Maria Esther Maciel – Poesia – Clandestinidade


Cama,Blog do Mesquita

Permanece em mim
como um segredo
e que ninguém escute
teu silêncio na minha boca
nem a linguagem de teus olhos
que em mim se inscreve
como poema.

Torna-te clandestino
em meu país sem nome
e desenha em mim
o teu enigma
teu reverso
e teu verso sem tradução.

Te exila em minha teia
me define com tua senha
perenizando em meu corpo
o teu mistério –
entre cortinas,


Você pode se interessar também sobre: Catulo da Paixão Cearense – Versos na tarde


Postado na categoria: Literatura, Poesia - Palavras chave: ,

Leia também:

Tennessee Williams - Frase do dia - 15/04/2013

"O tempo é a distância mais longa entre dois lugares." Tennessee Williams

April 15, 2013, 10:02 am

"Coragem é o medo aguentando um pouquinho mais." Thomas Fuller

July 17, 2010, 10:02 am
Claes Andersson - Não se preocupam com os meios - Poesia
Claes Andersson - Não se preocupam com os meios - Poesia

Não se preocupam com os meios Claes Andersson Tem cuidado com aquele que diz representar a voz de muitos. Talvez seja verdade. Tem cuidado com aquele que diz que fala...

April 11, 2019, 5:30 pm
Jean de la Bruyere - Frase do dia - 31/08/2016

"Uma coisa essencial à justiça que se deve aos outros é fazê-la, prontamente e sem adiamentos; demorá-la é injustiça." Jean de la Bruyere

August 31, 2016, 9:00 am
José Saramago - Frase do dia - 08/08/2017

"De degrau em degrau, vamos descendo até ao grunhido." José Saramago [ad name="Retangulo - Anuncios - Duplo"]

August 8, 2017, 9:45 am
Reflexões na tarde - Eça de Queiroz - 30/11/2014

Eça de Queirós ¹ "Só quando crescemos, e da animalidade penetramos na humanidade, é que desponta em nós esse fermento da tristeza, por muito tempo indesenvolvido no tumulto das primeiras...

November 30, 2014, 9:00 pm