Lixo elterônico e reciclagem

O problema do chamado lixo eletrônico se agrava.Lixo Eletrônico Blog do Mesquita

Além do aumento do consumo, e estamos falando somente do Brasil, aumenta exponencialmente na proporção de direta da venda, cada vez maior, de produtos descartáveis, seja pela obsolescência, seja por mero modismo de possuir um aparelho de última geração.

Aliás, “última geração” passa a ser algo que tem vida “fashion” de no máximo 6 meses.

O mercado brasileiro começa a acordar para a viabilidade econômica da reciclagem do lixo eletrônico.

A empresa Oxil – lixo ao contrário – de Paulínia, SP, é uma empresa que está tirando proveito econômico da situação, na qual a obsolescência de equipamentos eletrônicos acontece de forma exponencial.


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

José Mesquita

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e designer gráfico e digital.

José Mesquita

Pintor, escultor, gravador e “designer”.

Bacharel em administração e bacharelando em Direito.

Participou de mais de 150 exposições, individuais e coletivas, no Brasil e no exterior.

Mais artigos

Siga-me