Lya Luft – Poesia


Convite
Lya LuftBlog do Mesquita,Concha Marinha

Não sou a areia
onde se desenha um par de asas
ou grades diante de uma janela.
Não sou apenas a pedra que rola
nas marés do mundo,
em cada praia renascendo outra.
Sou a orelha encostada na concha
da vida, sou construção e desmoronamento,
servo e senhor, e sou
mistério

A quatro mãos escrevemos este roteiro
para o palco de meu tempo:
o meu destino e eu.
Nem sempre estamos afinados,
nem sempre nos levamos
a sério.


Você pode se interessar também sobre: Emily Dickinson – Versos na tarde – 30/04/2013


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Filosofia - Schopenhauer - O Orgulho Nacional
Filosofia - Schopenhauer - O Orgulho Nacional

Reflexão na noite. O Orgulho Nacional O tipo mais barato de orgulho é o orgulho nacional. Ele trai naquele que por ele é possuído a ausência de qualidades individuais, das...

January 19, 2019, 6:11 pm
Versos na tarde - Caxiado - Cordel.

A matemática é lógica Vou lhe dá explicação Pra eleger um deputado Se gasta mais de 1 milhão Depois do homem eleito Ele tem que dá um jeito De reaver...

April 23, 2006, 12:34 pm
Caminhos - Frase do dia - 24/01/2016

É paixão quando alguém escolhe pousar ao teu lado, podendo voar, e podendo encontrar outros caminhos, escolhe ficar.

January 24, 2016, 10:00 am
Padre Antônio Vieira - Frase do dia - 24/10/2013

"O maior apetite do homem é desejar ser. Se os olhos veem com amor o que não é, tem de ser." Padre Antônio Vieira

October 24, 2013, 10:02 am
Safo - Versos na tarde

Contemplo Como o Igual dos Próprios Deuses Safo ¹ Contemplo como o igual dos próprios deuses esse homem que sentado à tua frente escuta assim de perto quando falas com...

March 23, 2011, 9:00 pm
Cecília Meireles - Frase do dia

"Fique de vez em quando só, senão será submergido. Até o amor excessivo pode submergir uma pessoa." Cecília Meireles

February 1, 2012, 10:02 am