnabend está cheio de ouro brilhante. Deixe de lado suas preocupações modernas sobre Orientalismo ou realismo dramático e La Bayadère perdura, principalmente por causa de sua hipnotizante cena do Reino das Sombras, que o corpo de baile da Royal executa com grande cuidado. Mas também porque tem dois bons papéis melodramáticos para as bailarinas entrarem.

 
Compartilhe a informação:

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e "designer". Bacharel em administração e bacharelando em Direito. Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior. Criador e primeiro curador do Prêmio CDL de Artes Plásticas da Câmara de Dirigentes Lojista de Fortaleza e do Parque das Esculturas em Fortaleza. Foi membro da comissão de seleção e premiação do Salão Norman Rockwell de Desenho e Gravura do Ibeu Art Gallery em Fortaleza, membro da comissão de seleção e premiação do Salão Zé Pinto de Esculturas da Fundação Cultural de Fortaleza, membro da comissão e seleção do Salão de Abril em Fortaleza. É verbete no Dicionário Brasileiro de Artes Plásticas e no Dicionário Oboé de Artes Plásticas do Ceará. Possui obras em coleções particulares e espaços públicos no Brasil e no exterior. É diretor de criação da Creativemida, empresa cearense desenvolvedora de portais para a internet e computação gráfica multimídia. Foi piloto comercial, diretor técnico e instrutor de vôo do Aero Clube do Ceará. É membro da National American Photoshop Professional Association, Usa. É membro honorário da Academia Fortalezense de Letras.

# # # #

© Copyright 2018 Blog do Mesquita - Direitos Reservados. | POLÍTICA DE PRIVACIDADE | MBrasil

Gosta do meu blog? Compartilhe a informação :)