J. G. de Arújo Jorge – Verso na tarde – 09/01/2016


Esperança
J. G. de Arujo Jorge¹

Não! A gente não morre quando quer,
Inda quando as tristezas nos consomem.
Há sempre luz no olhar de uma mulher
E sangue oculto na intenção de um homem.

Mesmo que o tempo seja apenas dor
E da desilusão se fique prisioneiro.
Vai-se um amor? Depois vem outro amor
Talvez maior do que o primeiro.

Sonho que se afogou na baixa-mar,
De novo há de erguer, cheio de fé,
Que mesmo sem ninguém o suspeitar,
Volta a encher a maré.

Não penses que jamais hás de achar fundo
Nem que entre as tuas mãos não terás outra mão.
Pode a vida matar o sonho e o sol e o mundo,
Mas não nos mata o coração.
(Poesia de Maria Helena,- extraído do livro Concerto a 4 mãos – de 1959)

¹José Guilherme de Araújo Jorge
* Tarauacá, AC. – 20 de Maio de 1914 d.C
+ Rio de Janeiro, RJ. – 27 de Janeiro 1987 d.C


Você pode se interessar também sobre: Nietzsche – Filosofia na tarde


>> Biografia de José Guilherme de Araújo Jorge


[ad#Retangulo – Anuncios – Duplo]

Postado na categoria: Literatura - Palavras chave: , , , , , ,

Leia também:

"Saudade é solidão acompanhada, é quando o amor ainda não foi embora, mas a amada já…" Pablo Neruda

August 16, 2010, 10:02 am
George Piccard III - A ignorância não exclui a firmeza de opinião
George Piccard III - A ignorância não exclui a firmeza de opinião

A ignorância não exclui a firmeza de opinião Tendo estudado a sabedoria em livros traduzidos do grego, do chinês ou do sânscrito, tenho uma certa desvantagem em relação aos ignorantes...

February 24, 2019, 8:14 pm
Confúcio - Frase do dia - 12/07/2015
Confúcio - Frase do dia - 12/07/2015

"Me perguntas por que compro arroz e flores? Compro arroz para viver e flores para ter algo pelo que viver." Confúcio

July 12, 2015, 10:58 am
Elizabeth Browning - Versos na tarde
Elizabeth Browning - Versos na tarde

SONETO XII Elizabeth Browning Ama-me por amor do amor somente Não digas: «Amo-a pelo seu olhar, O seu sorriso, o modo de falar Honesto e brando. Amo-a porque se sente...

March 25, 2012, 9:00 pm

"Sonhar é dar à vida nova cor/Dar gosto bom às lágrimas de dor/O sol pode apagar, o mar perder a voz/Mas nunca morre um sonho bom dentro de nós." Mário...

November 29, 2010, 10:02 am
Mário Cesariny - Versos na tarde
Mário Cesariny - Versos na tarde

Faz-me o favor... Mário Cesariny ¹ Faz-me o favor de não dizer absolutamente nada! Supor o que dirá Tua boca velada É ouvir-te já. É ouvir-te melhor Do que o...

September 5, 2011, 9:00 pm